mato grosso

Estado lança licitação para transporte intermunicipal em quatro regiões; saiba quais

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT) abriu concorrência pública para o transporte coletivo rodoviário intermunicipal. Serão concedidos cinco lotes, entre categoria básica e diferenciada, para os mercados de Barra do Garças, Cáceres, Alta Floresta e Sinop.

O critério para seleção das empresas vencedoras será o de menor valor da tarifa do serviço. As empresas interessadas na Concorrência Pública deverão entregar os envelopes com a proposta comercial e a documentação de habilitação no dia 23 de maio de 2022, entre 08h e 09h30. A sessão de abertura das propostas comerciais será no mesmo dia, às 09h30, na sede da Sinfra-MT.

Para o mercado de Cáceres e Alta Floresta, a licitação será para a categoria básica, enquanto que para Barra do Garças a categoria licitada será a diferenciada, que tem por objetivo possibilitar viagens com mais conforto e menos tempo, com veículos com ar-condicionado, sanitários e maior espaçamento entre as poltronas, e valor de tarifa maior. Em Sinop, serão licitadas as categorias básica e diferenciada.

A previsão do edital é que, após o cumprimento dos trâmites do processo, o contrato de concessão seja assinado em 9 de setembro. Após essa assinatura, é dado um prazo de seis meses para o início efetivo da operação, período em que as empresas deverão disponibilizar garagens, pontos de apoio e frota.

Os serviços serão concedidos por um prazo de 20 anos, a contar do sétimo mês após a assinatura do contrato. O objetivo da licitação é que o serviço de transporte coletivo rodoviário intermunicipal seja prestado de maneira eficiente.

Confira os municípios que fazem parte de cada mercado:

Barra do Garças: Água Boa, Araguaiana, Araguainha, Barra do Garças, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Gaúcha do Norte, General Carneiro, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Pontal do Araguaia, Ponte Branca, Ribeirãozinho e Torixoréu. Valor da outorga para categoria diferenciada: R$ 5.356.369,11.

Cáceres: Araputanga, Cáceres, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista D’Oeste, Curvelândia, Figueirópolis D’Oeste, Glória D’Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D’Oeste, Mirassol D’Oeste, Nova Lacerda, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade. Valor da outorga para categoria básica: R$ 8.560.022,86.

Alta Floresta: Alta Floresta, Apiacás, Carlinda, Colíder, Guarantã do Norte, Matupá, Nova Bandeirantes, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Monte Verde, Nova Santa Helena, Novo Mundo, Paranaíta, Peixoto de Azevedo e Terra Nova do Norte. Valor da outorga para categoria básica: R$ 18.083.544,57.

Sinop: Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itaúba, Juara, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Ubiratã, Novo Horizonte do Norte, Porto dos Gaúchos, Santa Carmem, Santa Rita do Trivelato, São José do Rio Claro, Sinop, Sorriso, Tabaporã, Tapurah, União do Sul e Vera. Valor da outorga para categoria básica: R$ 19.173.636,83. Valor da outorga para categoria diferenciada: R$ 11.178.482,83.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Professor Allan Kardec abre campanha a deputado federal com live ‘Do Pantanal ao Congresso Nacional”

Parlamentar defende propostas e ideias para melhorar a vida real das pessoas, como trabalho, emprego e renda e acesso de qualidade à saúde, educação, esporte e lazer, entre outras prioridades

Publicados

em

Deputado Professor Allan Kardec (PSB-MT) | Foto: JL Siqueira

Deputado Professor Allan Kardec (PSB-MT) lança nos primeiros minutos desta terça-feira (16/8) sua campanha a deputado federal em uma LIVE com pedido de voto ao eleitor, em suas redes sociais. 

O parlamentar concorre pelo Partido Socialista Brasileiro Brasileiro (PSB) a uma das 8 vagas a que Mato Grosso tem direito em disputa para a Câmara dos Deputados, em Brasília. A propaganda de rua e na internet com materiais já pode ser feita a partir desta data.

Com o mote “Do Pantanal ao Congresso Nacional”, o deputado pretende fazer uma campanha propositiva, principalmente com ideias e práticas no poder público que favoreçam a redução das desigualdades sociais em Mato Grosso.

Entre essas propostas, o deputado destaca o acesso e qualidade da educação, saúde, segurança pública, esporte e lazer, cultura, agricultura familiar, geração de emprego e renda e turismo e preservação dos ativos ambientais do Estado.

Propostas para vida real

“Nós precisamos como legisladores atuar com projetos e ideias para a vida real das pessoas. Naquilo que elas mais precisam de imediato para ter dignidade, como trabalho e renda, comida na mesa. Acesso à educação e saúde de qualidade, por exemplo”, aponta Professor Allan Kardec.

Ele lamenta que a possível guerra política, as vaidades e ódio tomem conta da campanha, como já demonstra com o cenário posto. “Temos que ter o dever moral de defender, propor e debater um patamar de política conectada com as necessidades cotidianas das pessoas. Temos que propor e criar mecanismo, por exemplo, para que a produção do agronegócio de Mato Grosso seja industrializada no Estado para gerar emprego e renda”, diz.

“Nosso algodão, que representa quase 70% da produção nacional, tem que ser beneficiado aqui com fiação, tecelagem e confecções. Para justificar benefícios para a população”, reforça o Professor Allan Kardec.

Sobre propaganda eleitoral

Começa nesta terça-feira (16/8) a propaganda eleitoral nas ruas e na internet pelos candidatos, partidos e federações partidárias, com liberação do pedido de voto ao eleitor. Comícios podem ser realizados das 8h às 22h, horário que pode ser prorrogado até meia-noite. A propaganda eleitoral vai até dia 1/10/2022, véspera da eleição.

Até as 22h também podem ser feitas a distribuição de materiais de campanha e a circulação de carros de som. É vedado os chamados “showmícios”. A propaganda de rádio e TV começa dia 26 de agosto.

Também é proibido propaganda por telemarketing e o impulsionamento de conteúdo por apoiadores. Opção legal e válida só por conta cadastrada na Justiça Eleitoral do candidato, partido e federação.

Já a propaganda em sites e redes sociais é permitida, identificada como publicidade, e deve constar o nome do candidato, partido, coligação ou federação partidária para candidaturas majoritárias (Presidente, governo e Senado).

A propaganda eleitoral em jornais e revistas também é permitida com até 10 anúncios, com espaço de ⅛ de jornal e ¼ de revista por edição.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana