POLÍTICA MT

Deputado Nininho destina ambulância para Dom Aquino

Publicados

em


Nesta terça-feira (09), o município de Dom Aquino recebeu uma ambulância 0 Km. A emenda para aquisição do veículo foi apresentada pelo deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, em 2019 e foi liquidada pelo Governo do Estado por meio  Secretaria de Estado de Saúde.  De acordo com o deputado Nininho, a ambulância foi um pedido dos ex-vereadores João Lúcio  e Sola da Bota e da liderança política Analourdes.

O deputado agradeceu ao governador e ao secretário de Estado de Saúde. Ele ainda ressaltou o momento que todo o estado, bem como o Brasil, enfrenta com a pandemia.

“Agradeço ao governador Mauro Mendes e ao secretário de Saúde, Gilberto, por atender mais uma indicação nossa, sabemos como é importante esse veículo para o município e região. Aproveito para pedir a atenção de todos para este momento que estamos enfrentando, está muito sério, precisamos nos cuidar. Não paramos 100% porque as pessoas precisam de nós, não podemos cruzar os braços, mas peço a toda população muita cautela, colaborem com as determinações, isso é para a segurança de todos”, ratificou Nininho.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA MT

Deputado quer autorizar criação e exposição de galos das raças Mura e Índio Nacional

Publicados

em


O deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) apresentou o Projeto de lei nº 309/2021, que prevê a autorização do Estado para a criação, manejo e exposição de galos das raças Mura e Índio Nacional. Por se tratarem de aves que são usadas em rinhas clandestinas, por terem comportamento de busca natural pelo combate, os criadores mato-grossenses são constantemente alvo de preconceito. A proposta não tem como objetivo promover ou autorizar o uso das aves em brigas, prática criminosa que é vedada por decreto federal em todo o Brasil desde 1961.

Na justificativa do projeto, o parlamentar cita que criadores das duas raças frequentemente são alvo de preconceito. O documento ainda lembra que os galos não são úteis somente para combate e que ambas as raças estão sendo utilizadas em cruzamentos genéticos para o melhoramento de raças com potencial comercial, particularmente na produção orgânica.

“Essa proposta é para que o setor de criação tenha um respaldo jurídico para que possa ser feita a criação de espécies no território estadual, para que essas aves possam ser protegidas. Quando um galo combatente é pego em alguma rinha clandestina, onde eles estão sofrendo, as classes que defendem os animais muitas vezes tentam impedir aquilo por um meio que sacrifica, como está na legislação, todos os animais. Com isso eles seriam protegidos”, explicou o parlamentar.

Ainda conforme o deputado, a aprovação desta lei pode reduzir os casos de maus-tratos, visto que ela trará segurança jurídica aos criadores que vão trabalhar de forma legalizada.

No Brasil, estados como Sergipe tem uma lei semelhante que foi aprovada e regulamentada através de um manual de atividades de criação, manejo e exposição de aves.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana