POLÍTICA NACIONAL

Deputados concluem votação de projeto que prevê abertura de escolas na pandemia

Publicados

em


A Câmara dos Deputados concluiu a votação do Projeto de Lei 5595/20, da deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) e outros, que proíbe a suspensão de aulas presenciais durante pandemias e calamidades públicas, exceto se houver critérios técnicos e científicos justificados pelo Poder Executivo quanto às condições sanitárias do estado ou município. A matéria será enviada ao Senado.

A regra do projeto vale para a educação básica (educação infantil e ensinos fundamental e médio) e educação superior. O substitutivo da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) considera a atividade como essencial, além de estabelecer diretrizes para o retorno às aulas presenciais.

Confira os destaques votados e rejeitados pelo Plenário:

– emenda do deputado Bohn Gass (PT-RS) pretendia retirar o caráter de atividade essencial da educação por entender que isso prejudicará o direito de greve dos profissionais de educação;

– destaque do PT pretendia retirar do texto a proibição da suspensão das atividades presenciais sem critérios técnicos e científicos;

– emenda do deputado Danilo Cabral (PSB-PE) pretendia garantir a autonomia de estados e municípios para a suspensão de atividades presenciais durante a pandemia conforme protocolos estabelecidos em cada esfera federativa;

– emenda da deputada Tábata Amaral (PDT-SP) determinava aos estados e municípios o início da vacinação dos profissionais da educação imediatamente após a entrada em vigor da lei;

– emenda da deputada Talíria Petrone (Psol-RJ) pretendia tornar claro que a essencialidade da educação prevista no projeto não afastaria o direito de greve.

Mais informações em instantes

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Pierre Triboli

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Doria ironiza após ser vacinado contra Covid: “Não virei jacaré”

Publicados

em


source
Governador de São Paulo João Doria é vacinado pela enfermeira Mônica Calazans
Reprodução: ACidade ON

Governador de São Paulo João Doria é vacinado pela enfermeira Mônica Calazans

O governador de São Paulo João Doria (PSDB) ironizou nas redes sociais após receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (7).

Aplicando um filtro de jacaré na foto, Doria posou com o cartão de vacinação, que indica que ele recebeu o imunizante CoronaVac , produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Confira:

A piada acerca do jacaré se dá, pois em novembro do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  questionou eventuais efeitos colaterais que as vacinas poderiam apresentar:

“Lá no contrato da Pfizer, está bem claro nós: ‘não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral’. Se você virar um jacaré, é problema seu”, declarou Bolsonaro, que segundo levantamento feito por membro da CPI da Covid , recusou 11 ofertas de compras de vacina.

Aos 63 anos de idade, Doria foi vacinado nesta tarde, e teve o imunizante aplicado pela enfermeira Mônica Calazans , que em janeiro, se tornou a primeira brasileira a receber a dose da CoronaVac.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana