CIDADES

Eleição para nova diretoria da AMM será de forma mista: presencial e eletrônica

Publicados

em


No dia 15 de dezembro os prefeitos de Mato Grosso vão eleger a diretoria executiva e conselho fiscal da Associação Mato-grossense dos Municípios para o triênio 2021/2023.

O regimento da eleição estabelece que as chapas com os nomes dos candidatos deverão ser protocoladas na Coordenação Jurídica da AMM até as 17 horas do próximo dia 4 de dezembro (sexta-feira).

O documento estabelece o prazo de 48 horas para a interposição de impugnação às chapas, que devem ser integradas somente por representantes de municípios associados à AMM

O regimento da eleição e o edital de convocação para a Assembleia Geral Extraordinária que ocorrerá no dia 15 de dezembro está publicado desde o dia 23 de novembro no Jornal Oficial da AMM.

Conforme o edital de convocação, a primeira chamada será às 08 horas, e a segunda chamada às 9 horas, com término previsto para as 17 horas.

A votação será realizada de forma mista – presencial e eletrônica – podendo o prefeito escolher a modalidade, sendo que a votação presencial será realizada na sede da AMM. Estão aptos a votar todos os membros associados em situação de regularidade perante a instituição.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, esclarece que a  votação será de forma mista, considerando os riscos que a pandemia do coronavírus ainda oferece. “A eleição da nova diretoria da AMM será conduzida de maneira muito segura para que todos os prefeitos participem, democraticamente, da escolha da nova diretoria”, assinalou.

A comissão eleitoral é composta pelos seguintes prefeitos: João Antônio da Silva Balbino (Rosário Oeste),  Miguel José Brunetta (Santo Antônio do Leste), Arivaldo Medeiros de Santana (São José do Povo), José Mauro Figueiredo (Arenápolis) e Humberto Domingues (Guiratinga).

Edital de convocação

Regimento eleitoral

 

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Propaganda

CIDADES

AMM e Sinfra alinham diretrizes para elaboração de projetos para substituição de pontes de madeira

Publicados

em


Equipe técnica da Associação Mato-grossense dos Municípios e da Secretaria de Estado de Infraestrutura se reuniram nesta terça-feira (19), na AMM,  para alinhar as diretrizes na elaboração de projetos para os municípios conforme exigências do Programa de Substituição de Pontes de Madeira com recursos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento – Finisa.

O financiamento foi criado pela Caixa Econômica para facilitar e ampliar a concessão de crédito para obras de saneamento ambiental, transporte, logística e energia. A Sinfra recebe propostas de municípios para substituição de ponte de madeira por bueiros metálicos, aduelas de concreto e pontes pré-moldadas, cujas obras são executadas com recursos do Finisa.

A AMM elabora projetos para atender essa demanda, que é comum em muitas localidades. A instalação de bueiros metálicos gera benefícios importantes, resolvendo problemas de alagamentos, além de melhorar a trafegabilidade, principalmente de caminhões pesados que fazem o transporte de grãos.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, disse que a parceria com a Sinfra vai contribuir muito para orientar os municípios e agilizar a aprovação dos projetos. “Por meio desse diálogo também buscamos que os projetos sejam mais simplificados e menos onerosos,  mas sempre de acordo com as normas técnicas estabelecidas pela Secretaria”, assinalou.

O coordenador de projetos da Sinfra, Ubirajara Pereira da Silva, destacou a importância do trabalho em conjunto com a Associação. “Nessa reunião aparamos as arestas e alinhamos o trabalho. A conversa foi muito importante, pois a AMM é o nosso parceiro principal junto aos municípios”, frisou.

A coordenadora da Central de Projetos da AMM, Monique Godoi, disse que a interlocução com a Sinfra se fortalece cada vez mais e tem contribuído com o bom andamento do trabalho que atende municípios de diferentes regiões de Mato Grosso. “Estamos também agendando um curso que será ministrado por técnicos da Secretaria  aos profissionais da AMM, visando ampliar a capacitação dos nossos técnicos e garantir ainda mais qualidade aos serviços prestados às prefeituras”, afirmou.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana