CIDADES

Embrapa lança obra sobre dinâmica agropecuária e da paisagem natural no Brasil

Publicados

em


.

No Brasil, a produção agropecuária é estratégica para a segurança alimentar, a geração de biocombustíveis e no uso que faz a indústria farmacêutica. Também é primordial para a economia interna e de exportação. As atividades agrícolas regionais podem variar ao longo do tempo, em função de características econômicas, técnicas, políticas, infraestruturais, logísticas, históricas, culturais e ambientais, influenciando na geração de demandas e oportunidades.

Para orientar no conhecimento dessas variações no território brasileiro, a Embrapa lança a publicação “Dinâmica da Produção Agropecuária e da Paisagem Natural do Brasil nas últimas décadas”.

 “Levantamentos periódicos nacionais têm possibilitado o acesso a dados sobre o País em diversas escalas geográficas e temporais, mas há carência de informações integradas abrangendo a variação espaço-temporal de características multidisciplinares do território brasileiro, com abordagens em diversas escalas”, explica a editora e coordenadora técnica da publicação Elena Charlotte Landau, pesquisadora da Embrapa Milho e Sorgo.

“A obra inclui análises padronizadas sobre a evolução da agropecuária e da paisagem natural do ponto de vista quantitativo, reunindo dados sobre a variação geográfica de aspectos das áreas rurais do Brasil. São informações referentes a 33 culturas agrícolas, silvicultura, pastagem, bovinocultura, avicultura, suinocultura e apicultura. Aborda também temas como agricultura familiar, agricultura orgânica, uso de agrotóxicos, agricultura irrigada, serviços ambientais, cobertura vegetal, Cadastro Ambiental Rural e Zoneamento de Risco Climático. Adicionalmente, apresenta características demográficas, econômicas, sociais e ambientais relevantes para auxiliar no estudo integrado da dinâmica da agropecuária e da paisagem natural nas últimas décadas no País”, relata a pesquisadora.

“A análise integrada de mudanças no espaço rural permite auxiliar em futuras tomadas de decisões estratégicas de planejamento adequado de programas governamentais e políticas públicas, e no direcionamento de pesquisas e investimentos baseados numa visão mais ecossistêmica e abrangente da realidade”, cita Charlotte.

A obra está organizada em quatro partes. O Volume 1 apresenta dados sobre o “Cenário Histórico, Divisão Política, Características Demográficas, Socioeconômicas e Ambientais”. O Volume 2 mostra a variação geográfica da produção de importantes “Produtos de Origem Vegetal”, e o Volume 3, dos principais “Produtos de Origem Animal e da Silvicultura”. Já o Volume 4 reúne aspectos sobre os “Sistemas Agrícolas, Paisagem Natural e Análise Integrada do Espaço Rural”.

No total, os quatro volumes têm 57 capítulos e 2.171 páginas. A obra reúne contribuições de especialistas de várias áreas do conhecimento. São 28 autores de capítulos e 17 autores de imagens. Entre os autores de capítulos há pesquisadores de diversas Unidades da Embrapa, professores da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e da Universidade Federal de Minas Gerais  (UFMG) e um analista de Ciência & Tecnologia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; além de graduandos, mestrandos e doutorandos de diversas universidades.

Temas estratégicos da Embrapa e Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

A obra apresenta resultados relacionados à metade dos portfólios ou temas estratégicos de pesquisa da Embrapa, reunindo capítulos alinhados principalmente com três desafios de inovação propostos pela Empresa baseados em megatendências identificadas no documento “Visão 2030”

Entre os Desafios de Inovação definidos no âmbito do portfólio “Inteligência, Gestão e Monitoramento Territorial”, está incluído o conhecimento da “dinâmica territorial das cadeias produtivas de grãos, fibras, biocombustíveis, proteína animal, madeireira/celulose como apoio à definição e monitoramento de políticas públicas”; o portfólio “Serviços Ambientais” prevê uma “abordagem integrada de dados espaço-temporais e alterações na dinâmica de serviços ambientais em diversos biomas”; e o portfólio “Agricultura Irrigada” abrange a organização de dados por meio de geotecnologias e tecnologias da informação para contribuir no “planejamento e gestão do uso da água em áreas irrigadas”.

A publicação também contribui para o atendimento de diversos objetivos da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Destacam-se, principalmente, o Objetivo 10: “Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles”; o Objetivo 2: “Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável”; e o Objetivo 15: “Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação de terra e deter a perda de biodiversidade”.

“Nosso objetivo é auxiliar profissionais, estudantes, gestores e público interessado a conhecer aspectos do território nacional, e subsidiar o planejamento adequado de estratégias territoriais, políticas públicas e futuras tomadas de decisões em prol da sustentabilidade e melhoria da qualidade de vida no Brasil”, destaca Charlotte.
Esta pesquisa foi realizada com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Agência Nacional de Águas (ANA) e da Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento (Faped).

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Propaganda

Horóscopo do dia: previsões para 20 de junho de 2021

Publicados

em


source
Mandala
Marcelo Dalla

O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente


ÁRIES 

Continue a abrir espaço na vida para uma nova ideia, novos amigos ou novos lugares. É tempo de renovar e reciclar áreas de sua vida que estejam estagnadas. É importante também estar disposto a fazer algumas concessões, caso seja necessário. A Lua ingressa em Escorpião e desafia Marte: cuidado com a impaciência e a agressividade. O céu favorece correções, curvas, profundidade de mergulhos nas questões que devem ser transformadas. O que deve ser modificado e o que deve ser preservado? 


TOURO  

O período traz potencial transformador, se estiver disposto a mergulhar em sua alma, deixar o orgulho de lado e rever padrões. Você pode eliminar de vez o que vai mal, o que acarreta prejuízos em sua vida pessoal ou profissional. A Lua ingressa em Escorpião: tudo se intensifica, vale escolher melhor suas companhias e os assuntos onde coloca sua energia. A estratégia é tomar iniciativas e ações mais intuitivas, expressar de forma consciente e saudável suas necessidades emocionais. 

GÊMEOS 

A Lua ingressa em Escorpião para ajudá-lo a pesquisar, investigar, descobrir respostas e obter diagnósticos. Procure interiorizar-se para absorver suas propriedades de cura e transformação. Se o momento é de estudo ou pesquisa, aproveite para aprofundar. Você pode também avaliar o quanto avançou até agora e estipular as próximas metas. Continue a organizar-se e priorizar assuntos, pois se atirar em todas as direções pode desperdiçar as novas possibilidades que se apresentam. 

CÂNCER 

É tempo de recolhimento, curas, revisões e aperfeiçoamentos. A Lua ingressa em Escorpião, favorecendo mergulhos mais profundos em sua alma. As ideias inspiradas, a meditação, a imaginação e os assuntos ligados à espiritualidade estão em destaque. No período da tarde, Lua e Marte pedem cuidado com a impulsividade e a impaciência. Aproveite para reservar momentos de introspecção, junto à natureza ou em silêncio, paz e tranquilidade. É bom lembrar: até seu aniversário é importante descansar mais, respeitar seus limites energéticos.

LEÃO  

A Lua cresce em Escorpião, favorecendo a coragem para investigações e transformações. Mercúrio ainda segue retrógrado, cuidado com erros e mal entendidos. Melhor ganhar tempo para clarear dúvidas, antes de tomar grandes decisões. Vale ir mais fundo em tudo o que se propuser a fazer. Busque diagnósticos, atualize informações em várias fontes, pesquise, encaminhe seus projetos sem ansiedade. Evite decisões apressadas e impulsivas, procure promover aprofundamentos e análises para que tudo funcione melhor. 

VIRGEM 

Você viu?

Procure movimentar-se para liberar a energia acumulada. Exercite o corpo, alongue-se, procure cultivar autoestima e tranquilidade. A Lua ingressa em Escorpião, Você pode mudar, libertar-se, deixar para trás assuntos que já não tem mais sentido. Mas ao mesmo tempo, procure valorizar suas conquistas, perceber a necessidade de dar continuidade aos assuntos que pedem perseverança. Ainda há risco de percepções distorcidas e enganos. Por isso é muito importante desacelerar para conectar-se com sua intuição.

LIBRA 

Evite atritos com o sexo oposto, pois as emoções podem ficar exacerbadas. Com a Lua em Escorpião tudo se torna mais intenso e profundo. É melhor cultivar autonomia e independência para mudanças, reformulações, correções. É importante agora investir na intuição e na profundidade para compreender a si mesmo e os outros. Com Mercúrio em movimento retrógrado, continue a revisar velhos conceitos, repensar ideias e aprimorar projetos. Aprofunde seus conhecimentos e elimine o que não condiz com seu crescimento. 

ESCORPIÃO 

A Lua entra em seu signo: você fica mais sensível e intuitivo. Seu poder investigativo e sua capacidade de análise se ampliam. As emoções transbordam. Ao invés de reprimir os sentimentos, procure olhar para eles, a fim de eliminar o que não serve mais. Momento bom para meditar, refletir… iluminar as sombras, as sabotagens, os padrões emocionais que o impedem de viver o amor e manifestar abundância em sua vida. Assim pode renovar, transformar, curar, perdoar a si mesmo e aos outros. 

SAGITÁRIO 

Procure respeitar o tempo certo das coisas, observar, refletir, estudar, aprofundar assuntos antes de emitir críticas ou julgamentos. Com a Lua em Escorpião, as emoções se intensificam. Limpezas são operadas. É importante cultivar o desapego, muita coisa pode e deve ser transformada. As emoções, a sensibilidade, a fé e a conexão com os mundos sutis ganham destaque. Com recolhimento, meditação e reflexão, você pode perceber o que deve ser curado para que possa manifestar mais prosperidade em sua vida. 

CAPRICÓRNIO 

Período de compreensões, reflexões, curas e limpezas importantes. A Lua crescente ingressa em Escorpião: as emoções ficam mais intensas e exaltadas, prefira atividades mais tranquilas. Atenção na parte da tarde: Lua e Marte se desentendem, procure pegar mais leve para evitar a impaciência. Não é hora de grandes investimentos, a não ser que tudo esteja bem planejado e estruturado. Procure aproveitar melhor seus recursos. Você pode também investir em aprendizados, no aprimoramento de técnicas e tecnologias.

AQUÁRIO 

É tempo de analisar, investigar, meditar, compreender e desfazer pontos confusos. A Lua ingressa em Escorpião, inspirando o renascimento, indicando sensibilidade e perspicácia para que possa enxergar além e chegar ao fundo de qualquer questão. Ao avaliar uma situação, você pode ter novas ideias e percepções. Pode também eliminar de vez o que já não condiz com sua consciência. O clima deve ser de mais intimidade entre as pessoas que se amam, aproveite para expressar-se de uma forma mais afetuosa.

PEIXES 

O Sol se despede de Gêmeos, enquanto a Lua ingressa em Escorpião: cultivar paixão, interesse e profundidade é importante, seja social ou profissionalmente. Mercúrio ainda segue retrógrado: muitos assuntos necessitam de clareza. A atenção deve ser redobrada. Se for para falar, que seja para desfazer confusões, curar, animar e inspirar. Esteja aberto para entrosar-se com as pessoas, pesquisar e desfazer dúvidas. Vale reservar também momentos de recolhimento para meditação e práticas espirituais. 

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana