TECNOLOGIA

Elon Musk inspira nova criptomoeda após adotar nome “Lorde Edge” no Twitter

Publicados

em


source
Elon Musk
Divulgação

Elon Musk

Elon Musk é bilionário, CEO da Tesla e da SpaceX, e um grande fã de criptomoedas inspiradas em memes. Bom, agora ele tem até mesmo uma moeda digital em sua homenagem. Neste último final de semana, seus fãs criaram um ativo digital chamado “Lorde Edge” (EDGELON), o mesmo nome que consta agora no perfil oficial do Twitter do magnata.

No último sábado (6), Musk misteriosamente mudou seu nome no Twitter para “Lorde Edge”, sem qualquer explicação. Ele já fez isso algumas vezes no passado, então não é algo muito fora do comum. A verdadeira surpresa veio no domingo, quando uma criptomoeda foi criada com o mesmo nome, dizendo ser “o primeiro token do tipo a celebrar o Dogefather e o CEO das criptomoedas”.

Também chamada de EDGELON, a mais nova “memecoin” foi criada no blockchain da Ethereum, o mesmo da criptomoeda ether (ETH). O CoinMarketCap, plataforma de monitoramento de ativos digitais, começou registrar a negociação do novo token na segunda-feira (8).

Leia Também

Segundo dados da plataforma, a moeda inspirada em Elon Musk já conta com um volume médio de negociações de mais de US$ 11 milhões, referente a transações que ocorreram nas últimas 24 horas. No entanto, seu preço ainda é muito baixo, de aproximadamente US$ 0,000022 no momento de publicação desta matéria.

Porém, assim como ocorre com o shiba inu (SHIB) ou dogecoin (DOGE), ainda que seu valor unitário seja baixo, o suprimento total de tokens é enorme. No caso do Lorde Edge, existe 1 trilhão de unidades da criptomoeda.

Vale destacar também que o token criado em homenagem a Musk cresceu muito em pouco tempo. O primeiro registro de preço do ativo no CoinMarketCap foi de US$ US$ 0,0000031. Esse valor subiu uma casa decimal somente entre a manhã e a tarde de segunda-feira.

Lorde Edge é suspeita e pode ser golpe

No site oficial do Lorde Edge, a criptomoeda é descrita como “o primeiro token do tipo a celebrar o Dogefather e o CEO das criptomoedas, Elon Musk!”.

Além disso, há um perfil no Twitter dedicado ao projeto. Lá, seus criadores publicaram uma espécie de vídeo promocional, indicando que o ativo teria sido criado pelo próprio Musk (o que é mentira) e detalhando uma suposta estratégia de marketing e crescimento.

Essa criptomoeda pode ter sido criada como uma simples piada, mas pode muito bem ser um golpe. Em qualquer um dos casos, não é inteligente colocar dinheiro nela.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Claro tem melhor internet móvel, enquanto Vivo lidera fixa, diz estudo

Publicados

em


source
Pessoas com celulares em mãos
Bruno Ignacio

Pessoas com celulares em mãos

Um levantamento feito pela consultoria norte-americana Ookla mostra que a Claro tem a maior velocidade de internet móvel no Brasil. A empresa mantém a liderança em relação ao ano anterior, com 71,16 Mbps de velocidade em celulares.

O valor é muito superior à segunda colocação, ocupada pela Vivo (31,9 Mbps). TIM (28,2 Mbps) e Oi (21,64 Mbps) completam o ranking entre as maiores operadores de internet móvel do país.

Considerando a entrada do 5G no Brasil, o ranking se altera, mas a Claro ainda mantém a liderança. A operadora tem performance de 71,1 Mbps, enquanto a TIM tem 56,2 Mbps e a Vivo registrou 55,9 Mbps.

A pesquisa ainda colocou a Vivo na liderança em internet fixa. Segundo a Ookla, a empresa oferece 105,4 Mbps de velocidade, o melhor índice no Brasil.

A Oi está segundo e a Claro na terceira colocação. Ambas possuem 99,62 Mbps e 98,44 Mbps registrados, respectivamente.

Leia Também

Considerando a latência, a TIM ocupa o menor índice em telefonia móvel, com 27 milissegundos. Claro (28 ms), Vivo (30 ms) e Oi (32 ms) aparecem nas colocações abaixo. Já em internet fixa, a Oi registou o melhor índice, com 4 ms. Vivo (5 ms) e Claro (12 ms) completam o ranking.

Queda de posição

Com os resultados apurados pela consultoria, o Brasil caiu duas posições no ranking de melhor rede de internet móvel do mundo. O país ocupava a 76ª em 2020 e, agora, ocupa a 78ª. O levantamento considera a rede de 138 países.

No quesito rede fixa, o Brasil está melhor posicionado. A média do país, segundo o levantamento, foi de 85 Mbps, o que nos coloca na 35ª posição no ranking mundial.

Brasília tem a melhor internet

A Ookla divulgou ainda um levantamento sobre a rede de internet nas capitais brasileiras. Brasília obteve melhor resultado tanto em internet fixa (105 Mbps) quanto em móvel (35 Mbps).

Já São Paulo, considerada a cidade mais tecnológica do país, ocupa a quarta posição em internet móvel (26,12 Mbps) e a sexta em internet fixa (93 Mbps). O Rio de Janeiro se colocou na terceira posição em rede móvel (26,23 Mbps) e na oitava colocação em fixa (89 Mbps).

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana