mato grosso

Desenvolve MT realiza treinamento com agentes de crédito para ampliar atendimento em Mato Grosso

Publicados

em


Seis agentes de crédito dos municípios de Sinop e Alto Paraguai participaram de treinamento online realizado nessa terça-feira (12.04) pela Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT. De acordo com o gerente de crédito da Desenvolve MT, Laerte Guimarães, o treinamento serve para esclarecer aos agentes como funciona o processo de tomada de crédito e como eles podem ajudar o empreendedor.

Cada agente é treinado para dar suporte no processo de solicitação de crédito, facilitando o encaminhamento das propostas para a Desenvolve MT, além de diminuir a margem de erros que podem acontecer durante o preenchimento do cadastro ou da proposta.

Segundo Laerte, o agente precisa estar apto para solucionar dúvidas de empreendedores e ser capaz de auxiliá-lo em tempo hábil. “Dúvidas geram certa fragilidade, então é importante auxiliar o cliente a preencher o cadastro, para que não haja erros nos documentos”, acrescenta.

Os agentes de crédito credenciados são parceiros da Desenvolve MT, atuam na oferta de crédito por meio de prefeituras e associações, e empresas que atuam nos segmentos representados da indústria, do comércio e setor de serviços.

Por meio do treinamento, eles conheceram todas as linhas de crédito da agência, o processo de preenchimento de cadastro e documentos, e o sistema da plataforma online em que é solicitado o crédito e inserido os documentos do empreendedor para análise. Também, compreenderam que o processo de cadastro é o mesmo, independente da linha e do valor que será solicitado. 

O gerente de crédito salientou que os agentes de crédito podem verificar qual a melhor opção de garantia para o cliente e devem sempre manter uma comunicação transparente de como funciona todo o processo. 

Em 2021, os municípios do interior atingiram um índice alto de recursos repassados aos empreendedores: cerca de R$ 8 milhões em crédito foram concedidos. Atualmente, são 38 municípios parceiros que possuem agentes de crédito habilitados e 15 entidades de classe que prestam apoio e atendimento aos empreendedores nos municípios, para facilitar o acesso ao crédito.

Este foi o segundo curso oferecido em 2022. No mês de fevereiro, outros 18 colaboradores de prefeituras do interior do estado e de Câmaras de Dirigentes Logistas (CDLs) participaram do primeiro treinamento online.

(Com edição e supervisão de Livia Rabani)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

mato grosso

Estudantes poderão escolher duas áreas de conhecimento para cursar em 2023

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), por meio da Secretaria Adjunta de Gestão Educacional, promove a I Semana de Escuta do Novo Ensino Médio, de 04 a 08 de julho, em todas as escolas da Rede Estadual de Ensino. Cada unidade, sob acompanhamento da Diretoria Regional de Educação (DRE) do seu polo, definirá as melhores estratégias para desenvolver essa ação.

O objetivo é sensibilizar os estudantes sobre a importância da escolha dos Itinerários Formativos. Quem está matriculado no 9º ano do Ensino Fundamental ou no 1º ano do Ensino Médio precisa procurar a secretaria da escola onde está matriculado para formalizar a sua opção por uma das áreas de conhecimento de maior interesse.

“O novo currículo do Ensino Médio agora é organizado por uma parte comum a todos os estudantes e outra parte flexível. Na parte flexível, os estudantes agora têm ao seu dispor quatro áreas de conhecimento, mais a de formação técnica e profissional. Nesse momento, ele deverá escolher até duas áreas de conhecimento para cursar em 2023”, explica Andréa Melo da Silva Pereira, Coordenadora de Ensino Médio da Seduc-MT.

As opções estão divididas em quatro blocos: Linguagens e suas Tecnologias + Ciências Humanas Sociais Aplicadas, Matemática e suas Tecnologias + Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias + Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, além de Ciências da Natureza e suas Tecnologias + Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Andréa observa que a Formação Geral Básica do Ensino Médio, comum a todos os estudantes, continua com todos os componentes curriculares. Já os Itinerários Formativos, que é a parte flexível do currículo, em que o estudante pode escolher o que deseja cursar, é composto por Projeto de Vida, Eletivas e Trilhas de Aprofundamento. “Os estudantes terão a oportunidade de escolher as áreas que mais atendam aos seus interesses”, explicou.

As escolhas que os estudantes fizerem em 2022 serão colocadas em prática no ano letivo de 2023, de acordo com sua identificação e interesse. Assim, terão mais tempo de estudos e a oportunidade de aprofundar e ampliar suas aprendizagens, indo além da formação geral e sendo preparado para desenvolver a capacidade de aplicar o conhecimento em diversos contextos.

NOVO ENSINO MÉDIO

Começou a ser implementado de forma gradual a partir desse ano e é um modelo de aprendizagem focada na formação de cidadãos e no desenvolvimento de competências e habilidades, com disciplinas integradas em quatro áreas do conhecimento que possibilitam que os alunos escolham Itinerários Formativos de acordo com áreas de seu interesse e projetos de vida e de carreira.

Na nova estrutura, até 1.800 horas da carga horária contemplam habilidades e competências relacionadas as quatro áreas do conhecimento que fazem parta da Base Nacional Comum Curricular. Outras 1.200 horas são flexíveis e ficarão reservadas para o aprofundamento.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

Mais Lidas da Semana