cultura

Curta metragem “Escutando e Vendo” será exibido em Cuiabá

Publicados

em

 

O curta metragem “Escutando e Vendo”, selecionado no edital MT Nascentes, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), estreia no dia 25 de novembro, às 19h. A exibição será na sala de cinema do Sesc Arsenal, em Cuiabá. Logo após haverá um bate papo com a diretora Danielle Bertolini. A produção foi realizada em Nova Xavantina (a 660 km de Cuiabá) e partiu do questionamento “a soja mudou a sua vida?”.

O projeto foi realizado durante o início da pandemia de covid-19, e é resultado de um processo colaborativo. A equipe do filme entrevistou moradores do município. O resultado é um filme no qual é possível ver a generosidade e vitalidade de pessoas que compartilharam um relato de suas vidas sob o prisma da soja, trazendo um recorte plural sobre os efeitos da produção de soja em Mato Grosso.

“Ouvir, escutar histórias e ver o mundo através das telas é a essência de realizar um documentário, de fazer cinema, e foi o resultado que alcançamos e está presente no título ‘Escutando e Vendo’”, diz Danielle Bertolini.

O filme conta com a produtora paulista MiluSPanda, de Milena de Moura. O projeto teve também a contribuição da pesquisadora Rosely Sanches, do fotógrafo Marcelo Okimoto, da montadora Clara Lazarim, e trilha sonora de Danilo Bareiro.

Para a cineasta Milena Moura “fazer o filme foi como abrir uma pequena janela, um rastro de sol durante a pandemia, uma voz de diálogo com pessoas que vivem em uma realidade que antes eu desconhecia. Fizemos o filme possível durante um ano que foi bastante duro com todos nós e em torno dele nos unimos para celebrar o cinema, a vida e a experiência de pessoas comuns”.

Serviço

Estreia do curta metragem “Escutando e Vendo”

Quando: 25 de novembro (quinta-feira), às 19h

Local: sala de cinema do Sesc Arsenal, localizado na rua Treze de Junho, s/n – Centro Sul – Cuiabá-MT

Contato: [email protected]

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

cultura

Inscrições para eleições do Conselho Estadual de Cultura encerram na segunda-feira (31)

Publicados

em

O Conselho Estadual de Cultura (CEC) encerra nesta segunda-feira (31.01) as inscrições para o processo eleitoral que irá eleger os novos representantes da sociedade civil. Tanto os cidadãos interessados nas cadeiras de membros (candidatos) quanto os que quiserem votar (eleitores) precisam se inscrever para participar das eleições. Ao todo, são 14 vagas disponíveis.

Todo processo eleitoral está sendo feito online, com os arquivos do Regimento Eleitoral e formulários disponíveis no site da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Vale lembrar que, na fase de inscrição, é necessário concluir as duas etapas para que o cadastro seja considerado válido. Ou seja, primeiro o interessado acessa o link (candidato ou eleitor) para fornecer os dados iniciais (nome e email). Depois, ele irá receber por email o acesso para o preenchimento do formulário final. Nessa fase, é necessário inserir as informações solicitadas e anexar os documentos exigidos no Regimento Eleitoral. Ao fim, a pessoa recebe uma cópia da ficha de inscrição validada pela Comissão Eleitoral.

“Vamos ficar atentos à finalização das duas etapas. Estamos com 200 inscrições no sistema que serão inabilitadas por falta de conclusão. A Comissão eleitoral está enviando email para essas pessoas, e está de plantão para tirar todas as dúvidas e orientar os candidatos e eleitores”, explica o secretário-adjunto de Cultura, Jan Moura.

Inscrições

As inscrições ficam abertas até segunda-feira (31.01). Para participar, tanto como eleitor quanto como candidato, é necessário ter pelo menos 18 anos de idade, comprovar efetiva contribuição na área cultural e ser residente em Mato Grosso.

Cada pessoa terá direito a dois votos, um para segmento cultural e outro para território. Vale ressaltar que tanto o eleitor quanto o candidato só poderá votar e/ou pleitear a vaga relacionada à sua área artística de atuação, ou no território onde reside.

As 14 vagas são divididas entre os seguintes segmentos culturais: artes cênicas, patrimônio histórico e cultural, artes visuais, cultura tradicional e étnico-cultural, humanidades, música e rede de Pontos de Cultura.

Também estão distribuídas entre os territórios mato-grossenses: Cuiabá, Juruena, Paraguai-Guaporé, Vermelho, Teles Pires e Araguaia. Os municípios que compõem as regiões estão descritos nos anexos do Regimento Eleitoral.

O Conselho

Regulamentado pela Lei 10.378/2016, o Conselho Estadual da Cultura é um órgão colegiado vinculado à Secel. Com o objetivo de estabelecer diretrizes e prioridades para o desenvolvimento da política pública cultural em Mato Grosso, o CEC tem competência deliberativa, normativa, consultiva e de fiscalização.

Ao todo, é composto por 28 membros e suplentes, sendo 14 deles os representantes dos segmentos culturais e territórios mato-grossenses, e outros 14 os conselheiros indicados pelo Poder Público.

Serviço

Processo eleitoral do Conselho Estadual de Cultura

Período de inscrição: até às 17h do dia 31 de janeiro de 2022

Formulário Eleitor: https://formularios.cultura.mt.gov.br/index.php/144224

Formulário Candidato: https://formularios.cultura.mt.gov.br/index.php/843574

A equipe do Conselho Estadual de Cultura também está fazendo atendimento online para orientar e tirar dúvidas, por meio de um chat, disponibilizado no link do formulário de inscrição.

Informações: [email protected] e (65) 3613.0207 / 0231

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana