BRASIL E MUNDO

EUA: tiroteio em prédio comercial deixa quatro mortos, incluindo uma criança

Publicados

em


source
Segundo informações da imprensa local, uma criança está entre os mortos no ataque desta quarta-feira
Reprodução/Fox News 8

Segundo informações da imprensa local, uma criança está entre os mortos no ataque desta quarta-feira

A polícia do distrito de Orange, na Califórnia (EUA), relatou um tiroteio, nesta quarta-feira (31), com “várias vítimas”. Ainda não há informações oficiais completas, mas a imprensa local divulgou que quatro pessoas, incluindo uma criança, teriam sido mortas e uma quinta ficou ferida. Um suspeito foi preso, após trocar tiros com a polícia.

O tiroteio ocorreu num prédio comercial de dois andares, por volta de 17h30 (hora local), na localidade ao sul de Los Angeles. Na página oficial do Departamento de Polícia de Orange, no Facebook, foi postado o relato de que um “tiroteio envolvendo um policial” havia ocorrido e que a situação já havia sido “estabilizada”, sem mais ameaças ao público.

Este é o terceiro tiroteio em massa ocorrido nos Estados Unidos  nas últimas duas semanas. Em 16 de março, oito pessoas foram mortas a tiros por um homem armado, em Atlanta. Poucos dias depois, em 22 de março, 10 pessoas foram mortas quando um homem abriu fogo em um supermercado em Boulder, Colorado. Os suspeitos, em ambos os casos, foram presos.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, reagiu no Twitter, chamando o evento de Orange de “horrível e comovente”. Segundo o jornal The New York Times, a tenente Jennifer Amat, porta-voz do Departamento de Polícia de Orange, relatou que tiros estavam sendo disparados quando os policiais chegaram, e os agentes atiraram no suspeito, que foi levado ao hospital . O estado de saúde dele não foi divulgado.

O dono de uma oficina mecânica vizinha ao prédio comercial , que pediu para não ser identificado, disse ter ouvido, inicialmente, cerca de quatro tiros. Após a chegada da polícia , segundo ele, foram mais 10 tiros. “É estranho ter algo assim acontecendo na porta ao lado. Nunca tínhamos ouvido nada parecido antes”, disse.

O tiroteio aconteceu a menos de 10 quilômetros da Disneylândia, parque infantil que fica na vizinha Anaheim, Califórnia. O Corpo de Bombeiros atendeu seis pacientes, dois deles levados para um hospital, segundo informou o supervisor Sam Ahumada.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

‘Queiroga com certeza será reconvocado à CPI’, diz Omar Aziz

Publicados

em


source
 'Queiroga com certeza será reconvocado à CPI', diz Omar Aziz
Reprodução

‘Queiroga com certeza será reconvocado à CPI’, diz Omar Aziz

O senador e presidente da CPI da Covid , Omar Aziz (PSD-AM), se posicionou sobre o depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, como a “grande decepção” da comissão até o momento. Em relação as falas pouco objetivas, Aziz reiterou que Queiroga “com certeza” será reconvocado. As falas foram reproduzidas em uma entrevista no YouTube para o canal do historiador Marco Antônio Villa.

O motivo que levou o presidente da comissão em buscar uma nova audiência para ouvir Queiroga é a constante contradição entre as diretrizes do Ministério da Saúde e as políticas públicas do governo Bolsonaro .

Queiroga declarou inúmeras vezes que não se pronunciaria em seu depoimento pois não havia um protocolo de tratamento para a covid-19 elaborado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

Renan Calheiros declarou no último sábado (08) que a estratégia adotada pelo cardiologista comandante do Ministério da Saúde de não responder objetivamente as perguntas é uma outra maneira de “não falar a verdade”.

Aziz ratificou o posicionamento de Calheiros ao declarar que “a gente perguntava se ele era a favor da cloroquina – e ele não citava a palavra cloroquina, falava em ‘fármacos’ -, ele jogava para a Conitec”.


O presidente da CPI argumentou que o posicionamento de Queiroga visa “não magoar o chefe” e que as contradições existentes dão base para que o ministro seja reconcado”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana