mato grosso

Distribuição de alimentos a estudantes beneficia agricultores familiares em MT

Publicados

em


Por causa da pandemia e com a suspensão das aulas presenciais como prevenção, agricultores familiares de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste de Cuiabá), estão entregando produtos para o Programa Nacional de Merenda Escolar (PNAE) com a finalidade de atender alunos das escolas públicas de educação básica. No município, as famílias dos estudantes estão recebendo o kit contendo frutas, legumes, verduras e ovos. Participam do programa quatro agricultores familiares.

O técnico em agropecuária da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Kássumo Ferreira Araújo Alves, fala que a participação de produtores familiares no PNAE é de extrema importância para o desenvolvimento da economia local, diversificação da produção, da renda e fortalecimento da agricultura familiar. O Secretário Municipal de Agricultura, Pedro Inácio Nunes Lima Neto em parceria com os técnicos da Empaer desenvolve ações de incentivo e técnicas de produção para garantir periodicidade e qualidade dos gêneros alimentícios produzidos no campo.

Para que esses alimentos pudessem chegar à mesa dos estudantes, o governo federal autorizou Estado e municípios, ainda no início da pandemia, a entregarem os produtos adquiridos para os estudantes. O agricultor Julião Alves Piagem, proprietário da Estância Araguaia, localizada no Assentamento Rural Piracicaba, foi o primeiro agricultor do município a entregar para o programa. Ele comercializa mandioca e vai entregar aproximadamente 1.300 quilos de mandioca descascada e congelada.

Agricultores entregam produtos para montagem do kit

No Sítio Canoeiro, no Assentamento Fartura, o produtor José Maria da Costa, programou entregar para a merenda escolar estadual 243 dúzias de ovos. O agricultor Samuel Carlos de Oliveira Neto, empolgado com a oportunidade de escoar a produção, iniciou o cultivo de milho verde irrigado com a intenção de produzir o ano todo. Proprietário da fazenda Morada de Deus, localizada no Assentamento Uirapuru, comprometeu-se em entregar em média 2. 472 quilos de produtos, sendo 111 quilos de milho verde in natura, 228 quilos de abobrinha verde, 1.800 quilos de banana nanica, 148 quilos de beterraba e 185 quilos de quiabo.

O produtor rural Paulo Henrique Carlos de Oliveira, possui o cultivo de maracujá e comercializa o produto in natura e em polpa. Tudo isso é feito na Fazenda Triunfo, que possui um pomar com 600 plantas da fruta. Para o Programa de Alimentação Escolar vai entregar 1.761 quilos de diversos produtos tais como, 82 quilos de maracujá in natura, 451 quilos de couve, 237 quilos de cebolinha, 24 quilos de coentro, 579 quilos de abóbora cabotiá, 294 quilos de banana da terra e 94 quilos de maxixe.

Conforme Kássumo, para participar do PNAE o produtor precisa ter em mãos o instrumento de identificação do agricultor familiar para acessar o crédito rural, a DAP – Declaração de Aptidão do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). A Empaer emite a DAP, que significa a comprovação de enquadramento do produtor como agricultor familiar. O documento facilita a comercialização dos produtos agrícolas e os recursos financeiros repassados pelo programa. Terão prioridade assentamentos da reforma agrária e comunidades tradicionais, indígenas e quilombolas.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Governador entrega novo complexo que vai melhorar atuação da Polícia Civil: “Mais eficiência no atendimento à população”

Publicados

em


O governador Mauro Mendes entregou o novo complexo que abriga cinco delegacias de Sinop (500 km de Cuiabá). Durante a solenidade, ele fez questão de destacar que um ambiente de trabalho adequado irá refletir em melhor prestação de serviço à população.

A nova estrutura foi inaugurada na tarde desta quarta-feira (05.05) e abriga no mesmo prédio todas as unidades da Polícia Civil de Sinop: Delegacia Regional; 1ª Delegacia de Polícia; Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso; e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos e a Central de Flagrantes. 

“Melhorar a qualidade das unidades otimiza o trabalho e cria um ambiente mais profissional, muito melhor para o trabalho da Polícia Civil. E, no final do dia, temos como reflexo a melhor prestação de serviço para a população”, pontuou o governador, lembrando que a implantação do complexo foi possível com as parcerias da prefeitura, iniciativa privada, Assembleia Legislativa, Ministério Público e Judiciário.

Mauro Mendes destacou que o Governo de Mato Grosso tem feito uma série de investimentos na Segurança Pública, por meio do programa Mais MT. “Vamos ampliar esse trabalho de adequação das unidades das forças de segurança, para que nossas Polícias Civil e Militar e os bombeiros possam prestar um serviço mais eficiente e de qualidade para todos”.

Para a construção do complexo, cujas obras iniciaram em setembro de 2020, foi investido R$ 1,5 milhão. Também foram adquiridos mobiliários e equipamentos de Tecnologia da Informação com R$ 500 mil oriundos de emenda do deputado estadual Dilmar Dal Bosco. 

“Acreditamos no seu governo e em todas essas retribuições, governador, principalmente, para beneficiar a segurança pública. Parabéns por dar esse retorno à população”, disse o deputado.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, frisou que a recuperação fiscal do Estado tem permitido investimentos na melhoria da área, com a entrega de novas viaturas, armamento, tecnologia de qualidade e novas unidades às forças de segurança.

“Este ano ainda, vamos entregar o melhor armamento para cada policial de cada unidade e 100% da Polícia Civil vai ter instrumento de investigação de qualidade, com tecnologia de ponta, o que vai acabar com o uso do papel. Só pedimos que os policiais trabalhem com mais afinco, o que tenho certeza que vai acontecer, pois temos homens e mulheres de qualidade e que merecem equipamentos e locais de trabalho dignos”, destacou Bustamante.

O novo complexo possui quase 4 mil metros quadrados, sendo mais de 2,2 mil de área construída. As delegacias têm salas climatizadas e um espaço amplo e confortável para o trabalho das equipes e atendimento à população.

A estrutura conta com 67 salas, 33 banheiros, estacionamento coberto para 16 veículos e aberto para aproximadamente 35 carros, área verde com 700 metros quadrados, além de uma sala destinada à Polícia Militar.

O delegado-geral da Polícia Judiciária Civil, Mário Dermeval, agradeceu ao empenho da gestão estadual para implantar a nova estrutura. “A população pode ter certeza de que não mediremos esforços para garantir o bom desempenho de nossa atuação”.

Para o delegado regional de Sinop, Carlos Eduardo Muniz, o novo complexo de delegacias representa a garantia de exercer o bom serviço policial para a comunidade, que, segundo ele, só procura a Polícia Civil porque tem algum problema e merece ser tratada com respeito e dignidade.

“Esse complexo é fruto de muita luta e estou emocionado hoje, pois todos nós policiais merecemos um ambiente como esse, excepcional, salubre e digno, porque servimos às pessoas e para servir bem, temos que estar bem. É uma honra muito grande estar nessa função e ter a confiança de nossos gestores”, finalizou ele.

Também participaram o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o secretário de Educação, Alan Porto, o comandante-geral da Polícia Militar, José Jonildo de Assis, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Alessandro Borges, o deputado federal Juarez Costa e os deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Xuxu Dal Molin e João Batista.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana