mato grosso

Em dois anos, Ceope realizou mais de 14 mil procedimentos odontológicos

Publicados

em


Em dois anos, o Centro Estadual de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope), unidade especializada gerida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), realizou mais de 14 mil procedimentos clínicos. A entidade oferta serviços às pessoas com deficiência que precisam de assistência em Saúde Bucal em Mato Grosso.

Neste período, um total de 2.879 pacientes foram atendidos no Ceope. Conforme a diretoria da unidade, o número de pacientes diminuiu neste ano devido à suspensão, por parte do Ministério da Saúde, dos procedimentos eletivos em decorrência da pandemia pela Covid-19.

Cerca de 59,5% dos pacientes são de Cuiabá, 22% são do interior do estado e 18,2% residem em Várzea Grande. Dentre as especialidades mais demandas está clínica geral com 2.160 atendimentos, seguida de periodontia (375), endodontia (177), odontopediatria (757) e prótese (102). O número de pacientes atendidos sob efeito de anestesia geral chegou a 113.

“Tivemos muitos avanços nesses últimos dois anos, como a expansão do atendimento sob anestesia geral ao público infantil, a mudança de endereço para uma unidade totalmente reformada para atender as necessidades que o serviço odontológico à pessoa com deficiência requer, cuja a estrutura é nova, acolhedora e com espaços otimizados”, diz a diretora do Ceope, Martha Maria Aquilino Pereira.

A SES investiu R$ 160 mil na reforma da nova estrutura da unidade. Antes, o Ceope atendia em um prédio cedido pelo Hospital do Câncer, na avenida do CPA. A diretora conta que em 2017 a Secretaria recebeu uma ordem de reintegração do prédio, mas somente na atual gestão, em 2019, houve a iniciativa de mudança. Hoje, o Centro Estadual está localizado em uma região estratégica de Cuiabá, no bairro Bosque da Saúde.

Na nova estrutura, foram realizadas adequações hidráulicas, elétricas, pintura, além de melhorias físicas dos ambientes em atendimento às necessidades dos pacientes e equipamentos odontológicos.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Hospitais regionais serão construídos em terrenos doados por prefeituras; SES trabalha para lançar editais das obras

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) trabalha para lançar os editais de licitação para construção dos quatro novos hospitais regionais, nas cidades de Alta Floresta, Juína, Confresa e Tangará da Serra. As unidades de saúde serão construídas em terrenos doados pelas prefeituras. 

A Superintendência de Obras da SES-MT explica que para a construção das unidades é feita uma parceria com os municípios, que ficam responsáveis por adquirir o terreno e doa-lo para a gestão estadual, que fará a obra. Além disso, antes da construção, as prefeituras devem fazer a sondagem e a topografia da área.

As cidades onde os hospitais serão construídos foram anunciados pelo governador Mauro Mendes e seguirão um padrão de qualidade e modernização das unidades de saúde.

Os hospitais contarão com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

As unidades de Saúde também terão 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

A previsão é que após a licitação e a definição da empresa que irá tocar cada obra, os hospitais sejam entregues em até 24 meses.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana