MULHER

Escola deixa garoto isolado no primeiro dia de aula por conta de cabelo manchado

Publicados

em


source
Escola retirou menino da sala no rpimeiro dia de aula por conta de cabelo manchado
The Sun/Reprodução

Escola retirou menino da sala no rpimeiro dia de aula por conta de cabelo manchado

Após meses tendo aulas online por conta da pandemia de Covid-19, Jacob Lee-Stokes, de 15 anos, finalmente voltou para a escola, mas a alegria não durou muito. A história saiu no tablíde britâncio The Sun .

Jacob pintou o cabelo de rosa e azul durante o período de isolamento e depois descoloriu tudo. A pexeriência, porém, resultou em um cabelo com dois tons diferentes, um loiro mais claro e outro quase ruivo.

Ao voltar para sua escola Humberston Academy in Grimsby, na cidade Lincolnshire, proibiram o garoto de ficar com os seus colegas e o deixaram em uma sala isolada para fazer lição de casa.

A mãe de Jacob, Gemma Leaning argumentou que ela não tinha como consertar o cabelo do filho com os salões todos fechados por contad o lockdown. A escola, então, recomendou que a mãe raspasse a cabeça do menino.

“Tem muitas crianças com cabelo tingido. Algumas tem a raíz natural aparente, e por algum motivo isso naõ é aceitável para Jacob. Após meses em casa, ele vai para a escola às 8h20 e às 9h15 me ligam dizendo que ele ficará isolado durante o resto do dia”, disse Gemma, revoltada.

Você viu?

“É absudo. Eu entendo as políticas da escola e normalmente teria levado meu filho para o cabelereiro, mas isso não é possível durante o lockdown. Eu não sei o que eles esperam que os pais façam, ninguém me diria para raspar o cabelo de uma menina”, continuou.

Gemma também alega que seu filho é muito bem comportado e responsável e já está pensando qual universidade cursar. “Eu acho que precisa existir mais bom senso e menos preocupação com coisas pequenas nas escolas”, ela afirmou.

Um porta-voz do grupo escolar David Ross Education Trust se pronunciou: 

“Apesar de sermos rigorosos com o suo de uniformes, nós tempos empatia – então, por exemplo, se um aluno vem para a escola sem os itens de unforme corretos, nós disponibilizamos alguns para que ele possa vestir. Nós também temos políticas claras sobre cabelos apropriados, incluindo tingimento”.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

MULHER

10 mitos e verdades sobre micropigmentação de sobrancelhas

Publicados

em


source
Micropigmentação das sobrancelhas
Divulgação

Micropigmentação das sobrancelhas

Quando o assunto é o procedimento de micropigmentação nas sobrancelhas não faltam dúvidas na cabeça da maior parte das mulheres. Algumas delas são bem frequentes, como a exposição ao sol, tempo de retoque, alergias, etc. Para esclarecer esses e outros pontos sobre micropigmentação de sobrancelhas, a especialista em microblanding (tipo de maquiagem semipermanente), Priscilla Kajihara explica a seguir o que é mito e o que é verdades sobre o procedimento. Confira!

O procedimento pode ser feito em qualquer pessoa.

Mito. Há algumas restrições sim. É necessário, por exemplo, que a pessoa seja maior de idade para fazer micropigmentação. Há restrição também para gestantes e lactantes. Pessoas que estão fazendo tratamento quimioterápico necessitam autorização médica.

O procedimento pode dar alergia.

Mito. Isso é realmente muito raro. Hoje em dia os pigmentos usados são anti-alérgicos oferecendo muita segurança para utilizá-los.

Os pelos da região caem após o procedimento.

Mito. Acontece ao contrário, a área onde é feita a micropigmentação é estimulada promovendo irrigação sanguínea, o que estimula o crescimento dos fios.

Pessoas que fizeram micropigmentação não devem se expor ao sol.

Verdade. Sim, o sol é o maior inimigo da micropigmentação e pode comprometer negativamente no resultado do procedimento enquanto estiver em processo de cicatrização, por isso ele deve ser evitado ao máximo.

Você viu?

O procedimento é muito dolorido.

Mito. A dor é bem suportável e varia muito de pessoa para pessoa. Mas no geral é aplicado um anestésico tópico que ajuda muito na dor fazendo com que o procedimento seja bem tranquilo.

As pessoas que sofrem de alopecia podem fazer sem restrição.

Verdade. Sim, podem fazer sem restrição. Já fiz muitos procedimentos de sobrancelhas com alopecia em homens e mulheres com resultados muito bons.

Micropigmentação é para sempre e não exige retoque.

Mito. O retoque é necessário para a finalização do procedimento e é feito entre 30 a 90 dias. Após este período não é considerado retoque, seria manutenção que é feita entre seis a oito meses ou até mesmo refazer toda a sobrancelha a partir de um ano.

O procedimento é muito demorado.

Mito. Cada procedimento leva em média 2 horas, mas dependendo da técnica usada esse tempo pode aumentar.

Os pelos naturais devem ser retirados para o procedimento.

Mito. Os pelos da cliente não serão todos arrancados. Somente os pelinhos que estiverem fora do desenho após feita a simetria do rosto é que serão retirados. Quanto mais pelos naturais forem usados, melhor e mais natural será o resultado.

É possível fazer micropigmentação em outras regiões, como a boca.

Verdade. Hoje no mercado há técnicas para tudo, sobrancelhas, olhos, boca a scalp, cicatrizes, estrias e mamilos. Técnicas de fios, sombreados, degradês e pontilhados estão sendo usadas para realçar a beleza sem perder a naturalidade.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana