AGRO & NEGÓCIO

Embrapa Caprinos e Ovinos promove venda de animais do seu rebanho

Publicados

em


A Embrapa Caprinos e Ovinos coloca à venda 44 animais caprinos machos destinados a corte, sendo 31 da raça Anglo Nubiana; 11 da raça Moxotó e 02 da raça Canindé. Os caprinos estão divididos em dois lotes, o primeiro com 23 animais castrados e o segundo com 21 animais inteiros.

As propostas de compra serão realizadas em função do valor pago no quilo do animal vivo, utilizando como referência o valor do quilo vivo divulgado no Centro de Inteligência da Embrapa Caprinos e Ovinos no mês de março/2022. As informações podem ser acessadas clicando aqui.

Os animais estarão disponíveis para visitas do dia 26 de abril de 2022 ao dia 3 de maio de 2022, nas instalações da Embrapa Caprinos e Ovinos. A entrega das propostas de compra será dia 4 de maio de 2022. Nesta data também será feita a abertura das propostas e a homologação do resultado.

Para agendar a vistoria aos lotes e para outras informações, os interessados devem entrar em contato com os seguintes representantes da Embrapa:

Thiago Mesquita – e-mail: [email protected]; telefones: (88) 3112.7443 e (88) 99240.9325

José Wilson Tavares Bezerra – e-mail: [email protected]; telefones: (88) 3112.7493 e (88) 99701.4000

Edilson Mendes de Almeida – e-mail: [email protected]; telefones: (88) 3112.7419 e (88) 99601.9829

Marcílio Frota – e-mail: [email protected]; telefones: (88) 3112.7443 e (88) 999380725

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Propaganda

AGRO & NEGÓCIO

Rendimentos de trigo produzidos na Ucrânia podem ser reduzidos, enquanto os de milho podem aumentar

Publicados

em

A unidade de pesquisa agrícola SovEcon da Rússia reduziu seu rendimento de grãos ucraniano em 2022 em 1,4 milhão de toneladas, para 20,7 milhões de toneladas. Na temporada de 2021, o valor total registrado foi de 32,2 milhões de toneladas.

Em termos de safra de milho do país, a consultoria aumentou sua previsão em 1,1 milhão de toneladas, para 28,1 milhões de toneladas ante 42,1 milhões de toneladas até 2021.

De acordo com Andrey Sizov, analista do mercado de trigo da região do Mar Negro e diretor da SovEcon, em um relatório enviado aos clientes, os rendimentos do trigo são baixos nas áreas devastadas pela guerra. Soma-se a isso o baixo rendimento de grãos devido à falta de chuvas. “Grande parte das áreas semeadas recebeu apenas 60% e 80% da precipitação normal durante os últimos meses”, disse.

Odessa, uma cidade costeira da Ucrânia na costa do Mar Negro, recebeu menos de 50% das chuvas. “A produtividade atual de cevada de inverno na região, com queda de 50% em relação à temporada anterior, indica que a produção de trigo também provavelmente será baixa”, disse ele.

Por outro lado, a produtividade média do milho aumentou para 6,10 toneladas/hectare de 5,86 toneladas/hectare, e a disponibilidade de insumos agrícolas superou as expectativas.

As condições climáticas são um tanto quanto desfavoráveis devido a ausência de chuvas, lembrou Sizov.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estima que a safra de trigo da Ucrânia seja de 21,5 milhões de toneladas e a de milho seja de 25,0 milhões de toneladas.

Fonte: Agroplus.tv

Fonte: AgroPlus

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana