mato grosso

Dom Aquino comemora 63 anos com ações do Governo em infraestrutura e agricultura familiar

Publicados

em


Dom Aquino, no Vale do Rio São Lourenço, 8.171 habitantes, distante 172 quilômetros de Cuiabá no sentido sudeste, comemora 63 anos como município nesta quarta-feira, 14 de abril, com ações do Governo do Estado em infraestrutura e agricultura familiar.   

Por meio da Sinfra/MT (Secretaria de Infraestrutura e Logística), foram restaurados 67,5 quilômetros da rodovia MT-344, entre o entroncamento da BR 070 com a MT-140, em Campo Verde, e o entroncamento da BR 163/364, em Jaciara, passando por Dm Aquino.  Foram investidos R$ 45,276 milhões nesta obra.

Uma parceria com o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico Social e Ambiental da Região Sul (Cidesasul) é responsável pela manutenção de duas rodovias que cortam o município – MT-454 e MT-260. É parte de um total de 231,32 quilômetros de rodovias não pavimentadas em sete municípios da região, cujos investimentos somam R$ 14,6 milhões do Governo do Estado e R$ 147 mil de contrapartida do consórcio.

Agricultura familiar

Por meio da SEAF (Secretaria de Estado de Agricultura Familiar), Dom Aquino recebeu dois resfriadores de leite com capacidade de até mil litros, de um total de 200 unidades distribuídas a 62 municípios mato-grossenses. Investimentos de R$ 2,1 milhões, dos quais R$ 1,6 milhão do Estado e R$ 499 mil de emenda parlamentar estadual.

Município recebeu dois resfriadores de leite com capacidade de até mil litros – Secom/MT

Saúde e repasses – A SES (Secretaria de Estado de Saúde) repassou ao município 700 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 30.111 comprimidos, entre azitromicina (3.860), ivermectina (2.944) e dipirona (23.307), também distribuído em gotas, com 572 frascos.                  

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 14,4 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab, além de R$ 1,938 milhão em assistência social, transporte escolar, convênios na área de saúde e emendas parlamentares, entre 2019 e 2020.

Economia

Segundo o IBGE, o setor agropecuário, com R$ 208,3 milhões, respondeu por 56,5% do PIB (Produto Interno Bruto) Municipal de 2018, avaliado em R$ 368,558 milhões. Serviços (R$ 70,545 milhões), administração pública (R$ 49,68 milhões), impostos (R$ 23,03 milhões) e indústria (R$ 16,99 milhões) fecham a soma. O PIB per capita, de R$ 44.951,64, é o 37º de Mato Grosso.

Um plantel de 3.677 vacas ordenhadas, de um rebanho bovino com 105,9 mil cabeças, produziu, em 2019, 4,345 milhões de litros de leite, abastecendo o laticínio local. A pecuária dom-aquinense conta ainda com um rebanho galináceo com 71,2 mil cabeças, da quais 4,3 mil galinhas e 23 mil dúzias de ovos; 5.894 suínos, 2.230 equinos e 1.459 ovinos, além de uma produção de 135,8 mil toneladas de peixes em cativeiro.

Vizinha de grandes produtores agrícolas como Campo Verde e Primavera do Leste, Dom Aquino tem no algodão (92,4 mil toneladas), no milho (99,7 mil toneladas) e na soja (112,3 mil toneladas), o carro-chefe de sua agricultura. Produz ainda abacaxi, banana, borracha e mandioca.

É o terceiro maior município mato-grossense plantador de eucalipto, com uma área de 14,5 mil hectares em 2019 e produção de 37 mil m3 de lenha, por silvicultura.

O município abriga também uma envasadora de água mineral.

História

Há um século, garimpeiros se fixaram na região, iniciando a povoação do atual município, cujo primeiro nome foi Mutum, por causa da abundância do  pássaro.

Foi emancipado em 1958, de Poxoréo, ainda com este nome, alterado, em 1965, para Dom Aquino, em homenagem a Dom Francisco de Aquino Corrêa, arcebispo de Cuiabá e governante mato-grossense. Em 1985 foi criado o distrito de Campo Verde sob sua responsabilidade, mas emancipado três anos depois, em 1988. Atualmente conta com o distrito de Entre Rios.

Segundo o site da prefeitura, conta com fontes de águas cristalinas e tem potencial para o turismo de aventura – especialmente em tempos normais -, por causa de seus cânions, cavernas e cachoeiras, que oferecem opções para a prática de rapel, escalada e trilhas.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governo entrega cartões do auxílio financeiro em cidades do Leste nesta sexta; saiba onde

Publicados

em

Cerca de 3 mil pessoas receberão o auxílio do programa Ser Família Emergencial nos municípios de Barra do Garças, Pontal do Araguaia, Torixoréu, e General Carneiro, localizados no Leste do Estado. A entrega será realizada nesta sexta-feira (07.05), pela secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti.

Em todo o Estado, serão mais de 100 mil famílias atendidas com uma renda de R$ 150 por cinco meses. As famílias atendidas estão inclusas no Cadastro Único da Assistência Social, e têm o pré-requisito de uma renda de até R$ 70 reais per capita. São mais de R$ 75 milhões destinados para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social.

O auxílio financeiro foi implementado após pedido da primeira-dama Virginia Mendes ao governador Mauro Mendes. Para tornar o programa Ser Família Emergencial, o Governo contou com o apoio da Assembleia Legislativa e do senador Jayme Campos.

Veja a programação de entregas desta sexta-feira (07.05) na Região:

Barra do Garças

Entrega de 2.311 cartões de auxílio financeiro
Horário: 8h30
Local: Anfiteatro Fernando Peres de Farias – Rua Carajas, Centro (Patio Prefeitura Municipal)

Pontal do Araguaia

Entrega de 333 cartões de auxílio financeiro
Horário: 10h
Local: Centro social Urbano – Rua Divino Alves  s/n, Bairro João Rocha

Torixoréu

Entrega de 147 cartões de auxílio financeiro
Horário: 13h30
Local: Feira Coberta – Rua 15 de novembro, Centro

General Carneiro

Entrega de 153 cartões de auxílio financeiro
Horário: 15h30
Local: CRAS – Feira Roberta Próximo a BR 070

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana