mato grosso

Escola aposta em projeto de mídias digitais para desenvolver protagonismo dos estudantes

Publicados

em


A Escola Estadual Gustavo Kulmann, em Cuiabá, inicia projeto de Mídias Digitais na Escolas com o Webnário Cibercultura e o Uso das Mídias Digitais Educacionais. O foco do trabalho é desenvolver de maneira interdisciplinar as habilidades elencadas nas Base Nacional Comum Curricular (BNCC) em cada ano exercitando a resolução de problemas e o protagonismo do aluno.

A coordenadora pedagógica Edineia Elaine Cardoso Santana destaca que nesse momento de pandemia o principal meio de passatempo dos alunos é o uso da internet e das mídias e, por isso, é importante que a escola seja mentora dos alunos em saber como usar esses recursos com reflexão, criticidade e responsabilidade. 

“O tema do Webnário é o pontapé inicial do Projeto que começa agora e daremos continuidade no ano de 2021. Afinal o ano letivo ainda não findou e queremos continuar inovando. Nesse projeto iremos utilizar as mídias digitais como meios de comunicação, a produção e distribuição de conteúdo principalmente podcast (programa de rádio gravado e que o ouvinte pode escutar quando quiser)”, assinala Edinéia.

A coordenadora acrescenta que o projeto vai trabalhar com produções escritas como os editoriais e classificados que enalteçam o que a comunidade escolar pode oferecer ou melhorar na vida dos estudantes.

A ideia do projeto surgiu após a coordenadora pedagógica observar as aulas online realizadas com os alunos dos sextos anos. Durante o acompanhamento, Edinéia percebeu o protagonismo dos alunos no uso das mídias digitais e como eles se desenvolveram nas aulas online, que incluem produções de vídeos, áudios, argumentações, criatividade nas resoluções das atividades proposta pelas professoras de algumas disciplinas.

A primeira transmissão envolvendo alunos, professores e comunidade escolar ocorreu na última quarta-feira (09.12) pelo canal do You tube da escola. “Foi um bate-papo sobre como as mídias digitais podem contribuir com a educação e como tirar o melhor proveito dela com sabedoria”, define a coordenadora.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Mato Grosso registra 342.243 casos e 9.031 óbitos por Covid-19

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (17.04), 342.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 9.031 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.169 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos  342.243 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 11.631 estão em isolamento domiciliar e 319.484 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 513 internações em UTIs públicas e 475 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 96,61% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (72.681), Rondonópolis (25.516), Várzea Grande (22.409), Sinop (17.959), Sorriso (12.304), Tangará da Serra (11.393), Lucas do Rio Verde (11.005), Primavera do Leste (9.771), Cáceres (7.351) e Alta Floresta (6.498).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link. 

O documento ainda aponta que um total de 303.006 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.273 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (16), o Governo Federal confirmou o total de 13.832.455 casos da Covid-19 no Brasil e 368.749 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 13.746.681 casos da Covid-19 no Brasil e 365.444 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (17).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana