BRASIL E MUNDO

EUA: Casa Branca propõe nova lei de cidadania para milhões de imigrantes

Publicados

em


source
Presidente dos EUA, Joe Biden
Gage Skidmore / Creative Commons

Presidente dos EUA, Joe Biden

A Casa Branca anunciou nesta quinta-feira (18) um amplo projeto de lei de imigração que irá criar um caminho de oito anos para a cidadania de milhões de imigrantes e oferecerá um processo mais ágil de regularização de documentos dos chamados “Dreamers”, filhos de imigrantes ilegais que chegaram aos Estados Unidos quando crianças.   

A legislação enfrentará um percurso árduo em um Congresso dividido, onde a maioria do Partido Democrata tem margem de apenas cinco votos, enquanto que no Senado não possui os 60 votos necessários para aprovar uma medida.   

O objetivo principal é criar um caminho para a cidadania para 11 milhões de “indocumentados”, desde que essas pessoas tenham entrado nos Estados Unidos até 1º de janeiro de 2021.   

De acordo com autoridades do governo, a proposta apresentada pela Casa Branca é uma tentativa do presidente Joe Biden de reiniciar o debate sobre o sistema migratório dos Estados Unidos.   

Você viu?

Entre os detalhes do chamado “Ato de Cidadania dos EUA de 2021″ também estão algumas modificações em terminologias, as quais preveem a remoção da palavra “alien” [que pode significar “estrangeiro” ou “alienígena”] das leis de imigração e a inclusão do termo “não-cidadão” no lugar.  

A alteração lexical é proposta, principalmente, após os ataques verbais do ex-presidente Donald Trump contra os imigrantes ilegais.   

Além disso, existe a ideia de reduzir a quantidade de anos para adquirir a cidadania americana. Se aprovada, a lei diminuirá o tempo de 13 para oito anos e beneficiará os imigrantes que chegaram nos  EUA enquanto eram crianças.   

Desta forma, essas pessoas poderão garantir o green card imediatamente, desde que cumpram todos os requisitos, inclusive uma checagem de antecedentes.   

Por fim, o projeto de lei oferecerá mais investimentos para a contratação de juízes de imigração; retira o limite de até um ano para dar entrada a um pedido de asilo; aumenta os vistos de diversidade e anuais; e elimina as restrições para retornar ao território americano caso uma pessoa já tenha morado ilegalmente no país em um outro momento.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Navio se choca com estação de balsas no litoral de São Paulo; veja os vídeos

Publicados

em


source
Navio se choca com estação de balsas no litoral de São Paulo
Reprodução

Navio se choca com estação de balsas no litoral de São Paulo

Um navio de carga supostamente desgovernado se chocou com um píer onde ficam ancoradas as balsas que fazem a  travessia  entre Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo, na tarde deste domingo.

De acordo com o Departamento Hidroviário, travessia ficou paralisada por cerca de 1h20 devido ao acidente. Ninguém se feriu.

A Capitânia dos Portos, em Santos, informou que uma equipe de peritos está no local para avaliar os danos feitos na área de embarque de bicicletas, que dá acesso às balsas, e também no navio, que ficou avariado.

Segundo a capitânia, o navio da Hamurg Süd levava contêineres, mas não há detalhes sobre o conteúdo embarcado.

Você viu?

Segundo o portal G1, o acidente ocorreu por volta de 14h, no terminal de travessia de balsas de bicicletas. Um navio de carga colidiu e destruiu o píer de atracação.

Ainda não há informações do que provocou o acidente. As causas serão averiguadas pela Capitania dos Portos e Marinha.

Equipes do Departamento Hidroviário trabalharam para retomar o serviço, que voltou a funcionar por volta das 15h.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que o barco atinge o píer. Assustadas, algumas pessoas correm.

O navio Cap San Antonio, de bandeira dinamarquesa, havia saído de um dos terminais de Santos e seguiria para o Porto de Paranaguá. Com 8,9 metros de calado, a embarcação foi construída em 2014. Tem 333 metros de comprimento e 48,3 de largura. Sua capacidade é de 10.500 TEU (Twenty feet Equivalent Unit/ ou unidade equivalente a um contêiner de 20 pés).

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana