mato grosso

Em 32 horas, Estado distribui doses da CoronoVac para todas as regiões de saúde de MT

Publicados

em


Em 32 horas, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), distribuiu mais de 60 mil doses da vacina CoronoVac para todas as regiões de saúde do Estado. A força tarefa contou com o apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e garantiu a chegada em tempo recorde da vacina aos 16 polos regionais de saúde. 

“Esse é um momento histórico para toda a população mato-grossense, por isso trabalhamos essa força tarefa. O Estado realizou a entrega ágil e segura desses imunizantes. Não paramos por aqui e continuamos o trabalho incansável de enfretamento e controle do coronavírus em Mato Grosso”, avaliou o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Foram encaminhados, entre terça e quinta-feira (19 e 21.01), por meio de aeronaves do Ciopaer, os imunizantes para os Escritórios Regionais de Saúde de Rondonópolis, Diamantino, Tangará da Serra, Pontes e Lacerda, Cáceres, Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Juína, Juara, Sinop, São Felix do Araguaia, Porto Alegre do Norte e Peixoto de Azevedo. Os municípios que compõem a regional de Cuiabá retiraram a vacina na Rede de Frio Estadual, localizada na capital. 

Conforme previsto no Plano Estadual de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19 em Mato Grosso, após a distribuição do imunizante aos polos Regionais de Saúde, os municípios fazem a retirada da vacina no polo que contempla a sua região. 

Em seguida, as gestões municipais executam as suas respectivas estratégias de vacinação. De acordo com o direcionamento do Ministério da Saúde, nesta primeira fase serão vacinados os trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, povos indígenas aldeados, pessoas com deficiência e pessoas idosas com 60 anos ou mais que vivem em asilos e/ou instituição psiquiátricas.

Mato Grosso vai garantir as duas doses da vacina ao grupo prioritário compreendido nesta fase, sendo o prazo de 14 a 28 dias para a aplicação da segunda dose.

As equipes da SES ficaram totalmente dedicadas à vacina desde a sua chegada em Mato Grosso. Os servidores foram os responsáveis pelo recebimento das doses, conferência da quantidade, catalogação dos imunizantes e encaixotamento para retirada dos municípios.

“Parabenizo as equipes da SES que não mediram esforços. Estendo minha gratidão ainda a equipe da Ciopaer, que foi extremamente competente e atenciosa. Cumpriu toda a agenda estabelecida pela secretaria e executou uma entrega totalmente organizada”, acrescenta Figueiredo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Seciteci amplia quadro de monitores da carreta MT Ciências para difundir e fomentar a ciência no Estado

Publicados

em


Na manhã desta segunda-feira (01.02), o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, recepcionou em seu gabinete os novos monitores bolsistas selecionados para atuar no Circuito Itinerante da Ciência de Mato Grosso – MT Ciências.

O secretário reforçou a importância deste projeto para a popularização da ciência no Estado e destacou que, após controlada a pandemia, as atividades deverão ser retomadas.

“Neste momento, precisamos pensar nos cuidados com a saúde, evitar aglomerações e exposições à riscos, mas estamos trabalhando para regularizar a situação. A vacina já está sendo aplicada, e vamos retomar as nossas atividades assim que tivermos segurança para isso”, frisou o secretário. 

As bolsas serão ofertadas por meio de parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat). Segundo Marilene Passos, coordenadora de Popularização da Ciência da Seciteci, os novos profissionais são da área de Engenharia da Computação, Ciência da Computação e Física, que deverão atuar no atendimento e orientação ao público durante o circuito.

“Eles vão atuar na parte de impressão 3D, óculos de realidade virtual, propostas de novos jogos. São professores formados, com o perfil de promover a interação e atendimento ao público na carreta MT Ciências”, disse a coordenadora.

diretor da Fapemat, Flávio Teles, ressalta que o principal objetivo desta ação é expandir e divulgar a ciência além das fronteiras.

“A fundação tem como objetivo fomentar os projetos de pesquisa, extensão, inovação e a divulgação dos resultados. Esta iniciativa da Seciteci é uma das ações mais importantes para a difusão da ciência para fora dos ‘muros’, e a Fapemat é parceira neste processo, com o fomento dos trabalhos da carreta e dando o amparo aos novos trabalhadores que vão atuar no MT Ciências”, afirmou.

Os novos contratados conheceram o circuito itinerante e puderam se ambientar com o projeto ao qual agora fazem parte. “Estes novos monitores vem para complementar a equipe do MT Ciências, para mostrarem os experimentos e despertarem a curiosidade dos alunos que vierem conhecer o projeto”, ressaltou Lectícia Figueiredo, superintendente de Desenvolvimento Científico Tecnológico e de Inovação da Seciteci.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana