Cuiabá

Distrito do Sucuri é contemplado com a 5ª Edição do “Mulheres em Ação”

Publicados

em

A 5ª edição do programa “Mulheres em Ação”, coordenado pela Secretaria Municipal da Mulher, será no sábado (6), no Distrito do Sucuri, região Oeste de Cuiabá. Das 8h às 16h serão ofertados mais de 50 serviços como atendimentos das mais diversas áreas entre serviços públicos fiscais, direitos da mulher, emprego e cidadania, assistência social e saúde da mulher. Essa edição terá mais novidades nas especialidades médicas. Serão mais de 20 opções entre Oftalmologia, Ortopedia, Mastologia, Otorrinologia, Gastrologia, Ginecologia, Cirurgia Plástica, entre outras. 

De acordo com a secretária da pasta da Mulher, Cely Almeida, esse projeto vem sendo aceito de uma forma incrível por parte dos moradores, já que a maioria dessas pessoas não tinham condições financeiras para procurarem os serviços no centro da cidade. Ela destaca que em 5 edições já foi realizado cerca de 8mil atendimentos.

“Cada vez que chegamos nos bairros ouvimos o agradecimento dos moradores, muitos carentes que não tem dinheiro para pegarem uma condução e por isso acabam não tendo oportunidade de receberem os atendimentos oferecidos pelo município”, afirma.

Serviço:

Assunto: Programa “Mulheres em Ação”

Data: Sábado (6)

Onde: Escola Hilda Caetano de Oliveira Leite

Horário: 8h às 16h

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Propaganda

Cuiabá

Escola municipal ganha espaço literário organizado com material reciclado

Publicados

em

Uma iniciativa de incentivo à leitura está mobilizando estudantes, equipe gestora e a comunidade escolar da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Professora Orzina de Amorim Soares, localizada no bairro Jardim Vitória. A unidade, que atende 665 estudantes, da Pré Escola ao 5º Ano, ganhou um novo espaço literário. Organizada com material reciclado, a sala possui um ‘Cantinho Cuiabano’, com 20 livros de autores mato-grossenses, espaço para contação de histórias e também um teatrinho. Tiodos os materiais utilizados na montagem do espaço foram reaproveitados com moveis e caixas, organizados pelos profissionais da unidade.

O diretor escolar, José Paes explicou que o projeto, conta com o apoio de todos os profissionais e tem como objetivo, despertar nos estudantes, o hábito e o gosto pela da leitura. “As bibliotecas são as principais fontes de conhecimento da humanidade e, esse espaço, dentro da escola, é essencial. A nossa unidade pertence a uma comunidade carente onde a cultura é diversificada, porém o hábito da leitura ainda não faz parte do seu cotidiano. A escola vem fazendo um papel muito importante para o desenvolvimento educacional dessa comunidade. E, é na escola, muitas vezes, que se oportuniza o único contato com a leitura na vida das crianças”, disse José Paes.

A coordenadora pedagógica da EMEB Profª. Orzina de Amorim Soares, Suênia Corrêa da Silva Santos contou que a escola desenvolve vários projetos de leitura. “A ‘Mala Viajante’ disponibiliza livros de literatura infantil periodicamente para que os estudantes leiam em casa com a participação da família. Para atingir esse objetivo, é utilizada uma maleta decorada onde serão colocados os livros previamente escolhidos pelas professoras de acordo com a faixa etária de cada turma. O projeto atende todos os estudantes, da Pré-escola ao Ensino Fundamental”, explicou a coordenadora pedagógica, Suênia Corrêa da Silva Santos.

Os projetos de leitura são organizados pelos professores das turmas, porém, visando ampliar o acesso à literatura, os profissionais sonhavam com um espaço dedicado aos estudantes. “Esse projeto se tornou possível com o novo espaço literário, um lugar que foi abraçado pela equipe gestora e a comunidade interna da escola com muito carinho e, vem sendo organizado para que as crianças possam interagir e ter um espaço de viagem na literatura, pois é lendo que se aprende a ler e se desenvolve a paixão pela leitura”, contou a técnica de Multimeios Didáticos (TMD), Rosimeire Maria de Amorim.

A professora Maria dos Santos Ribeiro destacou a importância da leitura para a alfabetização dos estudantes. “A ambiência adequada favorece o processo ensino aprendizagem e podemos observar os resultados na sala de aula. As crianças tiveram um ganho na alfabetização com os projetos de incentivo à leitura”, disse ela.

Os estudantes Helena de Amorim Bezerra e João Ricardo Oliveira da Silva disseram adorar o espaço. E, para agradecer, leram poesias e participaram da contação de histórias organizada para comemorar a abertura da sala literária.

 

.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

TECNOLOGIA

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana