Educação

Escolas Militares oferecem 499 novas vagas em Mato Grosso

Publicado

As Escolas Estaduais Militares Tiradentes de Cuiabá, Rondonópolis, Nova Mutum, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Juara e Confresa estão com as inscrições abertas para o processo seletivo 2021. As sete escolas juntas oferecem 499 vagas para novos alunos em séries do ensino fundamental e ensino médio.

O processo seletivo com provas objetivas de caráter eliminatório e classificatório, foi elaborado com fundamento nos programas oficiais de ensino referente a cada série/ciclos cursados. As provas terão 20 questões de múltipla escolha, sendo 10 de Língua Portuguesa e 10 de Matemática.

A inscrição para o teste seletivo será realizada na própria escola pelos pais ou responsável legal do candidato. É necessário apresentar: cópia do RG ou certidão de nascimento do candidato, duas fotos 3×4 recentes, atestado de escolaridade, cópia do RG do pai/mãe, se dependente de militar deverá comprovar a dependência.

A novidade nesse processo seletivo está relacionada aos cuidados junto aos procedimentos e medidas de segurança de prevenção ao coronavírus. O uso de máscara será obrigatório, conforme Lei Estadual nº 11.110, de 22 de abril de 2020.

Os locais de prova estarão devidamente higienizados e sanitizados. Haverá distanciamento mínimo de 1,5 metros entre os assentos dos candidatos. Será disponibilizado álcool em gel logo no acesso, para desinfecção das mãos, objetos e demais materiais de uso permitido, além da inspeção da temperatura corporal logo quando do ingresso do candidato. As portas e janelas serão mantidas abertas durante toda a aplicação do processo seletivo.

Para o coordenador Estadual das Escolas Tiradentes, tenente-coronel André Wilian Dorileo, a Polícia Militar reitera seu compromisso com a sociedade mato-grossense em mais um projeto de sucesso.

“As Escolas Estaduais da Polícia Militar Tiradentes continuarão contribuindo com a educação de milhares de alunos que têm demonstrado interesse em estudar em nossas escolas. Nos dedicamos e não mediremos esforços para a manutenção de um ensino excelência destacando a hierarquia, disciplina, respeito aos professores, à família e valores defendidos por nossa instituição”, destacou.

Cuiabá

As inscrições para a Escola Estadual da Policia Militar Tiradentes, em Cuiabá, será no período de 23.11 a 26.11. O horário de atendimento na escola é das  7h às 12h, de 2ª a 5ª feira, na Escola Estadual da Polícia Militar Tiradentes, na Avenida Osasco, 765, Bairro CPA-I. A prova será realizada no dia 15 de janeiro de 2021.

Nova Mutum

Já para a Escola Estadual Tiradentes Cel PM Celso Henrique Souza Barbosa, em Nova Mutum  (264 km de Cuiabá) os candidatos podem se inscrever de 16.11 a 26.11, das 7h30 às 17h30, de 2ª a 6ª feira, com exceções dos feriados e pontos facultativos, de forma presencial na secretaria da Escola – Rua dos Cedros, 884 N, Jardim 1. O dia da prova será divulgado em edital complementar a ser publicado no mural da escola e via endereços eletrônicos.

Sorriso

Na Tiradentes Cabo PM Antônio Dilceu da Silva Amaral, em Sorriso (398 km de Cuiabá), as inscrições será de 23.11 a 27.11, via formulário eletrônico pelo link https://forms.gle/wyyYri1ixqzpTRzg7. Atendimento ao público das 8h às 18h de segunda a sexta-feira, com exceção dos feriados e pontos facultativos, na Avenida Noêmia Tonello Dalmolin, nº 2499, Edifício Unic, Bairro Parque Universitário. A prova será dia 06 de Dezembro.

Rondonópolis

Na Escola Estadual Tiradentes Major PM Ernestino Veríssimo da Silva, em Rondonópolis (212 km de Cuiabá) as inscrições serão de 16.11 a 07.12, no horário das 7h às 11h e das 13h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, com exceção dos feriados e pontos facultativos, na sede da unidade na Rua Juriti, n.º 3227, no Bairro Parque Universitário. A prova será dia 13 de Dezembro.

Confresa

Na Tiradentes Cabo PM José Martins de Moura, em Confresa (a 738 km de Cuiabá), as inscrições serão abertas nesta quarta-feira (18.11) e segue até dia 25.11. no horário das 08h30 às 14h30, de 2ª a 6ª feira, com exceções dos feriados e pontos facultativos na secretaria da unidade. Rua Tapirapé, Esq. Rua Aloísio Babinsk, s/nº, Residencial Babinsk. O dia da prova será divulgado em edital complementar a ser publicado no mural da escola e via endereços eletrônicos.

Lucas do Rio Verde

Na Tiradentes Soldado PM Adriana Morais Ramos, em Lucas do Rio Verde (a 354 km de Cuiabá), as inscrições serão de 23 a 27.11, das 07h às 11h e das 13h às 17h, de2ª a 6ª feira, na secretaria da escola, na Avenida Bahia,701E, Rio Verde. A prova será dia 12 de Dezembro.

Juara

Na Tiradentes Cabo Israel Wesley Prado de Almeida, em Juara (a 709 km de Cuiabá), a inscrição vai de 16.11 a 30.11, das 7h  às 17h , de segunda-feira à sexta-feira, com exceção dos feriados, na secretaria da escola, na Rua Bauru 1067 S, Jardim Primavera. A prova será dia 04 de Dezembro.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Pesquisadores criam tecnologia para eliminar metal cancerígeno da água

Publicado


Pesquisadores do Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (IQSC-USP) e do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (IQ-Unesp) desenvolveram uma tecnologia para filtrar e degradar, ao mesmo tempo, metal cancerígeno e corante que podem ser encontrados na água. O material é uma membrana composta de celulose bacteriana revestida por uma camada de dissulfeto de molibdênio, um metal não tóxico, que pode ser usada repetidas vezes sem perder a eficácia. A membrana percebe substâncias tóxicas que não são identificadas pelas estações de tratamento de água.

De acordo com um dos autores da pesquisa, professor Ubirajara Pereira Rodrigues Filho, do IQSC, para funcionar a membrana precisa de uma fonte de luz para fornecer energia para um dos componentes e assim estimular reações químicas que resultam na degradação dos compostos tóxicos, conforme eles se prendem na membrana. Os testes mostraram que, depois de duas horas, o material removeu 96% do corante azul de metileno e 88% do metal cancerígeno crômio. A membrana foi capaz de degradar as substâncias tanto de forma isolada como misturadas.

Segundo Rodrigues, o material tem inúmeras vantagens em relação a outros materiais. “Além de ser uma matéria-prima renovável, a celulose bacteriana permite a construção de um material mais leve, flexível, resistente, com maior durabilidade e menos suscetível a trincas. Embora nossa pesquisa ainda seja apenas uma prova de conceito e esteja em estágio inicial, é muito gratificante ter a possibilidade de proporcionar a quem desenvolve as estações de tratamento de água novas tecnologias para melhorar a qualidade de vida da população”, disse.

O autor principal da pesquisa e pós-doutorando do IQ-Unesp, Elias Paiva Ferreira Neto, explicou que há anos os contaminantes emergentes (tintas, metais, remédios, cosméticos e produtos de higiene pessoal) são um grande desafio para os cientistas, que trabalham para buscar soluções e entenderem os impactos desses compostos. Segundo Paiva, essas substâncias podem ser encontradas nos rios que abastecem os municípios, chegando até as torneiras. 

“As estações de tratamento de água precisam de equipamentos adequados para removê-los. Há uma necessidade muito grande de desenvolver novos materiais com propriedades melhoradas e com maior aplicabilidade para a remoção eficiente de uma ampla gama de poluentes da água”, afirmou. 

De acordo com ele, o estudo significa um grande avanço no desenvolvimento de tecnologias para a remoção de contaminantes orgânicos e inorgânicos da água e pode resultar em uma ferramenta importante para as estações de tratamento de efluentes das indústrias têxteis e de couro do estado de São Paulo.

“Nos próximos passos do estudo vamos testar a nova membrana para a degradação de outras substâncias, como amostras de medicamentos e pesticidas. Por se tratar de uma tecnologia simples e escalável, nós esperamos que futuramente ela possa reduzir os custos do tratamento de águas residuais e se tornar uma solução para mitigar os desafios ambientais”, ressaltou.

Edição: Fernando Fraga

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana