Sinop

Empresário de Mato Grosso é alvo da operação “Fake News” da Polícia Federal

Marcelo Stachin é um dos principais defensores do presidente Jair Bolsonaro no Estado. Recentemente, participou de atos alusivos ao Aliança Pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente da República e também esteve num acampamento de apoio ao presidente em Brasília.

Publicado

O empresário de Sinop, Marcelo Stachin é alvo da operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (27.05) como parte de investigação contra “fake news” no Brasil. É o único mandado cumprido em Mato Grosso.

Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão no âmbito do procedimento, presidido pelo ministro Alexandre de Moraes. Além de Mato Grosso, as ordens judiciais estão sendo cumpridas no Distrito Federal, no Rio de Janeiro, em São Paulo, no Paraná e em Santa Catarina.

Stachin é um dos principais defensores do presidente Jair Bolsonaro no Estado. Recentemente, participou de atos alusivos ao Aliança Pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente da República e também esteve num acampamento de apoio ao presidente em Brasília.

No início de maio, gravou um vídeo ao lado do também bolsonarista Paulo Felipe, que falava em invadir o Congresso e o STF (Supremo Tribunal Federal). “No dia 8 de maio, teremos pelo menos 300 caminhões, com muitos militares da reserva vindo para cá em Brasília, para nós darmos cabo nesta patifaria que está estabelecida no país tem 35 anos ela casa maldita que é o Supremo Tribunal Federal, com onze gangster que tem destruído a nossa nação aliados ao Foro de São Paulo e ao narcotráfico internacional”, diz o manifestante.

OUTROS ALVOS

A operação deflagrada por decisão do ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), tem alguns alvos famosos no Brasil. Entre eles, está o ex-deputado federal Roberto Jeferson e o empresário Luciano Hang, dono da Havan.

Confira abaixo todos os alvos da operação:

Deputados que serão ouvidos

Federais

Beatriz Kicis (PSL- DF)

Carla Zambelli (PSL-SP)

Daniel Lúcio da Silveira (PSL-RJ)

Filipe Barros Baptista de Toledo Ribeiro (PSL-PR)

Geraldo Junio do Amaral (PSL-MG)

Luiz Phillipe Orleans e Bragança (PSL-SP)

Estaduais

Douglas Garcia Bispo dos Santos (PSL-SP)

Gil Diniz (PSL-SP)

Em Brasília:

Allan dos Santos – blogueiro do site bolsonarista Terça Livre

Sara Winter – ativista bolsonarista

Winston Rodrigues Lima – capitão da reserva e youtuber

No Rio de Janeiro:

Paulo Gonçalves Bezerra – endereços em Campo Grande, Volta Redonda e Itaguai

Reynaldo Bianchi Junior

Roberto Jefferson Monteiro Francisco – presidente do PTB

Em Santa Catarina:

Luciano Hang – três endereços, dois em Brusque e um em Balneário Camboriú

No Paraná:

Bernardo Pires Kuster – endereços em Ibiporã e Londrina

Eduardo Fabres Portella

Mato Grosso:

Marcelo Stachin

Em São Paulo:

Edgard Gomes Corona – dois endereços em São Paulo

Edson Pires Salomão – alvo de buscas no endereço do gabinete do deputado Douglas Garcia, na Alesp

Enzo Leonardo Suzi Momenti

Marcos Dominguez Bellizia – dois endereços em São Paulo

Otavio Oscar Fakhoury – três endereços em São Paulo

Rafael Moreno

Rodrigo Barbosa Ribeiro – dois endereços em Araraquara e endereço no endereço do gabinete do deputado Douglas Garcia, na Alesp

Comentários Facebook
publicidade

POLÍCIA FEDERAL

PF e forças de segurança realizam apreensão de caminhão com carregamento ilícito de cigarros paraguaios

Publicado


.

Guaíra/PR – Na madrugada de quinta feira, dia 09/07, mais uma grande apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON e COE/BOPE da PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

 Durante patrulhamento de rotina na zona rural de Guaíra/PR, policiais desta integração visualizaram movimentação suspeita em propriedade rural da região e resolveram realizar aproximação para fiscalização.

 Na tentativa de abordagem, os policiais realizaram acompanhamento tático de um caminhão, mas os criminosos empreenderam fuga em meio à plantação de milho, não sendo localizados. Foram apreendidos um caminhão Mercedes Benz 1113 * e aproximadamente *500 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para os procedimentos de praxe.

 

 

Comunicação Social PF/Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

 

Comunicação Social BPFRON/PMPR

Disque denúncia: (41) 9106-6815

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana