cultura

Curta sobre imigração negra e websérie da cultura cigana serão lançados no Cine Teatro Cuiabá

Publicados

em

Duas produções audiovisuais selecionadas em editais da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) serão lançadas nesta terça-feira (25.01), às 19h, no Cine Teatro Cuiabá. O filme ‘Intersecção – A História de Quem Migra’ trata de questões da imigração negra, e a minissérie ‘Diva e as Calins de Mato Grosso’ aborda a cultura cigana pela perspectiva de vida das mulheres.

As obras audiovisuais foram produzidas pela Kaiardon Produções, com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio dos editais MT Nascentes e Conexão Mestres da Cultura.

Dirigido por Rodrigo Zaiden (Chapada dos Guimarães-MT), com direção de fotografia de Maira Zenun (Lisboa – Portugal) e produção executiva de Rauta (Belo Horizonte-MT), ‘Intersecção – A História de Quem Migra’ aborda a imigração negra e seus cruzamentos em Cuiabá e Lisboa.

O trabalho iniciou em 2017, quando o diretor fez um intercâmbio em Lisboa e realizou o registro de reflexões sobre questões que afetavam os imigrantes negros oriundos do Brasil e países como Moçambique e Guiné Bissau. E teve continuidade quando Zaiden se mudou para Mato Grosso e percebeu que os imigrantes negros em Cuiabá passavam por situações parecidas com as que vivenciou em Lisboa, incluindo na obra imigrantes vindos de Senegal, Moçambique e Haiti, que vivem em Cuiabá.

Já Diva e as Calins de Mato Grosso é realizada pela Associação Estadual das Etnias Ciganas de Mato Grosso (Aeec-MT), com direção de Aluízio de Azevedo, direção de fotografia de Karen Ferreira e produção executiva de Fernanda Caiado e Lucélia Márcia Pereira de Lima.

A minissérie é um dos produtos transmídia do projeto ‘Diva e as Calins de Mato Grosso: Ontem, Hoje e Amanhã’, que premiou a raizeira e benzedeira cigana Maria Divina Cabral, a Diva, como mestra da cultura mato-grossense. O filme retrata a história de vida de Diva e outras quatro mulheres ciganas Nerana, Irandi, Terezinha e Nilva, também consideradas como mestras da cultura cigana da etnia Calon.

Serviço

Lançamento do curta metragem ‘Intersecção – A História de Quem Migra’ e da minissérie ‘Diva e as Calins de MT’

Data: 25 de janeiro (terça-feira), às 19h

Local: Cine Teatro Cuiabá

Entrada: 1 kg de alimento não perecível

(Com informações da assessoria)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

cultura

Filha de Zé do Caixão lança colecionáveis de terror no Cine Teatro Cuiabá; esta semana

Publicados

em

O Dia do Orgulho Nerd é comemorado anualmente em 25 de maio em todo o mundo. Em Cuiabá, na quarta-feira, a partir das 19h30, o Cine Teatro Cuiabá abre as portas para o lançamento da coleção “Spook: Horror Clássico”, uma série de bustos colecionáveis confeccionados em resina e pintados à mão, criada pelos artistas visuais Gustavo Neri e José Junior. A entrada é franca.

O Dia do Orgulho Nerd Spooky, que terá Liz Vamp como mestre de cerimônias, destaca a filha do Zé do Caixão em uma rodada de autógrafos, além da performance musical de Gorium.

O evento nerd conta ainda com bate papo com os artistas visuais Gustavo Neri e José Júnior e destaca a exibição do filme “Nosferatu, Eine Symphonie des Grauens”, em comemoração ao centenário de lançamento deste clássico do terror dirigido por Friedrich Wilhelm Murnau.

“Para o lançamento da coleção de bustos de terror, que leva a marca de Hero Art Studio (www.heroartstudio.com), podemos adiantar é que a programação será voltada para este personagem clássico, que inspirou gerações e completa 100 anos em 2022. Bom, praticamente estraguei a surpresa, né? (risos)”, adianta Vicente Albuquerque Maranhão, um dos idealizadores do projeto.

Hero Art Studio

A Hero Art Studio é uma startup criada em Cuiabá, inteiramente dedica ao público nerd, ou geek. Nasceu com o propósito de unificar a relação de artistas e colecionadores, proporcionando todo o suporte para que o artista se destaque no mercado, bem como a apresentação de peças e obras exclusivas, com extrema qualidade e dedicação, para cada tipo diferente de colecionador.

“O que começou apenas como um hobby, por meio de uma prima que gosta muito de artes, se tornou também um de meus maiores sonhos: ser um grande artista e trabalhar com o que gosto”, explica Gustavo Neri, arquiteto e artista visual responsável pelo acabamento da coleção Hero Art Studio.

Para José Ribamar da Silva Rocha Junior (ou apenas Junior), artista da Baixada Cuiabana, trabalhar com esculturas faz parte de seu cotidiano desde muito jovem.

“Desde pequeno, sempre estive envolvido com pequenas esculturas de arte feitas na escola. Adulto, em meio à tamanha paixão, continuei em busca de me superar a cada desafio”, destaca Júnior.

Liz Vamp

Liz Marins é cineasta, atriz, escritora, apresentadora de rádio e tv, criadora e intérprete da personagem Liz Vamp, além de filantropa. Participou de diversos trabalhos em teatro, cinema e televisão, também roteirizou, dirigiu e trabalhou como atriz em vários curtas-metragens de sucesso, como “Aparências”, “Bodas de Prata”, “Obituário” e “Destino”, entre outros.

Participou de festivais de cinema no Brasil e no exterior. Em Portugal, no Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa – MOTELX, ministrou um Workshop de cinema e vídeo e dirigiu o curta-metragem “Pousada Da Paz”, tendo interpretado, nesta obra, a misteriosa e sarcástica anfitriã da história. Em 2001 Liz Marins criou a personagem Liz Vamp, filha do personagem Zé do Caixão com uma vampira inglesa. Liz Vamp já foi materializada em vários tipos de obras – filmes, histórias em quadrinhos, rádio, videoclipes, programas de televisão.

A personagem é também musa da bem-sucedida Campanha Social do “Dia dos Vampiros”, de criação de Liz Marins, em 2002. A Campanha visa o incentivo à doação de sangue; à luta contra rótulos, preconceitos e discriminações de quaisquer espécies; e incentivo à diversidade artística. O evento possui milhares de adeptos, que se vestem com os trajes de seus personagens fantásticos favoritos, para, em “cortejo”, doarem sangue.

Nos 20 anos de existência, o “Dia dos Vampiros” ajudou a salvar muitas vidas e chegou a bater o recorde em doações voluntárias de sangue do maior hemocentro da América Latina. Em 2003, o Dia dos Vampiros se tornou lei na cidade de São Paulo, sendo, atualmente, comemorado também outras cidades do Brasil e do Mundo. Em 2011, teve comemoração na Eslovênia, dentro do contexto do evento Grossmann Fantastic Film and Wine Festival, que contou com a presença do icônico ator Sir Christoffer Lee, o “eterno Drácula”.

Liz Marins possui uma grande quantidade de fãs, que acompanham a sua carreira. Milhares deles se encontram conectados ao trabalho da artista pelas redes sociais, como Facebook e Instagram. A personagem Liz Vamp é também uma rockstar, e, fazendo jus à profissão de sua criatura, Liz Marins, interpretando a sua personagem, lançou algumas músicas e clipes. Na última sexta-feira 13 (maio de 2022), lançou as músicas “Sou Monstro” e “Anjo da Eternidade”, com ritmo sensual e envolvente e letras “vampíricas”, que questionam a existência e são permeadas de críticas sociais.

Dia do Orgulho Nerd

A data foi criada para que todos os nerds e geeks possam celebrar, assumir, homenagear e promover a sua cultura.

Assim, 25 de maio, o Dia do Orgulho Geek, é comemorado nesta data em homenagem à estreia do primeiro filme da franquia Star Wars (Star Wars, Episódio IV: Uma Nova Esperança), lançado em 25 de maio de 1977 e considerado um grande marco para a cultura nerd.

No dia 25 de maio ainda é celebrado o Dia da Toalha, uma comemoração que também serve de homenagem para a cultura geek e nerd. O Dia da Toalha é uma homenagem aos fãs da série “O Guia do Mochileiro das Galáxias” e ao seu autor, o escritor Douglas Adams.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana