BRASIL E MUNDO

Em “festas da Covid-19”, jovens apostam para ver quem será infectado primeiro

Publicados

em


source
Festa
Reprodução

Segundo denúncia, jovens infectados vão aos eventos para tentar contaminar outros

No momento em que os EUA se aproximam dos 3 milhões de casos confirmados da Covid-19 , uma situação inusitada, e que vem preocupando as autoridades de saúde do estado norte-americano do Alabama, tem se tornado comum entre estudantes da cidade Tuscaloosa: ao promover as chamadas “festas da Covid-19”, eles apostam em quem será o primeiro a ser infectado pela doença.

Segundo informações da ABC News, a denúncia foi feita por Randy Smith, chefe dos bombeiros da cidade, em uma reunião da Câmara Municipal na última terça-feira (30): “achamos que era um boato, mas não apenas os consultórios médicos ajudaram a confirmar isso, como também o departamento de saúde do estado, que tinha as mesmas informações sobre as tais festas da Covid-19 “.

Com isso, a vereadora Sonya McKinstry resolveu apresentar uma denúncia contra os universitários , ressaltando que os organizadores das festas têm convocado pessoas doentes para que eles infectem outras pessoas intencionalmente.

Ainda de acordo com a publicação, McKinstry revelou que as apostas se tornaram comuns nestes eventos: os participantes colocam uma certa quantia em um pote e o primeiro que conseguir pegar a doença fica com todo o dinheiro. Até o momento, não foram divulgadas informações sobre o real número de estudantes envolvidos e nem a quais faculdades eles pertencem.

Até o momento, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, o estado do Alabama soma mais de 38 mil infecções e 947 mortes causadas pela Covid-19 . Já a cidade de Tuscaloosa tem quase 2 mil casos e 38 óbitos. Nos últimos dias, a região tem enfrentado um aumento nos números da doença, segundo o Departamento de Saúde Pública do Alabama.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Propaganda

BRASIL E MUNDO

Vereador do Rio, Gabriel Monteiro diz ter sofrido atentado: “Só paro morto”

Publicados

em


source
Veículo do vereador do Rio, Gabriel Monteiro, teria sido atacado por criminosos
Reprodução

Veículo do vereador do Rio, Gabriel Monteiro, teria sido atacado por criminosos

O vereador do Rio de Janeiro, Gabriel Monteiro (PSD) , afirma ter sofrido um atentado na noite do último domingo (01), no bairro Quintino, na Zona Norte da cidade. O parlamentar, que é ex-PM e youtuber, disse, nas suas redes sociais, que realizava uma ação social quando ele e sua equipe foram atacados por criminosos. Policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) foram acionados e houve troca de tiros, mas não há informações sobre feridos. O vereador disse que estava fazendo uma festa de aniversário para uma família carente de cinco filhos quando foi atacado. Segundo sua assessoria de imprensa, o ataque começou quando ele estava saindo da casa e voltando para pegar mais presentes para as crianças no carro. “A gente estava fazendo uma festinha de aniversário para uma criança de sete anos. A mãe é vendedora de bala da igreja. Nos informaram que o local era tranquilo. O veículo foi atingido por pelo menos três disparos, mas ninguém ficou ferido”, disse Monteiro em vídeos e áudios que circulam nas redes sociais.


“Por estarem na rua, que havia moradores e crianças, eles não reagiram e ligaram para a polícia imediatamente. Quando a polícia chegou houve trocas de tiros, mas os bandidos conseguiram fugir”, diz a nota da assessoria. O caso está sendo investigado pela 29ª DP (Madureira).

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana