POLÍTICA NACIONAL

Eleições: PSD e PDT negociam chapa única ao governo de SP

Publicados

em

source
Felício Ramuth e Elvis Cezar
Reprodução/Montagem iG

Felício Ramuth e Elvis Cezar

De olho no número de eleitores indecisos, PSD e o PDT passaram a negociar nos últimos dias a formação de uma chapa única para a eleição ao governo de São Paulo. Os dois partidos apresentaram como pré-candidatos os ex-prefeitos de São José dos Campos (SP) Felício Ramuth (PSD), e de Santana de Parnaíba (SP) Elvis Cezar (PDT).

Eles tiveram dois encontros presenciais nos últimos dias e devem ter uma nova reunião no mês que vem. A ideia é discutir a afinidade entre os planos de governo e uma possível integração das pré-candidaturas.

Ramuth e Elvis eram filiados ao PSDB e trocaram de legenda recentemente para disputar o Palácio dos Bandeirantes. Ambos são críticos da gestão dos tucanos João Doria e Rodrigo Garcia e nunca se candidataram a uma eleição estadual.

Elvis, que é do PDT, apoia o presidenciável de seu partido, Ciro Gomes. Já Ramuth, em entrevista ao GLOBO nesta quarta, disse que deve apoiar um candidato que se apresente como alternativa a Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

“Estamos aguardando o cenário se consolidar. Mas minha opção deve ser a caminho dessa terceira via ou das opções que podem surgir fora da polarização de Bolsonaro ou Lula”, afirmou o ex-prefeito.

Na última pesquisa Datafolha, de abril, Ramuth aparece com 2% dos votos. Elvis, que lançou a pré-candidatura há quase dois meses, ainda não foi testado no levantamento.

Pessoas próximas aos dois avaliam que a junção das candidaturas poderia ampliar o potencial de voto no estado, já que ambos têm gestões bem avaliadas em seus municípios e influência em áreas distintas de São Paulo: Ramuth, no Vale do Paraíba, e Elvis, na Região Metropolitana de São Paulo.

A aposta das duas pré-candidaturas é no alto número de pessoas que não definiram um candidato. Segundo a última pesquisa Datafolha, há 23% de brancos e nulos e 7% de indecisos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Lula quer lotar ato em SP para impulsionar campanha de Haddad

Publicados

em

Lula fará ato ao lado de Haddad em São Paulo
Ricardo Stuckert

Lula fará ato ao lado de Haddad em São Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem dito para interlocutores que quer lotar o ato que fará em São Paulo no próximo dia 18. Seu objetivo é agitar a militância e fazer com que todos do abracem a campanha do candidato ao governo Fernando Haddad (PT).

Lula reconhece que seu aliado é muito popular no estado, tanto que aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenções de votos, superando Rodrigo Garcia (PSDB) e Tarcísio de Freitas (Republicanos). Porém, ele acredita que, para vencer, será necessário enorme empenho da militância.

Não é segredo para ninguém que o maior sonho do PT é comandar pela primeira vez o São Paulo, já que a agremiação nasceu no estado. A única vez que o partido ficou próximo do Palácio dos Bandeirantes foi em 2002, quando José Genoino perdeu no segundo turno ao enfrentar Geraldo Alckmin.

Além disso, o ex-presidente quer demonstrar força popular e acredita que os atos são uma grande oportunidade. Não por acaso, após São Paulo, ele estará no Rio de Janeiro e Minas Gerais, os três maiores colégios eleitorais do país e que concentram 41% dos eleitores.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana