MULHER

Descarte de lixo: como reduzir os impactos dos resíduos no meio ambiente

Publicados

em


source

Alto Astral

undefined
Reprodução: Alto Astral

Descarte de lixo: como reduzir os impactos dos resíduos no meio ambiente

No Brasil, são geradas 78,4 milhões de toneladas de resíduos sólidos por ano. Dessa quantia, 30 milhões de toneladas são descartadas de forma inadequada. Para completar, a média de resíduos gerados por uma pessoa chega a um quilo por dia. O assunto é tão sério que a Organização das Nações Unidas (ONU) criou um grupo de estudos para criar soluções inovadoras para a gestão do lixo doméstico – já que o resultado do descarte inadequado é a poluição e contaminação do meio ambiente .

Para evitar que isso aconteça, fazer a nossa parte em casa é de grande ajuda. De acordo com Rafael Zarvos, especialista em Gestão de Resíduos Sólidos e fundador da Oceano Resíduos, podemos contribuir e proteger a natureza com algumas medidas simples. Confira algumas dicas de como fazer o seu descarte de lixo da maneira correta!

Dicas para um descarte de lixo mais sustentável e consciente

Descarte de lixo: como reduzir os impactos dos resíduos no meio ambiente
Foto: Shutterstock

Resíduo orgânico

“Separe o resíduo orgânico do lixo comum. Para isso, a melhor opção é ter uma composteira ou contratar o serviço de coleta em domicílio. A compostagem é um sistema prático, compacto, higiênico e amigo do meio ambiente, em que minhocas e microorganismos transformam restos de alimentos em adubo de alta qualidade”, explica o especialista.

Lixo reciclável

“Tenha uma lixeira apenas para o descarte de lixo reciclável. Assim, fica mais fácil organizar na hora de levar para a coleta seletiva do prédio ou em postos de entrega voluntária. É importante higienizar os resíduos, apenas passando água , antes de entregá-los para a reciclagem”.

Rejeitos

“Os rejeitos, aqueles resíduos que não podem ser aproveitados, devem ser colocados em caixas de papelão, separados da lixeira doméstica. Entre eles estão absorventes, fraldas, fitas adesivas, etiquetas, papel higiênico e papel engordurado”.

Óleo de cozinha

“Muitas pessoas não sabem o que fazer com o óleo de cozinha que sobra. Uma boa ideia é colher o produto utilizado, colocar em uma garrafa PET e levar em um PEV (Ponto de Entrega Voluntária) próximo à sua casa; ou contratar o serviço de coleta em domicílio”, diz Rafael.

Pilhas, baterias e outros

“Alguns itens precisam de um descarte ambientalmente adequado (em centros de coleta especializados). São eles pilhas, baterias, medicamentos, cosméticos , produtos de limpeza e de higiene pessoal, uma vez que contêm micropoluentes. Objetos perfurocortantes também devem ser descartados adequadamente, dentro de um recipiente resistente, devido ao risco de contaminação ou de cortes”.

Você viu?

Sacolas plásticas

“Tente evitar o uso de sacolas plásticas para descartar o seu lixo. No lugar delas, opte por sacos de papel ou caixas de papelão. Vale lembrar que elas são um dos materiais que mais demoram para se decompor”, finaliza o profissional.

Dica extra: coronavírus

No caso do lixo de uma pessoa contaminada pelo coronavírus , a cartilha do Ministério Público afirma que o descarte dos rejeitos deve ser feito em um saco plástico separado, com o aviso de ‘lixo contaminante’. Além disso, é necessária a utilização de luvas e máscara ao manusear o material. Outra recomendação é separar uma lixeira com tampa especialmente para o quarto do indivíduo isolado.

Colaboração: Rafael Zarvos, especialista em Gestão de Resíduos Sólidos e fundador da Oceano Resíduos | Edição: Milena Garcia e Renata Rocha

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

MULHER

Olhos de Pocah preocupam público do BBB21; saiba como cuidar da saúde ocular

Publicados

em


source

Alto Astral

Olhos de Pocah preocupam público do BBB21
Reprodução: Alto Astral

Olhos de Pocah preocupam público do BBB21

As lentes de contato geralmente são utilizadas por pessoas que enxergam mal, ou por aqueles que só querem mudar as cores dos olhos em nome da vaidade.

Além das últimas polêmicas do BBB 21, as lentes de contato estão gerando discussões nas redes sociais. Tudo porque Pocah aparece constantemente com sua visão irritada, causada por um possível uso intenso de lentes de contato.

Segundo os fãs do reality, outra possível causa para essa vermelhidão na visão da artista seria o uso contínuo de cílios postiços.

Reprodução / Twitter

Para deixar a irritação de lado e manter a saúde ocular em dia, é importante cuidar da região dos olhos.

Todas as lentes, como as de miopia, astigmatismo, hipermetropia, multifocais e as de uso cosmético , como as de coloração, possuem um prazo para ficar nos olhos. “A maioria das lentes pode ser usada entre 4 a 8 horas, no máximo, dependendo do material”, explica a doutora Aline Couto.

É importante salientar que caso a pessoa comece a sentir incômodo antes do tempo recomendado, deve retirar o produto e fazer uma boa higienização.

Além disso, quanto mais o material da lente possibilitar a oxigenação da córnea, melhor para a saúde ocular. Caso contrário, pode provocar ressecamento dos olhos, potencializar quadros alérgicos , ceratite (inflamação da córnea), ou até infecção ocular, sendo um dos quadros mais difíceis de tratar.

“Se não permitir tanta oxigenação, a córnea começa a sofrer, e o olho começa a ficar vermelho depois de quatro a seis horas de uso do produto, passando a incomodar a região, com possível ardor”, relata a oftalmologista.

Cílios postiços

O efeito podem acumular muita sujeira na região da pálpebra. Então, aqueles que são adeptos ao produto, se não limparem adequadamente a área ocular, podem provocar irritações, como ardor, lacrimejamento, vermelhidão e acumular mais secreção.

Você viu?

A cola utilizada para fixar também é de grande importância para que não irrite os olhos. Por isso, ela deve ser hipoalérgica, e que não seja muito dispersiva para não cair na superfície ocular e irritar mais ainda.

Cuidado noturno

Dormir com a lente de contato é absolutamente contraindicado, com exceção da lente de contato terapêutica, no qual o oftalmologista coloca e retira no próprio consultório para um tratamento específico da córnea.

“Já que as lentes coloridas não costumam ser feitas com bons materiais, dormir com elas nunca é recomendado”, comenta Aline.

Em relação aos cílios postiços, a doutora explica que alguns de seus pacientes que usam, acordam com mais secreção nos olhos. “Pode haver impurezas aderidas nos cílios, que são capazes de entrar na superfície ocular e correr riscos de irritação e contaminação. Por isso, a recomendação é retirar os cílios postiços e higienizar bem a área antes de dormir”, esclarece a doutora.

Contraindicações

A primeira é a adaptação dos produtos aos olhos. Se ficarem irritados, com ardor, não faz sentido usar tanto a lente quando os cílios postiços.

A curvatura da lente e seu formato deve ser compatível com a superfície ocular, senão, irá irritar cada vez mais os olhos e possivelmente agravará para algo muito mais preocupante.

“Pessoas com alergia ocular, como conjuntivite alérgica, sensibilidade na superfície, como a síndrome do olho seco, além de pessoas com alguma doença na córnea, também devem evitar colocar produtos na região dos olhos”, finaliza a médica.

Consultoria: Dra. Aline Couto, oftalmologista do Dr. Consulta especialista em córnea.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana