ENTRETENIMENTO

Fernando Medeiros dá sete dicas para aproveitar o começo de ano e se exercitar

Publicados

em


source
Fernando Medeiros
Divulgação

Fernando Medeiros

Todo começo de ano é uma nova oportunidade de fazermos diferente. Com frequência, estabelecemos objetivos e traçamos planos, tentando mudar aquilo que nos incomoda. Entretanto, uma das resoluções mais famosas, sem dúvida, é a prática de atividades físicas. Mas como começar uma nova rotina, que requer bastante foco e determinação, e não desanimar com o passar do tempo? 

Fernando Medeiros
Divulgação

Fernando Medeiros

Pensando nisso, fomos atrás de Fernando Medeiros, que, apesar de ser lembrado até hoje por sua passagem marcante pela décima quinta edição do reality show global “Big Brother Brasil”, é professor e especialista em exercícios físicos e bem-estar. Com base nos seus conhecimentos sobre vida saudável, ele passou algumas orientações importantes para quem quer chegar ao fim de 2021 com esse propósito atingido.

Fernando Medeiros
Divulgação

Fernando Medeiros

1. Seja realista

“Em diversos levantamentos, os cuidados com as saúdes física e mental são sempre os mais lembrados pelas pessoas que querem um recomeço. Os desejos podem ser: aprimorar o desempenho físico, perder peso, melhorar hábitos de alimentação e sono, parar de fumar e de beber, por exemplo. Mas, para todos, a dica inicial que eu dou é a mesma: pensar em metas alcançáveis, no máximo duas ou três, e não focar os resultados rápidos”, afirmou.

2. Pense nos benefícios 

Após esse primeiro passo, é comum que a rotina ande, mas, depois de um tempo, estacione novamente, de acordo com Fernando. “Com a correria do dia a dia, a gente sente dificuldades em manter as metas, e desanimamos. Meu conselho para que os objetivos não se percam ao longo do ano é que a pessoa sempre pense no resultado final”, indicou o especialista. 

“Às vezes, queremos mudanças rápidas, como dietas mirabolantes, restrições, excesso de treino e efeitos em um ou dois meses, mas esse não é o caminho. Um resultado satisfatório tem de ser pensado em médio e longo prazo, principalmente quando isso envolve a nossa saúde.”

3. Não se cobre de forma excessiva

Você viu?

Descobrir novos hábitos e maneiras de se cuidar é outra prática que faz a diferença na hora de tornar a rotina mais estimulante. Evitar a autocobrança excessiva também é fundamental, segundo nos contou Fernando. “Somos seres humanos e não funcionamos de forma linear, avançando e melhorando sem parar. Em determinados dias, podemos ficar com preguiça e comer as tão temidas ‘besteiras’. Isso é natural e não deve ser motivo para nos culparmos o tempo inteiro.” 

4. Permita-se dias de descanso

Sim, o carioca, que é casado com a também ex-BBB Aline Gotschalg e é pai do fofo Lucca, de apenas quatro anos, recomendou o método da recompensa para os dias em que bate o desânimo, como um jeito de não perder o foco, mesmo quando ocorrem essas “escapadas”. 

“Se eu mantive uma boa alimentação durante quatro ou cinco dias consecutivos, me exercitei, pelo menos, trinta minutos diariamente, então posso me recompensar com um de descanso, para fazer refeições mais calóricas. Faz muito sentido para um planejamento anual, já que tudo que é restritivo e excessivo nos cansa.”

5. Não tenha medo de recomeçar

Vale destacar, é claro, que isso não quer dizer que a pessoa deva meter totalmente o pé na jaca e desistir de seus propósitos. Um dos principais erros de quem planeja criar o hábito da atividade física é ligar o “dane-se” depois de perder um dia de treino ou vacilar na alimentação. 

“É comum pensarmos: ‘Ah, já não treinei ontem mesmo! Então deixa, semana que vem recomeço’. Mas não faça isso. Mesmo não cumprindo seu objetivo em um dia, no dia seguinte, você pode recuperar e voltar sem nenhum problema”, pontuou. 

6. Encare o exercício como lazer

Quem busca uma rotina mais saudável e equilibrada ainda precisa virar a chavinha e mudar um pouco a forma de encarar o treinamento físico. Uma das maneiras é pensar nele como lazer, e não como obrigação, para que se torne mais leve e divertido. “Vai ser um momento só seu, no qual você pode ouvir uma boa música, assistir a uma série, acompanhar um podcast ou simplesmente pensar na vida”, opinou Fernando.

7. Não deixe de se hidratar

A garrafinha de água também não pode faltar! Carregue sempre uma com você, antes, durante e depois de se exercitar. “Além do poder da hidratação, sempre que olhar para ela, vai se lembrar de que deve se cuidar. Assim, gera compromisso e se torna um símbolo de saúde”, destacou.

“Costumo dizer o seguinte: se a saúde vai bem, nada vai mal. Tanto a física quanto a mental são os principais combustíveis para executarmos todos os nossos propósitos. Devemos entender que os cuidados devem se tornar rotina por meio de hábitos positivos”, completou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

ENTRETENIMENTO

Luana Piovani detona o Brasil e chama casamento com Scooby de “falido”

Publicados

em


source
Luana Piovani
Reprodução/Instagram

Luana Piovani

Luana Piovani, de 44 anos , concedeu uma entrevista ao programa “Júlia”, na TV portuguesa. Durante sua participação na atração, ela detonou o Brasil ao falar de sua mudança para a Europa e chamou o casamento com Pedro Scooby de “falido”.

“Eu morava em condomínio fechado, andava de carro blindado, só ia a lugares que já conhecia muito. E assim, você está no carro teclando, uma pessoa passa, e você toma susto. Eu já fui assaltada de todas as maneiras no Brasil. Quando tive os meus gêmeos, pensei, ‘não quero que eles sejam os filhos da Luana Piovani, que vivam em uma bolha e andem de carro blindado de lá e para cá, que sejam uns playboys da vida'”, iniciou Luana Piovani.

“Quero que eles tenham a liberdade que eu tive de pegar uma bicicleta e ir para a casa do colega, ter certeza que estão no ônibus e não tenham medo de ser assaltados ou tomar uma facada porque estão vestindo”, continuou.

De acordo com Piovani, a mudança demorou três anos para se concretizar. Porém, apesar de fazer bem aos filhos, a nova rotina acabou atrapalhando o casamento da atriz. 

“Me mudei de país com três crianças pequenas em pleno inverno, atravessei um oceano e quando cheguei me vi sozinha. Mas acontece. Tem muita gente casada que é sozinha. Eu já havia reparado nisso e por isso que eu já havia separado do meu ex-marido. A gente tinha tido um pequeno break, expliquei as questões, quatro meses depois, ele voltou, nos reorganizamos ele assumiu os compromissos, eu os meus. Dois anos depois, notei que o que havíamos combinado não estava sendo cumprido e sou uma mulher muito prática. Só tenho uma vida. Não vou pegar os cem anos que me deram nessa vida e enterrar em um casamento falido”, afirmou Luana Piovani. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana