Cuiabá

Emanuel Pinheiro lamenta morte do ex-prefeito de Barão de Melgaço, João Batista Rodrigues Alves

Publicados

em


Reprodução

Clique para ampliar

Com profundo pesar, o prefeito Emanuel Pinheiro lamenta a morte do ex-prefeito de Barão de Melgaço por dois mandatos, João Batista Rodrigues Alves, aos 81 anos, nesse sábado (12), em decorrência de complicações pulmonares. Ele era pai do também ex-prefeito da cidade e ex-vereador por Cuiabá, Marcelo Ribeiro. 

“João Batista era um grande amigo da nossa família. Eu e Marcelo, seu filho,  atuamos juntos na mesma legislatura na Câmara de Cuiabá. Meus sinceros sentimentos e de toda minha família a todos diante dessa irreparável perda. Um homem querido, que deixa um legado pautado pela boa ética de se fazer política e honestidade. Exemplo para todos nós. Descanse em paz”, disse Pinheiro. 

O sepultamento está marcado para acontecer neste domingo (13), no Cemitério da Piedade, na capital. O horário não foi informado. 

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher promove roda de conversa com foco na melhoria dos entendimentos

Publicados

em

A Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica do município de Cuiabá realizou nesta quarta-feira (17) a roda de conversa “Conhecendo a rede de enfrentamento. A violência contra a mulher em Cuiabá”. O grupo é formado por representantes das secretarias municipais da Mulher, de Educação, e também de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência.

O objetivo do evento foi articular os diferentes setores, visando ampliar e melhorar a qualidade do atendimento e encaminhamento adequado dos casos de violência doméstica, por meio do debate sobre políticas públicas de humanização. Nas reuniões técnicas, os participantes da Rede também discutem os casos, formas, e os serviços oferecidos, além da capacitação dos servidores que trabalham diretamente com famílias.

Para a secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira, a meta é aprimorar e qualificar a Rede sob a perspectiva do trabalho em conjunto. Ela destacou que esta parceria foi construída e vem sendo fortalecida ao longo dos anos, o que, segundo ela, demonstra que a gestão Emanuel Pinheiro tem sido sensível e se preocupa com este assunto.

“Aqui estão servidores de toda rede de assistência social. Nós tivemos várias rodas de conversa ao longo do ano e, com o novo concurso, muitas mudanças aconteceram, novos profissionais chegaram para somar. Por isso, este é um momento oportuno para que possamos capacitar e fazer com que esses servidores repliquem nas suas unidades de trabalho as informações colhidas”, afirmou.

De acordo com a secretária da mulher, Cely Almeida, é fundamental reunir a rede de apoio, para que discussões e políticas públicas efetivas sejam desenvolvidas. Ela ainda enfatizou que é preciso encorajar e empoderar a mulher que se encontra em uma situação de violência. “Não queremos que a mulher que já foi vítima de violência se afaste. Queremos mostrar que estamos à disposição para o que precisar e que oferecemos a ela toda uma equipe de apoio”, relatou.

Conforme a assessora de Políticas Públicas para Mulheres, Elaine Aparecida, a rede consiste em possibilitar que todos os equipamentos do Município estejam aptos para atender às mulheres vítimas de violência. “Se a mulher vítima de violência procurar atendimento no CREAS ou demais atores que integram a Rede, será orientada como proceder e, automaticamente, encaminhada para a Saúde e outros órgãos públicos caso seja necessário”, exemplificou Elaine.

Segundo a psicóloga Marialice Mundim, essa construção de uma rede de enfrentamento à violência contra mulher é extremamente importante e vem ao encontro do que uma gestão humanizada prioriza. Ela reforçou ainda que essa forma de atuação proporciona enormes avanços para as famílias que ainda vivem nesse ciclo de violência.

“Temos uma rede protetiva integrada, capacitada e extremamente engajada, o que nos proporciona avançar em união e definição de fluxo, nos capacitando para oferecer cada vez mais atendimento, acolhimento e proteção para estas mulheres “, concluiu Marialice.

Também estiveram presentes no evento a delegada titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), Jozirlethe Criveletto, a Defensora Pública de Mato Grosso, Rosana Leite, Tenente Coronel PM Emirella Martins, Secretária-adjunta Municipal de Educação, Débora Marques Vilar, A juíza da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá, Ana Graziela Vaz, representantes da Secretaria Municipal de Saúde e Espaço de Acolhimento da Mulher.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana