NOVA XAVANTINA

Fábrica clandestina de armas artesanais é fechada pela Polícia Civil

O responsável pelo local, identificado como W.F.A de 28 anos, responderá pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido

Publicado


PJC MT

Polícia Civil fecha fábrica de armas artesanais em Nova Xavantina

Polícia Civil fecha fábrica de armas artesanais em Nova Xavantina

Uma fábrica clandestina de armas artesanais foi fechada pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de sexta-feira (16.08), em Nova Xavantina (645 km a Leste). A ação resultou na apreensão de uma arma de fogo, além de ferramentas usadas para confecção de armamentos. 

 

O responsável pelo local, identificado como W.F.A de 28 anos, responderá pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

As diligências iniciaram após a localização de uma garrucha artesanal, ocorrida no dia 03 de agosto deste ano. Em ato contínuo, os policiais civis passaram a investigar o caso, com objetivo de identificar a pessoa responsável por fabricar a arma apreendida.

 

Durante diligências os investigadores lograram êxito em levantar um endereço suspeito no bairro barro Vermelho, onde eram fabricadas e comercializadas armas artesanais.

 

A pequena oficina ilegal estava funcionando nos fundos do imóvel, onde foram localizados vários materiais para a fabricação das armas, como mecanismo de disparo artesanal, massa de mira, furadeira, aparelho de solda, pedaços de cano, entre outros itens, além de uma espingardar calibre 22.

 

No momento da abordagem policial, o suspeito W.F.A. não estava no local. No entanto, ele foi qualificado e será indiciado em inquérito instaurado pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido.

 

*Com informações PJC MT

 

Comentários Facebook
publicidade

Rondonópolis

Unidades Sentinela no PSF Parque das Rosas e Policlínica Itamaraty estão em plantão neste fim de semana

Publicado


Nestes sábado (28) e domingo (29) o plantão do projeto Sentinela será nas unidades do Posto de Saúde da Família (PSF) Parque das Rosas e Margarida e Policlínica Itamaraty. O atendimento acontece das 6h ao meio-dia durante o plantão.

As unidades Sentinela atendem exclusivamente pacientes com suspeita ou em tratamento de Covid-19, com consultas médicas e realização de exames.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana