AGRO & NEGÓCIO

Em três línguas, Glossário da ILPF padroniza termos sobre o tema

Publicados

em


Foi lançado durante o II Congresso Mundial sobre Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta, o Glossário ILPF. A publicação digital foi desenvolvida pela Embrapa e pela Rede ILPF e está disponível para download gratuitamente.

Elaborado pela Comissão Permanente de Trabalho em Vocabulários Controlados, Agroterminologias e Agrossemântica da Embrapa (Gtermos), o Glossário ILPF surgiu como uma demanda da equipe de comunicação da Embrapa, como forma de auxiliar jornalistas na cobertura do tema ILPF. Porém, o trabalho ganhou uma proporção maior com o envolvimento de profissionais de linguística e utilização de metodologia específica para esse tipo de publicação. O resultado é uma publicação com 56 termos que será importante para a padronização do uso de vocabulário por parte de pesquisadores, professores universitários e estudantes.

“A padronização dos termos e a tentativa de homogeneizar o vocabulário de uma área ajuda na representatividade dessa área no mundo científico e na web em geral, além de aumentar a possibilidade de recuperação da informação”, explica a linguista e uma das editoras-técnicas da obra Milena Telles.

Esta primeira versão do Glossário ILPF foi lançada como uma publicação trilingue. A tradução dos termos e das respectivas descrições para inglês e espanhol ajudará a padronização também no cenário internacional.

“Como a ILPF é uma tecnologia com protagonismo do Brasil, é importante nós mesmos demarcarmos quais são as traduções desses termos”, destaca a editora-técnica da publicação.

Um bom exemplo da relevância da padronização é o uso em inglês de “integrated crop-livestock-forestry system”. Em boa parte do corpus avaliado, a palavra forestry era substituída por forest. Assim, quem busca por uma forma, deixará de ter acesso a toda a bibliografia elaborada com outra grafia.

Metodologia

Embora a lista com 56 verbetes e sua descrição possa parecer simples de ser feita, a elaboração de um glossário com base em metodologia adequada não é simples, e envolve muitos profissionais.

Para definir os termos foram utilizadas diferentes fontes de informação, incluindo um corpus linguístico formado por 306 publicações sobre ILPF disponibilizadas na Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) entre 2018-2020. Utilizando diferentes técnicas e ferramentas, levantou-se a frequência de ocorrência das palavras. Feitas as devidas limpezas e restrições definidas pelo método, chegou-se a um total de 723 termos.

Esta lista enviada para um grupo de sete especialistas em ILPF que fizeram uma validação daqueles que realmente pertencem ao domínio ILPF. Após essa fase, restaram 97 termos.

Na etapa seguinte teve início a definição dos termos, tomando a literatura sobre o tema como referência. Sobreposições foram retiradas, até que se chegou à lista com os 56 termos que compõem a obra.

De acordo com Milena Telles, é natural que alguns leitores poderão sentir falta um ou outro termo. Porém ela destaca que a escolha foi feita com base em uma metodologia. A ausência de um termo pode significar, por exemplo, que há pouca citação dele na literatura.

Ela destaca ainda que o glossário é originado na língua em uso e não é estático. Por esse motivo novas atualizações serão necessárias periodicamente para captar a evolução do vocabulário em uso na área.

O Glossário ILPF pode ser baixado aqui.

Confira como foi o evento de lançamento do Glossário

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Propaganda

AGRO & NEGÓCIO

Congresso digital vai reunir pesquisadores e empresários

Publicados

em


   Promovido pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e as startups Bioprint3D e CyclePrint3D, o evento ocorrerá entre os dias 1° e  4 de junho deste ano. 

   Estudantes, profissionais e demais interessados em pesquisa, desenvolvimento e inovação para as áreas da nanobiotecnologia e bioengenharia têm até o dia 31 de maio de 2021 para fazerem a inscrição o  II Congresso Digital de Nanobiotecnologia e Bioengenharia (CDNB), considerado um dos importantes fóruns do Brasil para aproximar os públicos da área científica e também do setor empresarial voltado para o desenvolvimento e inovação de tecnologias nos campos propostos ao evento. 

  O prazo para a submissão de resumos ocorre até o dia 15 de maio (sábado) . Serão selecionados três  trabalhos de cada área de concentração (Nanobiotecnologia e Bioengenharia) os quais receberão menção honrosa no final do evento. 

   Segundo o coordenador geral do congresso, pesquisador Luciano Paulino o evento é uma excelente oportunidade para interação e atualização nos temas abordados. Entre as temáticas estão nanoalimentos, nanocosméticos, nanoinformática, biofabricação 3D, biomateriais e biotintas.

   Informações detalhadas sobre o evento, bem como para fazer a inscrição, basta clicar  aqui

Fonte: Embrapa

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana