esportes

Felipe Santana agradece Chapecoense pela oportunidade de poder jogar

Publicados

em


Após mais de dois anos sem entrar em uma partida oficial, na última terça-feira (24), Felipe Santana completou o segundo jogo com a camisa da Associação Chapecoense de Futebol. Junto com a oportunidade de voltar a jogar, chegou a reponsabilidade de substituir a altura os companheiros da posição. Dona da defesa menos vazada da competição, a equipe demonstra empenho de todos dentro das quatro linhas e a qualificação no setor defensivo. Aos 34 anos de idade, com experiência e rodagem no futebol, desde sua chegada o zagueiro buscou contribuir e repassar seus conhecimentos no dia a dia do clube.

Nesta quarta-feira (25) Felipe participou da entrevista coletiva do dia. Comentou sobre a opção de ficar fora das quatro linhas para recuperação física e demonstrou gratidão a Chape, clube que proporcionou o retorno aos gramados. “Foi uma opção que eu escolhi tomar para minha carreira, sabia que ia ser difícil, mas sou extremamente agradecido a Chapecoense pela oportunidade que me deu e fiquei imensamente feliz por fazer parte de um time que vem se reconstruindo não só como nome, mas também como equipe. Me lembro quando cheguei em junho, a equipe estava sendo desacreditada, não estava indo bem no Campeonato Catarinense, precisou de muito trabalho para que revertesse a situação e tornasse essa situação de título. Isso se transpôs para o Campeonato Brasileiro, quando o atleta tem confiança pra jogar as coisas tendem a fluir, nossa equipe readquiriu confiança, começou a prospectar coisas grandes pro campeonato, minha parcela de contribuição entra no momento em que tem uma mentalidade de campeão, mentalidade vencedora, que sempre tive e por sorte quase todos os clubes onde passei fui campeão”.

Foto: Guilherme Griebeler /ACF
Foto: Guilherme Griebeler /ACF

A felicidade em contribuir com o grupo foi destacada pelo zagueiro. “Fico muito feliz em voltar ajudar, voltar a jogar, claro que tive que respeitar um processo, até porque a zaga da Chapecoense vem fazendo um grande campeonato com a defesa menos vazada”.

Após a derrota para o Cruzeiro, na última rodada da Série B, o Verdão iniciou a preparação para enfrentar o Guarani. Por fim, o zagueiro relata aprendizado para o restante do Campeonato Brasileiro. “Futebol tem essas situações, ocorrem de uma hora pra outra, uma vitória ou uma derrota. O Cruzeiro durou por apenas 12 horas, pra nós é claro que a derrota nos machuca assim como vitória nos deixam feliz, mas faz parte do jogo em nenhum momento queríamos perder essa invencibilidade de 19 jogos. Aprendemos com essa partida, assim como a gente aprendeu também na partida contra o Sampaio Corrêa, onde iniciamos perdendo a partida e corremos atrás. Infelizmente contra o Cruzeiro isso não conseguiu se realizar, mas faz parte do futebol, bola pra frente”.

Comentários Facebook
Propaganda

esportes

Em Porto Alegre, América inicia preparação para jogo contra o Confiança

Publicados

em


O América retomou a preparação após o primeiro de dois compromissos fora de casa nesta semana. Na tarde de quarta-feira, o Coelho trabalhou no CT Parque Gigante, pertencente ao Internacional-RS. A delegação americana retornou de Pelotas (RS) na noite de terça e seguirá em Porto Alegre (RS) até quinta-feira.

Na tabela de classificação da Série B, o América lidera com 69 pontos após 36 rodadas. Na segunda posição, a Chapecoense-SC tem dois pontos e uma partida a menos que o Coelho.

O próximo compromisso do time comandado pelo técnico Lisca está marcado para sábado, às 16h30, contra o Confiança-SE, no estádio Batistão. O jogo na cidade de Aracaju (SE) será a penúltima rodada da Série B 2020.

Nesta quarta-feira, o elenco foi dividido em dois grupos no CT Parque Gigante. Os atletas que atuaram por mais de 45 minutos no jogo contra o Brasil-RS tiveram priorizada a recuperação física, fazendo exercícios de mobilidade e caminhadas em campo.

Já os goleiros Airton e Jori iniciaram o treino já com trabalho com bola, praticando diversas situações de defesas orientadas pelo preparador Marcos Gontijo.

Os demais jogadores de linha trabalharam inicialmente com o preparador físico Gerson Rocha, com exercícios de mobilidade, estabilidade e ativação. Depois, o grupo teve uma atividade com bola em curto espaço, focada na rápida troca de passes e na marcação sob pressão.

Depois, o técnico Lisca comandou um trabalho de triangulações e finalizações com esses jogadores e os goleiros. O comandante incentivou o máximo de eficácia nas conclusões.

Por fim, houve mais um trabalho em curto espaço, com três equipes se alternando e buscando as conclusões a gol após triangulações.

Após o treino, o time americano retornou ao hotel em que está hospedado em Porto Alegre (RS). Nesta quinta, o time americano treina pela manhã, novamente no CT Parque Gigante, e encerra a etapa de preparação na capital gaúcha. Já na sexta, haverá o treino final antes da partida contra o Confiança-SE em Aracaju.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana