Apiacás

Dados Gerais de Apiacás

Saiba mais sobre população, IDH, eleitorado, educação, saúde, frota de veículos e coleta de lixo no município.

Publicado


Dados Gerais de Apiacás

 

 

Comentários Facebook
publicidade

apiacas

Metamat apoia a criação da cooperativa de garimpeiros em Apiacás

Publicado

Presidente da Metamat, Juliano Jorge, durante audiência pública

A Companhia Mato-Grossense de Mineração (Metamat) auxilia municípios que possuem garimpos a legalizarem a atividade. Em Apiacás (972 quilômetros de Cuiabá), a Companhia participou de uma audiência pública que discutiu o futuro da extração de ouro no município, e a criação da cooperativa de garimpeiros. A agenda ocorreu no dia 12 de dezembro, na Câmara Municipal de Vereadores de Apiacás.

“Vamos oferecer apoio técnico para que a nova cooperativa possa tornar o garimpo legal, fomentar a atividade que tem muito potencial de criação de empregos e renda na região e que impacta diretamente no desenvolvimento econômico do município”, explica o presidente da Metamat, Juliano Jorge.

Ele ressalta ainda que este trabalho tem sido feito em diversos municípios, como a criação de cooperativas em Paranaíta e Aripuanã, em Nova Bandeirantes para auxiliar na criação da reserva garimpeira de Novo Astro, e em Alta Floresta, para a criação da reserva de Zé Vermelho e Pista do Cabeça.

Morador de Apiacás desde 1983, o prefeito eleito Julio Cesar dos Santos, viu de perto o garimpo se consolidando como atividade forte da região, e afirma, que é muito difícil para as famílias atuarem na ilegalidade. Ele ressalta a importância do suporte da Metamat para que a atividade garimpeira possa ser legalizada, e com isso, melhorar a vida dos trabalhadores do setor, gerar mais impostos, e promover a compensação ambiental da atividade.

“Aqui a região sempre foi movida por garimpo, por mais que tenhamos uma boa renda com madeira, agropecuária, mais da metade da economia local gira em torno da extração de ouro. Por isso foi muito importante essa audiência, o pessoal realmente abraçou a ideia, e já saímos de lá com uma diretoria da cooperativa montada”, comemora.

Ele acredita que com a legalização da atividade, a cidade de pouco mais de 9 mil habitantes terá as portas abertas para que empresas se instalem e invistam no município, ocasionando mais oportunidades para a população.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana