POLÍTICA NACIONAL

Eduardo Paes começa a definir secretariado; veja os nomes

Publicados

em


source
Eduardo Paes chegando para votar no Gavea Golf Club%2C na Gavea%2C zona sul do Rio
Reginaldo Pimenta / Agência O Dia

Eduardo Paes chegando para votar no Gavea Golf Club, na Gavea, zona sul do Rio

Já começar a ganhar forma a equipe de governo da futura gestão do prefeito eleito do Rio de Janeiro , Eduardo Paes (DEM). Após anunciar que o médico Daniel Soranz será seu secretário de Saúde, nesta segunda-feira a escolha de mais dois secretários foi confirmada. São eles o deputado federal Marcelo Calero (Cidadania), que aceitou o convite para chefiar a nova secretaria de Integridade e Governo da prefeitura; e o deputado federal Pedro Paulo (DEM), que assumirá a Secretaria de Fazenda, Planejamento e Controladoria. Os convites haviam sido antecipados pelo colunista Lauro Jardim.

Ex-ministro da Cultura de Michel Temer, o deputado Calero era pré-candidato a prefeito e abriu mão da disputa para coordenar a campanha de Paes. O órgão que irá comandar ficará responsável por implantar medidas de transparência e anticorrupção no governo.

Calero também já foi secretário de Cultura do prefeito eleito em gestões passadas. Detalhes sobre a pasta serão divulgar na terça-feira

O deputado Pedro Paulo, que foi braço-direito de Paes em seu segundo mandato à frente da Prefeitura do Rio, confirmou que será uma espécie de supersecretário no próximo governo. Ele assumirá a Secretaria de Fazenda, Planejamento e Controladoria, unindo hoje várias funções dispersas na prefeitura.

Em gestões anteriores ele foi chefe da Casa Civil. Nas eleições de 2016, o ex-prefeito tentou emplacar Pedro Paulo como seu sucessor, porém ele não chegou nem ao segundo turno no pleito.

Também nesta segunda, Paes se reúne com Daniel Soranz para falar sobre medidas para combater a pandemia do coronavírus e reativar equipes da Saúde da Família. Soranz foi o primeiro nome que Paes confirmou na equipe, ainda na campanha. Funcionário da Fiocruz, Soranz já ocupou o cargo quando Paes foi prefeito.

Também segundo Lauro Jardim, a Subsecretaria de Bem-Estar Animal vai voltar a ser Secretaria de Proteção Animal e terá como secretário Luiz Carlos Ramos Filho.

Paes ainda não decidiu onde vai funcionar o escritório de transição. Uma das hipóteses é ocupar um espaço na Firjan. A equipe que vai trabalhar na transição ainda será definida.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Ciro Nogueira é investigado pela PF por suspeita de beneficiar empreiteiras

Publicados

em


source
O senador Ciro Nogueira (PP-PI) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Isac Nóbrega/Presidência/20-05-2021

O senador Ciro Nogueira (PP-PI) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Casa Civil, o senador Ciro Nogueira (PP-PI), líder do Centrão, é alvo de cinco investigações originadas na operação Lava-Jato, sendo duas delas sigilosas. A Polícia Federal apura a suspeita de Nogueira beneficiar empreiteiras.

Em um dos casos investigado sob sigilo na PF, Nogueira teria recebido pagamentos da OAS em troca do apoio a uma medida provisória em tramitação no Senado. Em outro, ele pode ter exercido influência na liberação de um financiamento para a Engevix na Caixa Econômica Federal. Ciro Nogueira nega as acusações e diz que não tem nenhum envolvimento em irregularidades.

Além delas, nas outras três investigações, a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou duas denúncias contra o parlamentar: acusando-o de receber propina de R$ 7,3 milhões da Odebrecht em troca de apoio no Congresso; e por obstruir investigações ao atuar para mudar o depoimento de um ex-assessor do PP que estava colaborando com a Justiça. Esses dois casos ainda não foram julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele também é investigado pela PF por suposto envolvimento em esquema de propina do grupo J&F para compra de apoio do PP à reeleição de Dilma Rousseff.

– Com informações de O Globo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana