economia

Ferrari anuncia recall de supercarros de luxo por problema nos freios

Publicados

em


source
Ferrari 458 é um dos modelos de supercarros que passarão por recall por problemas nos freios
Reprodução/Tom Hartley Jnr

Ferrari 458 é um dos modelos de supercarros que passarão por recall por problemas nos freios

A montadora italiana de carros de luxo, Ferrari, anunciou nesta sexta-feira (22) recall global de milhares de carros por falhas em seu sistema de freios. Os modelos alvo da campanha são das famílias 458 e 488. As ações da empresa caem mais de 3% na Bolsa de Milão.

Segundo a Ferrari, a tampa do reservatório do fluido de freio não é vedada adequadamente, o que pode provocar vazamentos e a consequente redução da eficiência da frenagem.

A montadora não forneceu números exatos sobre o recall, mas confirmou que, apenas na China, 2.222 veículos terão de ser retirados do mercado. O número corresponde ao total de vendas da marca no país asiático desde 2018, de acordo com a Bloomberg.

Apesar de anunciado hoje, o recall começa em 30 de maio.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia.

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Guedes critica pagamento de bônus  aos servidores do BNDES

Publicados

em

Paulo Guedes, ministro da Economia
Washington Costa/ASCOM ME

Paulo Guedes, ministro da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou o BNDES durante uma palestra nesta quinta-feira (18) ao falar sobre o uso de recursos públicos para melhorar o país. Guedes disse que o banco deveria reduzir o bônus distribuído a seus servidores e pagar o que deve à União.

Dados do Ministério da Economia mostram que o BNDES pagou em média, em 2021, cerca de R$ 108 mil aos empregados. Foi o maior valor declarado entre as empresas públicas com Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Por outro lado, o banco tem uma dívida em torno de R$ 100 bilhões com o Tesouro Nacional. Segundo o ministro, a instituição convenceu o Tribunal de Contas da União (TCU) a postergar o pagamento.

“O BNDES convenceu o TCU que era um risco devolver mais dinheiro para a União e que ela melhor pagar lá na frente. Se o BNDES deu um bônus maior, tem que pagar a União”, afirmou o ministro da Economia.

Guedes disse que o Brasil está melhor do que outros países e tem todas as condições de atrair investimentos de empresas estrangeiras em áreas como petróleo e gás, alimentos e energia. Ele afirmou que, somando o resultado do leilão de aeroportos desta quinta-feira, o Brasil deverá receber em torno de R$ 900 bilhões nos próximos anos.

“As democracias liberais não confiam mais nos regimes totalitários. A Alemanha não quer mais depender da Rússia. Alemanha e França têm planos de investir no Nordeste brasileiro. Nos próximos quatro anos, vamos dobrar de 10% para 20% a oferta de energia eólica e de 5% para 10% a energia solar.”

Fonte: IG ECONOMIA

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana