ENTRETENIMENTO

Datena volta para a TV e faz alerta sobre diabetes: “Doença silenciosa”

Publicado


source

Datena passou a semana internado em decorrência de um infarto por conta de complicações da sua diabetes. O apresentador voltou a apresentar seu programa “Brasil Urgente” da Band nesta sexta-feira (30).


datena
Reprodução/Band

Apresentador volta para a TV após cirurgia e fala sobre estado de saúde



Durante o programa, Datena conversou com Cátia Fonseca e falou sobre sua condição de sáude. “O diabetes é uma doença silenciosa, ela mata você sem que você perceba. Não subestime o diabetes”, afirmou.

O apresentador também reforçou a importância de se manter monitorando a doença.

“Não deixe de ir no hospital pra fazer os exames regulares por causa do coronavírus. Você que tem problema sério, como eu, tem que ir no hospital. Porque senão você não morre de coronavírus, mas morre de outra coisa”, contou Datena.

Ele contou que  precisou passar por uma cirurgia para operar o pâncreas para retirar um tumor que se formou há algum tempo e fez seu corpo parar de produzir insulina.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

ENTRETENIMENTO

“2 filhos de Francisco”: filme alçou pai Zezé Di Camargo e Luciano à fama

Publicado


source
Filme
Reprodução/IMDB

Filme “2 Filhos de Francisco” alçou pai de Zezé Di Camargo e Luciano à fama

Há 15 anos, o Brasil conheceu a história por trás da dupla de  sucesso Zezé Di Camargo e Luciano graças ao filme “2 filhos de Francisco”, dirigido pelo então estreante em longas Breno Silveira. Por tabela, o país tomou conhecimento da inspiradora trajetória de Helena e Francisco, pais dos sertanejos. E o resultado foi um fenômeno de bilheteria que levou 5,3 milhões de pessoas às salas de cinema.

Morto nesta segunda-feira, aos 83 anos,  Seu Francisco ganhou na tela a interpretação de Ângelo Antonio, agraciado com o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de melhor ator, em 2006. Em uma das sequências mais famosas do filme, o pai distribui fichas telefônicas para os colegas de trabalho na construção civil, e liga orgulhoso de um orelhão para uma rádio goiana, pedindo para que toquem “É o amor”, indubitavelmente o maior sucesso da carreira dos filhos.

A saga de Francisco, Helena, Zezé, Luciano e toda família Camargo caiu nas graças da crítica. O Bonequinho do Jornal O Globo, por exemplo, aplaudiu de pé o filme de Breno Silveira. “O espectador que abomina o estilo romântico-sertanejo de Zezé Di Camargo e Luciano pode assistir sem susto”, escreveu Eros Ramos de Almeida, em crítica publicada no dia 19 de agosto de 2005.

Em outro trecho, o jornalista investe em elogios mais diretos à obra: “Filme sincero toda vida com roteiro eficiente, direção cuidadosa e ótimo elenco. Imperdível”.

Além do troféu a Ângelo Antonio por sua performance na pele de Seu Francisco, o filme recebeu mais dez indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, inclusive na categoria de melhor filme. Levou a melhor em quatro categorias: melhor ator, melhor ator coadjuvante (José Dumont), melhor atriz coadjuvante (Paloma Duarte, no papel de Zilu) e melhor som (Caetano Veloso e Zezé Di Camargo).

Mas para além de um sucesso de crítica, “2 filhos de Francisco foi um fenômeno de bilheteria”. Com 5,3 milhões de espectadores e mais de R$ 34 milhões arrecadados,o filme chegou a obter o posto de maior sucesso do cinema nacional desde a Retomada, batendo “Carandiru”, de Hector Babenco. Hoje, o longa de Breno Silveira ocupa a 11 posição neste ranking histórico.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana