POLÍCIA

Cuiabano foragido de MT por arrombamento e ataques a agência bancárias é preso na Guiana Francesa

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Investigações realizadas pela Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) da Polícia Civil de Mato Grosso confirmou na última sexta-feira (19.02) a identificação de um homem de 34 anos, que foi preso em território francês e é procurado pela Justiça de vários estados do Brasil. Ele atuou em arrombamentos a caixas eletrônicos e ataques a agências bancárias em vários estados e tem condenações em Mato Grosso por diversos crimes.

 

Há uma semana, a equipe da Delegacia de Polinter e Capturas recebeu informações de que um criminoso foragido e conhecido da polícia de Mato Grosso com diversas passagens criminais, teria embarcado em um navio e fugiu para Europa usando nome falso.As informações apontavam que o foragido se envolvera em uma troca de tiros e estava preso na França.

Para confirmar os dados recebidos, a Polinter iniciou a apuração por meio de diversas diligências cartorárias, consultas em canais de fontes aberta e fechada e fez contatos com as Polícias Civis de outros estados, com a Polícia Federal e Interpol.

Na sexta-feira (19.02), a Delegacia da Polinter recebeu a confirmação com identificação positiva de que o procurado da justiça estava preso em um território francês, contudo, diferentemente das informações inicialmente recebidas, ele está na Guiana Francesa, na fronteira com o estado do Amapá. O foragido, B.B.M., foi detido quando estava em um veículo com outros criminosos integrantes de uma organização criminosa que também usavam nomes falsos e atuam crimes de roubos, sequestros e associação criminosa.

Diante disto, a equipe da Polinter encaminhou cinco mandados de prisão que estão pendentes de cumprimento contra o procurado pela justiça e serão cumpridos mediante Carta Rogatória. Os mandados serão despachados por intermédio do Ministério da Justiça.

As investigações contaram com auxílio e colaboração da Polícia Civil do Amapá, Polícia Federal, Interpol e da Delegacia de Polícia de Oiapoque.    

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍCIA

Policiais civis de Confresa apreendem carvão vegetal sem licença ambiental

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Municipal de Confresa (1.260 km a nordeste de Cuiabá) apreenderam nesta quarta-feira (14) dezenas de sacos de carvão vegetal, que estavam sendo descarregados em um supermercado da cidade.

Os policiais abordaram a pessoa que fazia a descarga dos 86 sacos de carvão e questionaram  a nota fiscal do produto. O responsável, de 45 anos, alegou aos investigadores que não tinha documento e nem licença ambiental para exploração de produto de origem vegetal.

Os sacos de carvão foram apreendidos e o responsável encaminhado à Delegacia de Confresa, onde foi autuado por crime contra a flora, conforme artigo 46 da Lei Ambiental, que é vender, expor à venda, transportar ou guardar madeira, lenha, carvão ou outros produtos de origem vegetal, sem licença.

Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que será encaminhado ao Juizado Especial.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana