mato grosso

Eleição OAB: Oposição se fortalece com apoio de ex-presidentes e ex-candidatos

Publicados

em

Advogado Fábio Capilé, com o professor, Dr. Pedro Paulo Peixoto

Esse ano haverá novas eleições para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e, como são indiretas, a escolha dos dirigentes nacionais da entidade passa obrigatoriamente pelas eleições dos Estados.

Os eleitos nas seccionais estaduais vão eleger os Conselheiros Federais, que por sua vez, elegem o presidente nacional da OAB. 

Ao contrário de 2018, quando não houve disputa – o atual presidente Leonardo Pio de Campos foi reeleito em chapa única para o comando da OAB no triênio 2019-2021, este ano os oposicionistas das eleições anteriores estão se organizando para montar um grupo forte.

Aqui em Mato Grosso quem lidera a oposição é o advogado Pedro Paulo Peixoto, que também é administrador e professor e tem qualidades como humildade, simplicidade, firmeza e determinação, consideradas por seus pares como admiráveis. Essas qualidade tem atraído a atenção de ex-candidatos, como Dr. Fábio Capilé, que teve 1.357 votos nas eleições anteriores e já anunciou sua adesão à pré candidatura de Pedro Paulo; além do ex-presidentes da OAB/MT, Maurício Aude (gestão 2013/2015), que obteve 2.870 votos.

“Essas adesões extemporâneas são muito gratificantes e nos dão a certeza de que estamos no caminho certo. O ex-presidente Aude, por exemplo, é muito respeitado pela classe, fez uma gestão extraordinária e nunca se desligou dos anseios e das necessidades dos advogados de Mato Grosso. Fábio Capilé, é outro nome que tem contribuído muito com o projeto de construção de uma seccional da Ordem, que seja mais democrática e participativa.  Além disso, contamos com a participação de advogados que militam na administração pública, na iniciativa privada, Defensores Públicos, Procuradores de Estado, Procuradores de Município, além de profissionais advogados que também são professores universitários e têm nos manifestado compromisso com a construção desse projeto que não é só eu, mas coletivo”, Explica Pedro Paulo, lembrando que essas eleições que serão realizadas em novembro muito disputadas e vão chamar a atenção da população. “A OAB/MT além de ser uma instituição de classe, é muito importante para a sociedade e para a manutenção da democracia no país.

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Curso de Policiamento Ambiental da PM tem início com palestra do desembargador do TJ

Publicados

em


O Batalhão da Polícia Militar de Proteção Ambiental realizou, na tarde de segunda-feira (18.10), a aula inaugural do 4º Curso de Policiamento Ambiental. A abertura contou com uma palestra do desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, José Zuquim Nogueira, e foi realizada no auditório da Controladoria-Geral do Estado (CGE), no Centro Político Administrativo, na Capital.

A aula magna do curso contou com a presença do comandante-geral adjunto da Polícia Militar, Daniel Lipi Alvarenga, entre outras autoridades civis e militares. Ao todo, 36 policiais do Estado de Mato Grosso e da Paraíba vão participar da capacitação, que terá duração de oito semanas e será ministrada pelo Batalhão da Polícia Militar de Proteção Ambiental.

“É uma oportunidade ímpar poder capacitar nossos agentes e prestar um serviço de qualidade cada vez melhor para a sociedade. Com o 4º curso, a instituição espera potencializar ainda mais as suas ações voltadas à preservação da fauna e da flora”, destacou o comandante-geral adjunto da PM, Daniel Lipi Alvarenga.

Ministrada pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, José Zuquim Nogueira, a palestra inaugural abordou o tema “A Importância da razoabilidade na atuação da Polícia nas questões ambientais: uma visão jurisdicional”, pauta destacada na ordem do dia pelo comandante do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, o tenente-coronel Fagner Augusto, que enalteceu a integração dos poderes civis e militares na viabilização do curso: “Ressalto que a integração é a chave mestra para a viabilização do 4º curso de policiamento ambiental. Destaco o apoio incondicional da polícia militar por meio de toda a sua estrutura organizacional, a Secretaria de Estado de Segurança Pública, o Corpo de Bombeiros Militar, a Secretaria de Estado e Meio Ambiente, o Ministério Público e o Poder Judiciário de MT, dentre outros parceiros”, disse o comandante, que concluiu:

“Os alunos participantes terão acesso a conteúdos como legislação ambiental, técnicas e táticas voltadas para o policiamento ambiental, com isso, temos o desafio de capacitar qualitativamente e unir os militares com aptidões e conhecimentos, indispensáveis para a realização das atividades de policiamento e fiscalização ambiental com qualidade técnica e operacional”.

No final da solenidade, o desembargador José Zuquim Nogueira recebeu a medalha de Mérito Protetor Ambiental, destinada a homenagear aqueles que contribuem significadamente para a evolução e o fortalecimento do policiamento ambiental.

Também estiveram presentes na solenidade o subchefe do Estado-Maior Geral, Carlos Eduardo Pinheiro da Silva e o comandante do comando especializado de policiamento, coronel José Nildo Silva de Oliveira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana