TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Evolução do PJe: Comitê Gestor é recomposto no TJMT

Publicados

em


Com vistas a acompanhar a evolução do sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe), foi recomposto nesta quinta-feira (11 de fevereiro) o Comitê Gestor do PJe no âmbito do Poder Judiciário de Mato Grosso. O comitê é formado por membros do Tribunal de Justiça e também por parceiros como Ministério Público, OAB, Defensoria e Procuradoria. A Coordenadoria de Tecnologia da Informação e de Planejamento prestam apoio administrativo ao Comitê.
 
À frente da comissão, como coordenadora pelos próximos dois anos, está a juíza auxiliar da Presidência do TJMT Adriana Sant’Anna Coningham. Também integram o comitê os juízes Lídio Modesto da Silva Filho, Aristeu Dias Batista Vilella e João Thiago de França Guerra; o advogado representante da OAB-MT, Gonçalo Adão de Arruda Santos; a promotora de justiça representante do Ministério Público do Estado, Claire Vogel Dutra; o defensor público representante da Defensoria do Estado, Valdenir Luiz Pereira, além do procurador do Estado Pedro Felipe Veiga Gomes, representando a PGEMT.
 
Dentre as atribuições do Comitê Gestor do PJe também destaca-se a administração da estrutura, a implementação e o funcionamento do PJe, de acordo com as diretrizes fixadas pelo Comitê Gestor Nacional do PJe; o suporte às questões relacionadas ao(s) fluxo(s) adotado(s) no PJe; a observação das normas expedidas pelo CNJ, pelo Comitê Gestor Nacional e pelo Comitê Gestor da Justiça dos Estados e do Distrito Federal dos Territórios; além da priorização das demandas relacionadas ao PJe que forem encaminhadas pelos usuários internos e externos.
 
A recomposição da comissão consta da Portaria TJMT/PRES 201/2021, veiculada nesta quinta-feira no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) e assinada pela presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas.
 
Comissão Interna do Processo Judicial Eletrônico do PJMT – Os nomes dos integrantes da CIPJe-PJMT também já estão definidos, segundo a Portaria TJMT/PRES N. 203/2021. São eles: Adriana Sant’Anna Coningham, juíza auxiliar da presidência; Aristeu Dias Batista Vilella, juiz auxiliar da Vice-Presidência; João Thiago de França Guerra, juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça; Lídio Modesto da Silva Filho, juiz-diretor do Foro da Capital; Cristiane Padim da Silva, juíza-coordenadora do Nupemec; Carlos Mar Ayc Campelo, coordenador de Tecnologia da Informação; Bruno José Fernandes da Silva, coordenador Judiciário; Flávio de Paiva Pinto, coordenador da Corregedoria-Geral da Justiça; Afonso Vitorino Maciel, coordenador de Planejamento; João Luiz Bettini de Albuquerque Lins, representante da Escola Superior da Magistratura; Andréa Marcondes Alves, coordenadora da Escola dos Servidores; Roberto Cyríaco da Silva, coordenador de Infraestrutura; Mariane Aparecida Leite de Oliveira Weissheimer, coordenadora de Comunicação; Danilo Pereira da Silva, diretor de Sistemas e Aplicações; Renato Antonio Nasser Paquer, gerente de Sistemas e Aplicações.
 
Leia AQUI a íntegra da portaria que estabelece o Comitê e AQUI a íntegra da portaria que recompõe a Comissão Interna.
 
Keila Maressa
Coordenadoria de Comunicação da Presidência
 
 

Comentários Facebook
Propaganda

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MT

Esmagis: círculo de celebração com magistradas aborda temas como virtudes e figura materna

Publicados

em


A manhã dessa quinta-feira (6 de maio) foi marcada pelo II Webinário O desafio da maternidade e o exercício da função com a realização do Circulo de Celebração da Maternidade. O encontro realizado por videoconferência integra a comemoração alusiva ao Dia das Mães e foi marcado por emoção, carinho, apoio e aprendizado.
 
A desembargadora-vice-diretora da Escola Superior da Magistratura, desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos, presidiu o evento e agradeceu as participantes por comparecer e partilhar a experiência de ser mãe com o grupo. “Este é um momento de estarmos juntas e podermos nos expressar quanto aos sentimentos relativos à maternidade. Agradeço imensamente a todas que estão aqui e ao desembargador Marcos Machado que permitiu esse encontro no âmbito da Escola Superior da Magistratura. Não é um encontro jurídico, mas sim, para trazer acolhimento nesse momento tão difícil a todas que trabalham para entregar justiça.”
 
A dinâmica foi realizada com a participação apenas feminina para produzir uma conexão profunda entre as participantes e promover espaço seguro para o fortalecimento da participante quanto à temática. Definido pelas facilitadoras Roseli Barreto Coelho e Cláudia Pereira como um encontro de coração para coração, o círculo abordou temáticas como valores e virtudes que sustentam a mulher e a figura materna.
 
Keila Maressa
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana