BRASIL E MUNDO

EUA: Adolescente delata própria mãe que participou da invasão ao Capitólio

Publicados

em


source
Helena Duke%2C apoiadora de Trump%2C foi delatada pela própria filha
Reprodução FNTV

Helena Duke, apoiadora de Trump, foi delatada pela própria filha

Helena Duke, de 18 anos, usou o twitter para expor a própria mãe, Therese Duke, que participou da invasão ao Capitólio  em Washington, nos Estados Unidos, na última quarta-feira (6).

Therese, apoiadora de Trump , viralizou nas redes após aparecer em um vídeo discutindo com uma oficial da polícia, onde é agredida com um soco no rosto.

A filha respostou na rede social o vídeo com a seguinte legenda:

“Olá, mãe, lembra de quando você me proibiu de ir aos protestos do Black Lives Matter (Vidas Negras importam) pois eles poderiam ficar violentos? Essa é você?”, perguntou.

Confira a confusão entre policiais e trumpistas:

Em entrevista ao jornal New York Post, Helena conta que sua mãe era democrata, mas “sofreu uma lavagem cerebral”, e que “qualquer coisa que o presidente ( Trump ) fala, ela acredita e é o que aceitará”.

A jovem, que disse ter sido expulsa de casa, chamou Therese de hipócrita:

“Acho que foi definitivamente muito hipócrita dela acabar me expulsando de casa por ir a protestos pacíficos porque ela presumiu que seriam violentos, e então acabou indo para isso, que foi obviamente um ataque muito violento contra o Capitólio- e acabar difamando um policial “.

Além da mãe, Helena Duke divulgou os nomes dos tios, que também participaram do ato contra o Congresso americano .

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro

Publicados

em


source
CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro
Reprodução: iG Minas Gerais

CPI da Covid busca ouvir 15 membros do governo Bolsonaro

Uma minuta da estratégia de trabalho da  CPI da Covid revelou que pretende convocar para prestar depoimentos, pelo menos, 15 membros do governo Bolsonaro que passaram pela condução no combate federal a pandemia de covid-19. As informações são do jornal O Globo .

Entre os possíveis convocados, destacam-se:

Ministro da Saúde – Marcelo Queiroga;

Ex-ministros da Saúde – Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich, Eduardo Pazuello;

Ex-secretários do Ministério da Saúde – Antonio Elcio Franco, Mayra Pinheiro e Airton Cascavel;

Ex-ministro das Relações Exteriores – Ernesto Araújo;

Ministro da Economia – Paulo Guedes;

Secretários e ex-secretários – Bruno Funchal (secretário do Tesouro Nacional), Edson Pujol (ex-comandante do Exército), Fábio Wajngarten (Comunicação), Flávio Rocha (Assuntos Estratégicos), Nilza Emy (secretária Nacional do Cadastro Único do Ministério da Cidadania) e Otávio Brandelli (secretário-geral do Itamaraty).

A ata obtida também contempla audiências públicas com especialistas na área de combate a pandemia do novo coronavírus. Entre os mencionados pelos senadores envolvidos na comissão parlamentar de inquérito, destacam-se:

Você viu?

– Átila Iamarino;

– Miguel Nicolelis;

– David Uip (FMUSP);

– Ludhmila Hajjar (FMUSP);

– Roberto Kalil Filho (FMUSP);

– Natália Pasternak (USP);

– Marcia Castro (Harvard);

– Margareth Dalcolmo (Fiocruz).


A proposta de convocação e o plano de trabalho ainda precisam ser aprovados pela CPI e, no momento, encontram-se em fase de discussão . Os principais pontos de discussão da comissão também foram dividos em subrelatorias.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana