Rosário Oeste

Escola Plena apresenta à comunidade os resultados da produção científica dos professores

A ideia foi proporcionar à comunidade escolar a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pelos professores no processo de enriquecimento e aprendizagem do ensino

Publicado


Divulgação

Professores mostram à comunidade as atividades produzidas durante a hora função

Professores mostram à comunidade as atividades produzidas durante a hora função

A Escola Estadual Plena Elizabet Evangelista Pereira, localizada no município de Rosário Oeste (a 128 quilômetros ao Norte de Cuiabá), realizou a “1ª Mostra de Hora Função Científica dos Professores”. A ideia foi proporcionar à comunidade escolar a oportunidade de conhecer o trabalho desenvolvido pelos professores para enriquecer o processo de ensino e aprendizagem integrando o Projeto Político Pedagógico (PPP) da Escola Plena.

 

A coordenadora pedagógica Maria Célia Martins Fernandes destaca que a hora/função de 10 horas semanais para cada professor das escolas plenas é destinada para a produção pedagógica (60%) e produção científica (40%).

 

A produção pedagógica é o espaço destinado para acompanhamento e desenvolvimento de atividades para/com os estudantes que apresentam necessidades formativas, bem como para ampliação e potencialização de aprendizagens de outros estudantes. 

 

Já a produção científica é direcionada para que os professores possam organizar estudos específicos às necessidades apresentadas para o processo de ensino. É o espaço para que todos os professores criem Grupos de Pesquisas e Estudos para potencializar o atendimento das necessidades formativas dos estudantes da Escola Plena.

 

O diretor Lucas Ferreira Gomes lembra que a escola se tornou plena em 2018 e, desde então, os professores desenvolvem as propostas e atribuições dessa modalidade.

 

“Na mostra, eles destacaram a intervenção pedagógica, estratégias de leitura, como identificar e analisar as dificuldades dos alunos do ensino médio nas disciplinas de química, física e matemática e motivá-los para tornar o ensino mais agradável e atraente em sala de aula”, pontua.

 

* Seduc-MT 

Comentários Facebook
publicidade

Cuiabá

Prefeito lamenta morte do servidor aposentado Vitorino José de Carvalho

Publicado


.

Faleceu na manhã desta segunda-feira (3), o servidor aposentado a Prefeitura de Cuiabá, Vitorino José de Carvalho, aos 72 anos, vítima da Covid-19. Ele estava internado há uma semana em um hospital privado da Capital. 

Vitorino estava aposentado há pouco mais de um ano. Durante mais de 40 anos de serviço público municipal, foi responsável pela folha de pagamento dos servidores. Era diretor financeiro do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cuiabá. Deixa esposa, 3 filhos, uma filha e 5 netos. Todos eles também contraíram a doença. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

O prefeito Emanuel Pinheiro lamentou a morte do servidor aposentado e estimou melhoras a sua família. “Com um pesar enorme recebi a notícia do senhor Vitorino, um homem que teve uma vida dedicada à Prefeitura da nossa capital e, infelizmente, partiu em decorrente desse vírus que estamos tentando de todas as formas combater. Peço a Deus que o acolha e que dê o pronto restabelecimento a toda sua família”, disse.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana