POLÍCIA

Dois homens são presos preventivamente por estupro de vulnerável em Sinop

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Sinop prendeu nesta quinta-feira (17) dois homens investigados por estupro de vulnerável. Os mandados judiciais foram expedidos pelo juízo da Vara Criminal de Sinop.

As prisões integram a Operação Acalento deflagrada em todo país, desde o mês de maio e sob coordenação do Ministério da Justiça, para cumprimento de prisões, instauração e conclusão de investigações referentes a crimes sexuais contra crianças e adolescentes.

Em um dos casos, o inquérito instaurado neste ano pela delegacia especializada apurou o abuso sexual  cometido pelo homem investigado contra uma menina que atualmente tem 12 anos de idade. Os abusos iniciaram no estado do Pará, onde a vítima e o autor moravam e continuaram em Sinop durante este ano. A vítima contou sobre o crime a um amigo do agressor.

Em outra investigação, aberta pela DEDM de Sinop no ano passado, o tio de uma menina de nove anos aproveitava que a sobrinha ficava em casa quando os pais saíam para o trabalho, pulava o muro da residência e a forçava a manter relação sexual com ele. Após a investigação a delegacia representou pela prisão preventiva do homem de 44 anos que, inclusive, buscava sempre estar próximo de crianças.

Ambos os presos foram encaminhados à delegacia especializada e depois de formalizadas as prisões foram encaminhados à Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Postos de combustíveis são fiscalizados pela Polícia Civil e ANP após denúncias

Publicados

em

(Imagem meramente ilustrativa)

Os postos fiscalizados foram selecionados a partir de denúncias apresentadas por consumidores à Polícia Civil e à ANP.

Durante a fiscalização conjunta, uma bomba de combustível de um dos posto, localizado no bairro Quilombo, na Capital, foi lacrada por apresentar bico com vazão de 80 ml a menos de combustível a cada 20 litros, causando prejuízo para os consumidores.

Quatro postos de combustíveis de Cuiabá e Várzea Grande foram alvo de mais uma fiscalização realizada, nesta quarta-feira (04.08), pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Diante do fato, o estabelecimento foi autuado pela ANP, e a Polícia Civil vai instaurar procedimento investigatório para apurar se houve ou não a adulteração dolosa do equipamento.

Fiscalizações frequentesSe constatada adulteração dolosa da vazão de bicos de combustível ou da qualidade dos produtos à venda, os representantes legais dos postos de combustível podem responder por crime contra a economia popular ou contra as relações de consumo, com penas que podem chegar aos 5 anos de prisão ou multa.

As operações de fiscalização promovidas pela Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor ocorrem de forma frequente sendo verificadas todas as denúncias que chegam a unidade policial e outros órgãos de defesa do consumidor.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana