BRASIL E MUNDO

Estabelecimento recebe mensagem racista: ‘mandem entregador branco’

Publicados

em


source
Estabelecimento recebeu a mensagem junto com o pedido
Reprodução/TV Anhanguera

Estabelecimento recebeu a mensagem junto com o pedido

Uma observação racista feita em um pedido em aplicativo de delivery de comida causou indignação na dona de uma doceria de Goiânia (GO), na última quinta-feira, 3. No campo de observação do recibo, o cliente citou sua preferência quanto a cor da pele do entregador. “Por favor, mandem um entregador branco, não gosto de pretos nem pardos”. As informações são da TV Anhanguera.

A imagem do comprovante da entrega causou revolta nas redes sociais.“Por favor, mandem um entregador branco, não gosto de pretos nem pardos. Venham rápido”, dizia o texto.

O caso deve ser investigado pelo Grupo Especializado no Atendimento às Vítimas de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Geacri) da Polícia Civil de Goiás, mesmo não havendo uma denúncia formal.

“Completamente constrangedor e desumano. Fiquei tão desconcertada que até pedi desculpas para o entregador quando ele veio buscar o pedido”, disse a empresária, dona do estabelecimento.

Leia Também

Segundo ela, após a entrega, o entregador voltou à confeitaria e disse que foi recebido por duas mulheres.

“Ele veio contar que elas disseram que o pedido era delas, mas que não haviam escrito aquela mensagem. Parece que uma disse que foi o marido, depois disse que não foi. Não explicaram direito”, contou.

O nome da pessoa que consta no perfil que escreveu a solicitação não foi divulgado.

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Operação Baixas Temperaturas leva 320 pessoas a locais de acolhimento

Publicados

em

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), informa que foram encaminhadas 320 pessoas para os serviços de acolhimento da rede socioassistencial entre as 18h de quarta-feira (10) e as 10h desta quinta-feira (11). Durante esse mesmo período foram entregues 96 cobertores pelas equipes da Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS).

Desde o início da Operação Baixas Temperaturas 2022, em 30 de abril, até o dia 8 de agosto foram registrados 1.596.893 acolhimentos nos serviços da rede socioassistencial. É importante destacar que nesta ação – que será promovida até 30 de setembro – uma pessoa pode ser acolhida mais de uma vez. Além dos chamados pelo 156, a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social realiza a busca ativa daqueles que se encontram em situação de rua, juntamente com as equipes do Consultório na Rua, durante as noites e madrugadas. Os encaminhamentos são executados por meio do Serviço Especializado de Abordagem Social (SEAS), da CPAS e dos atendimentos nas tendas. Foram distribuídos, até o momento, mais de 61 mil cobertores às pessoas que vivem em situação de rua.

Vagas

A rede socioassistencial conta com mais de 18 mil vagas. Para a OBT 2022 já foram criadas 2.044 novas vagas. Além disso, ainda no período deste inverno, estão previstas a criação de 250 vagas em novos Centros de Acolhida localizados em Perus e Santana, na Zona Norte; e Guaianases, na região Leste.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social também informa que haverá mais 600 vagas nos prédios cedidos pela Fundação Casa, que estão em fase de análise técnica para adequações estruturais. As primeiras 100 vagas para famílias devem ser abertas neste mês de agosto no Itaim Paulista, na região Leste da cidade.

Fonte: IG Nacional

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana