POLÍTICA NACIONAL

Em plano de governo, Tarcísio fala sobre soluções para Cracolândia

Publicados

em

source
Tarcísio Freitas apresenta plano de governo em evento evento do SindHosp
Reprodução/Youtube

Tarcísio Freitas apresenta plano de governo em evento evento do SindHosp

Durante participação no evento do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do estado de São Paulo (SindHosp) nesta quarta-feira (1), o pré-candidato ao Governo de São Paulo, Tarcísio Freitas, apresentou seu plano de governo e falou sobre possíveis soluções para a Cracolândia. 

Para o pré-candidato, é preciso apostar na revitalização da região central da capital. “Você só vai acabar com a Cracolândia no dia em que as pessoas estiverem circulando no centro, no dia em que você repotencializar o centro de São Paulo. Não tem nada melhor para revitalizar o centro de São Paulo do que levar o Poder para o centro”, afirmou. 

Tarcísio defendeu a relocação de prédios administrativos: “Se você pega hoje a praça Princesa Isabel, lá caberia perfeitamente o centro administrativo de São Paulo. Movimento que algumas unidades da federação já fizeram, concentraram toda a atividade de Poder e concentraram secretarias no mesmo lugar. Imagina se isso fosse feito onde hoje é a Cracolândia. Se o Poder tiver lá, as pessoas voltam a circular, a segurança pública é reforçada, a atividade comercial vem, a vida volta, os terrenos se valorizam e a gente volta à normalidade”.

Para o ex-ministro da Infraestrutura do Brasil, a região tem potencial, mas é preciso “coragem” para começar a mudança. “Agora a gente tem que ter coragem para enfrentar essa situação. Coragem para estabelecer uma relação de confiança com esses moradores em situação de rua e que dependem da droga para proporcionar para eles tratamento. E eles só vão sair da rua se tiverem tratamento”, disse.

O pré-candidato ainda questinou sobre a relação de causa e efeito na situação vivida pelos dependentes que ocupam a Cracolândia e defendeu a introdução da iniciativa privada no local. 

“Por isso que um grande programa habitacional, aproveitando esse vazios, aproveitando a infraestrutura que já existe tanto em saneamento quanto de transporte, faz muito sentido. A gente conseguiria reduzir muito o problema do morador de rua. É possível revitalizar o centro, é possível revitalizar edificações. E tem muito espaço para o investimento privado”, concluiu.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Esquerda queria desastre econômico, mas se deram mal, diz Bolsonaro

Publicados

em

Jair Bolsonaro criticou a esquerda em ato em São José dos Campos
Reprodução/YouTube – 18.08.2022

Jair Bolsonaro criticou a esquerda em ato em São José dos Campos

Nesta quinta-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer ataques contra a esquerda e afirmou que políticos opositores estavam torcendo por um “desastre econômico” para voltar ao poder no Brasil. A declaração foi feita em comício realizado no Parque Tecnológico de São José dos Campos, em São Paulo.

“Todo mundo esperava um desastre na economia para eleger a esquerda aqui no país. Se deram mal”, provocou o chefe do executivo federal. Ele participou do ato ao lado de Tarcísio de Freitas, candidato ao governo paulista.

“Nós vamos agora, no mês que vem, baixar para 8% a taxa de desemprego no Brasil. Recorde de carteiras assinadas. Os negócios no mundo todo. Se não fosse eu conversar com o Putin, teríamos desabastecimento no Brasil, estaria ameaçada a nossa segurança alimentar, bem como a segurança alimentar de um bilhão de pessoas ao redor do mundo”, acrescentou.

Bolsonaro afirmou que os resultados apresentados pelo seu governo ocorreram por conta das suas escolhas. “Eu sou técnico desse time de futebol, escalei esse time sem interferência política. Não teve troca troca partidário aqui. Olha os números da economia, os números não mentem”, concluiu o presidente.

Bolsonaro e o youtuber

Mais cedo, Bolsonaro perdeu a paciência com o youtuber Wilker Leão, na saída do Palácio da Alvorada , residência oficial da Presidência em Brasília. O chefe do executivo federal foi provocado e partiu para cima do influencer.

Nesta manhã, o mandatário estava ao lado de apoiadores e Leão começou a fazer perguntas provocativas, sendo empurrado por uma pessoa não identificada. Irritado, ele passou a xingar o presidente da República de “covarde”, “safado” e “tchutchuca do Centrão”.

O mandatário afirmou que queria conversar com Wilker e tentou pegar o celular dele, puxando o rapaz pelo braço e pela blusa. No entanto, o influenciador conseguiu escapar, sendo cercado pelos seguranças. Após o atrito, Bolsonaro e Leão conversaram por cinco minutos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana