economia

Em um dia, Sunwing Airlines recebe dois Boeing 737 MAX

Publicados

em


source

Contato Radar

Em um dia, Sunwing Airlines recebe dois Boeing 737 MAX
Guilherme Dotto

Em um dia, Sunwing Airlines recebe dois Boeing 737 MAX

Na última quarta-feira (03), a Sunwing Airlines, companhia canadense de baixo custo, recebeu duas aeronaves Boeing 737 MAX 8 arrendados pela Air Lease Corporation.

Os jatos matriculados como C-FTXE e C-FTXF que possuem 1,8 e 1,7 anos de idade respectivamente, decolaram de Seattle (BFI), aeroporto onde está localizada a instalação da fabricante norte-americana e onde estavam estocados.

O B737 MAX de matrícula C-FTXE decolou de Seattle às 11h00 e cumpriu o voo até Vancouver (YVR) em 36 minutos. Já seu irmão C-FTXF, decolou às 10h42 e cumpriu o voo 3h55 até Toronto (YYZ).

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Você viu?

“A nova aeronave oferece tecnologia avançada, conforto e economia de combustível e, sem dúvida, oferecerá aos clientes da Sunwing Airlines uma experiência de viagem aprimorada quando forem colocados em serviço comercial.”

disse Mark Williams, presidente da Sunwing Airlines

A Sunwing possui 18 aeronaves em sua frota, composta por 12 Boeings 737-800 e 6 Boeings 737 MAX 8.

O post Em um dia, Sunwing Airlines recebe dois Boeing 737 MAX apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Comentários Facebook
Propaganda

economia

Lucro do Banco do Brasil aumenta 32% no primeiro trimestre

Publicados

em


O Banco do Brasil (BB) teve lucro líquido contábil de R$ 4,226 bilhões no primeiro trimestre, segundo balanço divulgado hoje (6) à noite. O valor representa alta de 31,9% em relação aos R$ 3,199 bilhões registrado no mesmo período de 2020.

O lucro líquido ajustado do banco, que exclui receitas e gastos extraordinários, totalizou R$ 4,913 bilhões nos três primeiros meses de 2021. O montante é 44,7% maior que o observado no primeiro trimestre de 2020.

Indicador que mede a lucratividade dos bancos, o retorno sobre o patrimônio líquido também registrou melhora. A proporção ficou em 15,1%, melhor que os 12,1% registrados no último trimestre de 2020 e que os 12,5% no primeiro trimestre do ano passado.

A receita com prestação de serviços somou R$ 6,9 bilhões, com queda de 3% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. Em nota, o Banco do Brasil informou que o recuo decorre “do atual momento macroeconômico e da dinâmica de negócios na rede”.

Carteira de crédito e inadimplência

A carteira de crédito ampliada do BB somou R$ 758,3 bilhões no primeiro trimestre, alta de 4,5% em relação aos três primeiros meses do ano passado. A inadimplência superior a 90 dias atingiu 1,95% no fim de março. Apesar de registrar leve alta em relação ao fim de dezembro, quando estava em 1,9%, o índice está abaixo dos 3,17% registrados em março do ano passado.

Esse é o primeiro balanço divulgado pela gestão do novo presidente do BB, Fausto de Andrade, que assumiu o comando da instituição financeira em março. Andrade substituiu André Brandão, que pediu demissão do cargo após instituir um programa de fechamento de 361 pontos de atendimento e de instituir um programa de demissão incentivada de 5 mil funcionários.

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana