Cuiabá

Edna Sampaio cobra medidas contra racismo em coletivos

Publicados

em


Carol Siqueira | Secom Câmara

A vereadora Edna Sampaio (PT) protocolou na sexta (23) junto às secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos, e de Mobilidade Urbana pedido de informações sobre as medidas que estão sendo tomadas pelo executivo para combater o racismo nos ônibus coletivos de Cuiabá.

Ela citou o caso mais recente, ocorrido na terça (20), quando dois haitianos foram xingados e intimidados por outro passageiro dentro de um ônibus. Ele usou palavrões e fez referência ao nazismo. O crime foi filmado e o vídeo viralizou nas redes sociais.

Na imagem, assim que os haitianos entram no veículo, um homem começa a xingá-los, se referindo à nacionalidade e à cor de pele dos dois, e expressando apoio ao ditador nazista Adolf Hitler.

A polícia e entidades representativas dos migrantes, como a Associação de Defesa dos Haitianos Imigrantes e Migrantes em Mato Grosso (ADHIMI-MT), tentam identificar o agressor e as vítimas, que ainda não registraram boletim.

No documento, a vereadora pede informações acerca das medidas que vêm sendo tomadas pela administração pública municipal no combate ao racismo e à discriminação racial no transporte coletivo urbano municipal.

“Este fato gerou grande preocupação, já que se constitui como baliza da República Federativa do Brasil, prevista na Constituição Federal, o combate ao racismo no país e a integração social, econômica, política e cultural dos povos da América Latina”, diz o texto, citando tratados internacionais sobre discriminação racial que protegem as vítimas.

Edna Sampaio tem debatido com o segmento dos migrantes na capital, que sofre com a exclusão, e realizará audiência pública na Câmara sobre o tema. Recentemente foi aprovada proposta de sua autoria que cria no calendário municipal a semana do migrante.

Neusa Baptista/Ascom Vereadora Edna Sampaio

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

“Há mais de 20 anos a população espera por esse ato de coragem”, diz Emanuel sobre revolução no transporte público

Publicados

em


Atério Marcos

Clique para ampliar

O prefeito Emanuel Pinheiro destacou que o transporte público de Cuiabá passa a viver uma nova realidade, a partir desta terça-feira (03). Como parte do compromisso firmado com a população, o chefe do Executivo entrega 144 novos ônibus com wi-fi, câmeras de segurança, plataforma elevatória para cadeirantes e ar-condicionado. A ação faz parte de um conjunto de melhorias que, desde 2017, o gestor vem promovendo nessa área.

“O que nossa gestão está fazendo é uma verdadeira revolução no transporte público. Há mais de 20 anos a população espera por esse ato de coragem. Coragem para pensar nos mais humildes, naqueles que dependem exclusivamente desse meio de locomoção. Coragem para quebrar um ciclo vicioso e iniciar um novo, mais moderno, inovador e que corresponda às necessidade do povo”, comenta o prefeito.

A renovação da frota é fruto do processo licitatório realizado pela gestão Emanuel Pinheiro, com o intuito de promover a modernização do sistema, gerando mais segurança e conforto aos mais de 260 mil usuários atendidos diariamente pelos 380 veículos em funcionamento na Capital. Está dentro desse planejamento, ampliar o número de ônibus com ar-condicionado, atingindo 70% da frota no 3º ano de concessão e 100% no fim do 5º ano.

A concorrência pública foi dividida em quatro lotes, vencidos pelas empresas: Integração Transporte LTDA; Caribus Transportes e Serviços LTDA; Rápido Cuiabá Transporte Urbano LTDA e Viação Paraense LTDA. Os ônibus devem ser compostos com wi-fi, quatro câmeras de segurança, plataforma elevatórias para cadeirantes e ar-condicionado. Uma das obrigações das concessionárias é a de reduzir idade média dos ônibus para, no máximo, 5 anos.

Além disso, a implantação da “Frota Limpa” no sistema também está entre as obrigações das vencedoras da licitação. A iniciativa estabelece que, em um prazo máximo de seis meses após o início de operação, as concessionárias vencedoras devem colocar em operação quatro ônibus (elétricos e híbridos), zero quilômetros, do tipo “Padron”, com baixa emissão de poluentes locais e de CO2.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana