AGRO & NEGÓCIO

Embrapa vai comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente com fórum online

Publicado


.

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido na Conferência de Estocolmo, na Suécia, pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) em dezembro de 1972. Celebrado anualmente no dia 5 de junho, catalisa a atenção e ação política de povos e países para aumentar a conscientização da população mundial sobre as questões ambientais, principalmente aquelas que dizem respeito à preservação ambiental. Nesta data são realizados eventos no mundo todo, como palestras, campanhas educativas, seminários, workshops, documentários, encontros, entre outros, com o propósito de chamar a atenção das pessoas para este importante tema.

Em comemoração à data e em sintonia com sua missão de promover a sustentabilidade da agricultura brasileira, a Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), vai realizar o Fórum Agricultura e Meio Ambiente 2020 no dia 5 de junho, das 10h30 às 12h, com transmissão pelo canal da Embrapa no YouTube.

Como os fatores ambientais exercem grande influência nas atividades agrícolas e as boas práticas de uso da terra refletem na qualidade do meio ambiente, o tema do evento é de grande importância para o agronegócio brasileiro. Conforme explica o chefe geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo Morandi, “o evento pretende reforçar a importância da integração que deve existir entre o meio ambiente e a agricultura tropical, com base em ciência”. Pretende, ainda, destacar o papel da Embrapa no desenvolvimento sustentável, sendo a inovação um dos pilares da Empresa.

Para Morandi, “esse dia nos traz a oportunidade de discutir temas relevantes da sinergia da agricultura com a preservação e o papel da inovação na agregação de valor e reconhecimento das externalidades do agronegócio brasileiro. Isso é fundamental para consolidar e aprofundar o entendimento da sustentabilidade como ativo ambiental, econômico e social. Especialmente neste momento que vemos uma mudança global de atitude frente à seriedade da segurança alimentar e da estabilidade ambiental do planeta”.

A programação inclui uma mensagem por vídeo da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina e a abertura pelo presidente da Embrapa, Celso Moretti.

A discussão técnica será reforçada por importantes nomes do agro, como o professor Marcos Fava Neves da Faculdade de Economia e Administração da USP e Marcello Brito, presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), e mediada pelo jornalista José Luiz Tejon.

Programação

Abertura  presidente da Embrapa, Celso Moretti

Mensagem da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina (por vídeo)

Apresentação das ações da Embrapa Meio Ambiente e introdução do tema, chefe-geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo Morandi

Introdução às discussões  Moderador, jornalista José Luiz Tejon Megido

Palestra 1: Agricultura e Meio Ambiente: integração e sinergia, Marcos Fava Neves, professor FEA/USP

Palestra 2: Inovação em Agricultura e Meio Ambiente para a sustentabilidade, Marcello Brito, presidente ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio)

Debate

Encerramento

Marcos Fava Neves possui graduação em Engenharia Agronômica pela Esalq/Universidade de São Paulo (1991), Mestrado (1995) e Doutorado (1999) em Administração pela FEA/Universidade de São Paulo. No Mestrado fez disciplina no IGIA França e no Doutorado ficou em 1998/99 na Universidade de Wageningen, Holanda. É Professor Titular dos cursos de Administração da FEA-RP/USP desde 1995 e da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas, desde 2018. Professor visitante internacional da Purdue University (Indiana) desde 2013, da Universidade de Buenos Aires desde 2006 e da Universidade de Pretoria desde 2020. É especialista em planejamento estratégico e membro do Conselho da Associação Mundial de Alimentos (IFAMA). Publicou mais de 50 livros com sua equipe em 10 países e mais de 100 artigos em revistas científicas internacionais.

Marcello Brito é formado em Engenharia de Alimentos pela Unifeb de Barretos, SP. Possui especializações em Responsabilidade Social e o Terceiro Setor pela Fundação Instituto de Administração, MBA em Comércio Internacional pela FIA/USP e mestrado em Estratégia de Administração, Ciência e Gestão do Comércio Internacional pelo Instituto de Administração e Economia da Universidade Pierre Mendes em Grenoble, França, entre diversos outros cursos e especializações em âmbito nacional e internacional na área de sustentabilidade. Atuou no setor de óleos vegetais há mais de 30 anos, foi diretor de sustentabilidade e posteriormente CEO na Agropalma. É membro do conselho consultivo do fórum mundial de bioeconomia, da BlackJaguar Foundation e da Conservação Internacional (CI Brasil). Em janeiro de 2019, assumiu o cargo de Presidente do Conselho Diretor da ABAG (Associação Brasileira do Agronegócio) e, desde então, tem se aproximado significativamente do trabalho da Coalizão, tendo se tornado um dos porta-vozes da campanha Seja Legal com a Amazônia. Em 2020 assume a cofacilitação do movimento.

José Luiz Tejon Megido é professor e doutor em Educação. Mestre em arte e cultura pela Universidade Mackenzie. É jornalista, escritor e publicitário com especializações na Pace University, MIT, Harvard e Insead. Coordenador do FAM (Food Agribusiness Management), Audencia França e Fecap SP. Membro do Cosag, Fiesp e CCAS. Membro do CIGA (Colaborative Institute Agribusiness Global) e Conselheiro da Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo. É também comentarista da Rede Jovem Pan.

Mais informações: https://www.embrapa.br/meio-ambiente/forum2020

 

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
publicidade

AGRO & NEGÓCIO

Palestra Irrigação e Fertirrigação em Macieira

Publicado


Uma pequena cochonilha que ataca as raízes da videira e que foi culpada por muito tempo pela morte de grandes áreas de vinhedos: essa é a pérola-da-terra, tema que será abordado pelo pesquisador da Embrapa Uva e Vinho Marcos Botton na próxima quinta-feira, dia 22 de outubro, às 18h, no Canal da Embrapa no Youtube. A palestra integra a série dedicada a celebrar os 45 anos da unidade de pesquisa da Embrapa, que é localizada em Bento Gonçalves (RS).

Esse pequeno inseto natural do Rio Grande do Sul vem sendo estudado pelo pesquisador desde que ele ingressou na Embrapa, no ano de 1997. Ao longo desse período, muitas foram as pesquisas realizadas e as descobertas, que permitem aos produtores conviverem com o inseto nas áreas infestadas. Além de conferir todos os detalhes da bioecologia do inseto na cultura da videira, os participantes poderão esclarecer suas dúvidas com o palestrante no chat da transmissão.

Serviço:
Palestra: Irrigação e Fertirrigação em macieira
Data: 29 de outubro
Horário:18h
Transmissão no canal do Youtube da Embrapa

 

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana