BRASIL E MUNDO

Em incêndio, adolescente resgata uma mãe e seus dois filhos presos em casa

Publicado


source
bombeiro em casa destruída por incêndio
Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Garoto de 17 anos quebrou telhado para salvar duas crianças e uma mulher de 29 anos em incêndio em Uberlândia, em Minas Gerais


Um incêndio aconteceu na última quinta-feira (15) na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais . Na ocasião, um garotoo de 17 anos resgatou uma mulher de 29 anos que estava presa na casa junto de seus filhos, duas crianças de 4 e 3 anos.


O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais ainda não sabe o que causou o incêndio, mas o fogo pode ter começado na sala de TV da casa e começou a se espalhar pela cozinha. Daí, tomou o restante da casa.

A mãe e as crianças estavam presas em um quarto e o fogo estava bloqueando a passagem para a saída. A mãe da vítima e avó das crianças conseguiu sair da residência e avisou o adolescente, que subiu no telhado por uma escada, quebrou as telhas, entrou e salvou os três.

Quando os bombeiros chegaram, as vítimas estavam a salvo e descansavam na casa de uma vizinha. As crianças receberam atendimento médico pois inalaram muita fumaça, mas estavam conscientes. A mulher também recebeu atendimento.

O Corpo de Bombeiros conseguiu ainda salvar dois cachorros e quatro gatos, todos vivos. O incêndio foi controlado e apagado depois de 40 minutos.

Comentários Facebook
publicidade

BRASIL E MUNDO

Médico diz que enfermeiros precisam de “xerecard” para ter sucesso; assista

Publicado


source
Médico Kayke Paiva
Reprodução / Instagram

Médico Kayke Paiva sugeriu que enfermeiros usassem “xerecard” para ganhar mais dinheiro que a profissão

O médico maranhense Kayke Paiva viralizou na internet após dizer que “ou tu faz enfermagem, ou usa o ‘xerecard”, ou então tu faz medicina”. As declarações foram feitas na conta pessoal do Instagram nesta segunda-feira (26).

“Medicina (é) que dá dinheiro. O resto é resto (…). A enfermagem só existe porque a medicina existe”, afirmou. O médico recebeu diversas críticas nas redes sociais após uma página sobre enfermeiros recortar e republicar o vídeo.

Ao portal Uol, Kayke disse que é “uma pessoa que brinca muito sobre a coisa de ser pobre”.

“Quando mencionei o termo ‘xerecard’ quis dizer que talvez vender o corpo seja uma boa ideia para ganhar dinheiro, já que a enfermagem está tão desvalorizada”.

Pessoas que se sentiram ofendidas com o médico foram se queixar via mensagens, e Kayke chegou a insultá-los. Em uma das conversas, Paiva ameaça “encher a cara de murro” da pessoa que entrou em contato.

Em outra mensagem, ele diz que “vai para o Sírio Libanês” e deseja que a pessoa morra “pobre e diabética dependendo do SUS sem dinheiro nem para o caixão”.

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) vai solicitar ao Conselho Regional de Medicina a abertura de um processo disciplinar contra Kayke Paiva. 

Assista:


Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana