POLÍTICA NACIONAL

Defesa de Flávio Bolsonaro pede ao STF arquivamento do caso das rachadinhas

Publicados

em


source
 Flávio Bolsonaro
Reprodução/Flickr

Flávio Bolsonaro

RIO — A defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) entrou nesta sexta-feira com pedido de arquivamento das investigações sobre o esquema de “rachadinhas, no Supremo Tribunal Federal (STF). O senador é acusado de se beneficiar da devolução dos salários de funcionários fantasmas empregados no gabinete dele na Assembleia Legislativa do Rio, quando era deputado estadual. O pedido está sob sigilo no STF.

Os advogados do parlamentar argumentam que o caso deve ser encerrado porque houve ilegalidades ao longo da investigação, entre elas os relatórios produzidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e compartilhados com o Ministério Público do Rio de Janeiro. Em março, no entanto, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou legal o compartilhamento com o MP do Rio de Janeiro dos dados reunidos pelo Coaf.

Você viu?

Foram os dados do órgão de inteligência que revelaram movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão de Fabrício Queiroz. Com base nessas informações, o MP do Rio abriu investigação, em julho de 2018, para apurar eventuais irregularidades.

O advogado Frederick Wassef, que assina o pedido, afirmou que houve irregularidades na atuação do Coaf e do MP-RJ e que, por isso, todos os atos praticados a partir dos relatórios devem, segundo ele, ser considerados nulos.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Congresso recebe iluminação verde para incentivar preservação ambiental

Publicados

em


Denis Ferreira Netto/Agência de Notícias do Paraná
Meio Ambiente - parques e florestas - ecossistema flora rios natureza preservação ambiental (Parque Estadual do Guartelá-PR)
Iniciativa faz parte das ações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho

O Congresso Nacional fica iluminado de verde deste sábado (19) até 30 de junho em alusão à campanha Junho Verde, cujo objetivo é estimular a conscientização sobre a preservação ambiental. A Câmara dos Deputados e o Senado participam da campanha, que envolve a realização de debates e a divulgação de informações sobre o tema.

As iniciativas fazem parte das ações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972 e tem como objetivo principal alertar toda a população sobre os problemas ambientais e sobre a importância da preservação dos recursos naturais. Nos dias 5 e 8 de junho, o prédio do Congresso recebeu projeções de imagens sobre animais em extinção e poluição dos oceanos.

Sustentabilidade
A Câmara dos Deputados – em parceria com o Senado, o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Rede Legislativo Sustentável – também realiza uma série de iniciativas nos meses de junho e julho alusivas à sustentabilidade e à preservação do meio ambiente. Entre elas, uma campanha educativa sobre descarte de correto de resíduos eletroeletrônicos e a celebração dos 18 anos do programa de gestão sustentável da Câmara, o Ecocâmara.

Da Redação

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana