Alto Paraguai

Falsa médica é detida e encaminhada à delegacia

Publicado

Policiais militares em Alto Paraguai (a 218 km de Cuiabá) prenderam nesta terça-feira (12.01), uma mulher por exercício ilegal da medicina.

A informação foi passada por uma médica que atende no Pronto Atendimento da cidade que uma jovem estaria na unidade exercendo ilegalmente a profissão de médica.

Contou que a mulher tinha se apresentado na unidade dizendo que estaria no último semestre do curso, de uma faculdade particular e queria estagiar voluntariamente.

Abordada, a denunciada disse que tinha mentido e não teria nenhuma formação na área da medicina.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA

Homem furta cofre de empresa de bebidas e é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Um funcionário de uma distribuidora de bebidas na região de Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil do município na quarta-feira (13.01), suspeito pelo furto de aproximadamente R$ 19 mil da empresa.

O suspeito de 37 anos trabalhava como motorista na empresa e foi autuado pelo crime de furto qualificado, fraude processual e falsa comunicação de crime.

O dinheiro estava em um cofre, do tipo “boca de lobo”, instalado no interior de um caminhão da empresa que atua com a distribuição de bebidas em Nova Xavantina e região.

O suspeito estava hospedado em um hotel da cidade junto com mais três funcionários da empresa, quando por volta das 4 horas da manhã, o recepcionista do hotel foi avisado que havia ocorrido o furto do alguns pertences que estavam no interior do caminhão da empresa.

Os policiais civis foram acionados e passaram a investigar o caso. Durante entrevistas, os funcionários entraram em contradições, principalmente em relação ao motorista do caminhão onde estava o dinheiro.

Em depoimento, o suspeito contou que teria ido junto com os demais colegas até a recepção pedir ao recepcionista que ligasse para a polícia. Porém, ao analisarem as imagens os investigadores constataram que o motorista havia pulado a janela e ido até caminhão e que caminhava tranquilamente pelo lado de fora do hotel.

Conforme o delegado de Nova Xavantina, Raphael Diniz, no interrogatório o motorista relatou que pessoas não identificadas estariam dentro da cabine de seu caminhão tentando arrancar o cofre e que ao acordar, conseguiu ver os indivíduos correndo com o cofre nas costas. Ainda segundo ele, as pessoas que levaram o cofre o ameaçaram de morte caso saísse para fora.

A Politec de Água Boa foi solicitada e após periciar o veículo foi constatado que para arrancar o cofre do caminhão seria necessário levantar a cabine e retirar o cofre por baixo. A execução de tal ação seria demorada e faria muito barulho, provas que desmentiram a versão do motorista.

Com base nas evidências o motorista foi preso em flagrante delito por furto qualificado, fraude processual e falsa comunicação de crime. Após a confecção dos autos, ele foi conduzido para a Penitenciária Major Zuzi Alves da Silva, em Água Boa, onde está à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana