TECNOLOGIA

Cyberpunk 2077 já perdeu 78% dos seus jogadores na Steam

Publicados

em


source

Olhar Digital

Cyberpunk 2077
Reprodução

Cyberpunk 2077 tem diversos bugs

O jogo ” Cyberpunk 2077 “, da polonesa CD Projekt Red, teve o primeiro mês de lançamento bastante conturbado, com uma rejeição quase que universal vinda dos usuários de console. No PC, porém, a percepção vinha sendo bem mais positiva, uma vez que o jogo foi melhor otimizado para o adeptos do teclado e do mouse.

Porém, segundo relatório divulgado pela empresa de análise GitHyp, o jogo já perdeu 78% de sua base de usuários na Steam , a plataforma de venda digital de jogos da Valve Corporation.

O número assusta, já que na plataforma o jogo teve picos de um milhão de downloads na primeira semana de dezembro de 2020, além de quebrar o recorde da loja de mais jogadores ativos ao mesmo tempo para um título single-player. Atualmente, ele se encontra com picos ocasionais de 130 mil usuários.

Para fins de comparação, o amplamente amado ” The Witcher 3: Wild Hunt” , também da CD Projekt Red, levou cerca de três meses para passar por uma redução similar. O título, no entanto, veio de uma base instalada de lançamento consideravelmente menor, com picos de 92 mil usuários na Steam .

O que deu errado em “Cyberpunk 2077”?

Os problemas de ” Cyberpunk 2077 ” são muitos e vão desde os milhares de bugs encontrados até queixas de funcionários sobre a prática de “crunch” (nome dado às horas extras extremas) no desenvolvimento do jogo . Algumas decisões de marketing também causaram desconforto em algumas pessoas ligadas ao game.

Além disso, uma ação judicial de classe (quando várias pessoas ou grupos se unem em um único processo) argumenta que a produtora polonesa sabia dos inúmeros bugs que atormentaram jogadores da versão para consoles de ” Cyberpunk 2077 “, mas escolheu escondê-los do público. Esta percepção, aliás, é reforçada pela imprensa, uma vez que vários jornalistas no Brasil e no mundo revelaram que a empresa lhes enviou cópias de análise (review) da versão para PC propositalmente. Normalmente, a prática é o envio de cópias para consoles.

Além disso, Sony e a Microsoft ofereceram reembolsos para jogadores que adquiriram o título por suas lojas virtuais. No caso da Sony, a situação foi tão extrema que a fabricante removeu “Cyberpunk 2077” da PlayStation Store completamente.

No presente momento, a CD Projekt Red se encontra dividida entre o desenvolvimento de patches de correção para os bugs do jogo e a otimização dele para o PlayStation 5 , que ainda não recebeu uma versão “própria” de ” Cyberpunk 2077 “. A empresa não comentou os números divulgados.

Comentários Facebook
Propaganda

TECNOLOGIA

Soneca lucrativa: lives com pessoas dormindo crescem na Twitch

Publicados

em


source
Twitch tem 'boom' de lives com pessoas dormindo
Unsplash/Caspar Camille Rubin

Twitch tem ‘boom’ de lives com pessoas dormindo

Um relatório produzido pelo portal Rainmaker.gg, em parceria com o StreamElements, mostrou que cresceu o número de lives em que as pessoas simplesmente se filmam dormindo. Ao todo, as transmissões alcançaram, no mês passado, mais de dois milhões de horas assistidas na Twitch .

A plataforma de livestreaming da Amazon não para de bater recordes de audiência e março foi o maior mês neste quesito, com mais de 2,6 bilhões de horas assistidas. É um aumento de 105% em relação ao ano anterior. Já o sucesso das sonecas ao vivo começou a ser notado há pouco tempo, quando alguns streamers atingiram picos repentinos de visualizações enquanto dormiam.

Mas será que é tão interessante assim assistir alguém cochilando? Analistas foram atrás da resposta e notaram que desde o início da internet os usuários sempre demonstraram um fascínio em saber tudo da vida da outra pessoa, até mesmo como ela dorme.

Você viu?

O streamer da Twitch que soube se aproveitar desse fascínio foi Ludwig Ahgren, que acumulou 1,5 milhão de horas assistidas enquanto dormia . Ludwig lançou um desafio em que adicionaria 100 segundos à live a cada novo assinante que ganhasse. A proposta bombou e a live permaneceu ininterruptamente no ar por 31 dias seguidos.

Com o sucesso conquistado, o americano decidiu mudar o desafio. Dessa vez, ao invés de adicionar 100 segundos à live, ele doará US$ 5 para a Humane Society of America ou para o Hospital de Pesquisa Infantil de St. Jude a cada inscrito que conseguir. Antes mesmo de chegar a 200 horas de streaming , Ludwig já tem 200 mil assinantes ativos, chegando perto do recorde de Tyler “Ninja” Blevin, que alcançou 269 mil antes de deixar a Twitch.

Matthew “Mizkif” Rinaudo é outro streamer da Twitch que ganhou notoriedade após filmar sua soneca. Durante uma live em março, o jovem decidiu reposicionar a câmera, arrastar uma roupa de cama para a sala e apagar as luzes. Os espectadores começaram a fazer doações para tocar músicas para acordá-lo. Em pouco mais de cinco horas, “Mizkif” arrecadou US$ 5,5 mil (cerca de R$ 31 mil). Em vez de usar o dinheiro para si, ele presenteou um seguidor com um Nintendo Switch .

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana