esportes

Cuiabá goleia o Oeste e assume a liderança do Brasileirão

Publicado

Só Notícias | Luan Cordeiro

O Cuiabá goleou o Oeste (SP), em jogo válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Dourado dominou o confronto na Arena Pantanal e não encontrou muitas dificuldades. Com a vitória, o time mato-grossense reassumiu a liderança da competição, com 21 pontos (um a mais que o 2º colocado, o Paraná). Até agora são 10 jogos, somando seis vitórias, três empates e uma derrota, com 14 gols marcados e sete sofridos.

Os gols do Cuiabá foram anotados por Maxwell, Everton Sena e Felipe Marques. Destaque também para o goleiro do time cuiabano, João Carlos, que fez defesas importantes, e ainda pegou um pênalti.

O primeiro tempo foi dominado pelo Dourado. Foram 10 finalizações, contra apenas duas do adversário, ambas sem tanto perigo para  João Calos. O Cuiabá conseguiu neutralizar o time paulista, fez boas trocas de passe, triangulações e também jogadas individuais, marcando dois tentos.

Já na segunda etapa, o Oeste até tentou se impor e conseguiu chegar mais vezes, trocando passes, mas por outro lado dependendo de bolas paradas. O Dourado fez cinco substituições, mas conseguiu voltar a dominar o duelo a partir dos 30 minutos, criando boas oportunidades, até dar números finais ao marcador.

O jogo – Aos 3, Mazinho lançou na área, mas a zaga cuiabana conseguiu tirar o perigo, na sobra ele tocou para Salomão, que novamente tentou cruzar, mas a bola foi para linha lateral. Na cobrança, novamente o Dourado afastou para longe de seu gol.

Na marca dos 4, foi a vez do Cuiabá jogar na área, em cobrança de falta feita por Lucas, mas sem sustos, e a bola foi para linha de fundo. Aos 13 novamente o Dourado ofereceu perigo, depois de tabela Felipe Ferreira invadiu a área e cruzou, porém o bandeira marcou impedimento.

Já aos 15 o Dourado inaugurou o marcador. Maxwell recebeu ótimo passe longo de Rafael Gava, invadiu a área, cortou para o meio, bateu forte rasteiro, no contrapé e sem chances para o goleiro Glauco. Cuiabá 1 X 0 Oeste.

Aos 16, o Cuiabá quase ampliou o placar, depois de Hayner receber pela direita, fazer boa jogada individual e bater firme. A bola passou por cima do gol do Rubrão, assustando o goleiro.

O Dourado dominava o jogo e, aos 21, depois de cobrança de falta, a zaga paulista afastou, mas a bola sobrou para Lucas Hernández. O lateral cruzou na cabeça do capitão Everton Sena, que cabeceou firme no canto direito, marcando o gol. Cuiabá 2 X 0 Oeste.

Na marca dos 23, novamente pelo lado esquerdo do ataque, Jenison deu bom passe para Matheus Barbosa, que invadiu a área e cruzou rasteiro. A zaga do Oeste, no entanto, conseguiu afastar chutando para a lateral.

Já aos 27, o lateral direito Sciola quase marcou contra, depois de cruzamento, mas a bola foi para a linha de fundo, cedendo escanteio ao Dourado. Na cobrança, a bola foi afastada, mas parou nos pés de Rafael Gava, que bateu rasteiro para boa defesa de Glauco, evitando o terceiro gol cuiabano.

Aos 34, em boa triangulação Felipe Ferreira puxou para a esquerda e bateu, a bola desviou e foi para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, a zaga do Oeste conseguiu cabecear para longe, afastando o perigo. Na marca dos 43, Elvis fez bom lançamento para Felipe Ferreira, que protegeu, invadiu a área do Oeste e bateu forte no canto esquerdo, mas o goleiro Glauco fez defesa com segurança.

Aos 47 o Bugrão enfim conseguiu voltar ao ataque. Sciola recebeu passe de Bobô, levou para a direita e bateu por cima do gol de João Carlos. Depois disso não houve tempo para mais nada e fim da primeira etapa.

O Cuiabá voltou querendo mais no segundo tempo. Logo aos 3, Hayner deu bom passe, Jenison recebeu, levou o marcador, invadiu a área e bateu firme de direita, mas a bola foi para a linha de fundo. Depois desse lance, o jogo ficou mais morno e os times passaram a trocar mais passes, com ambas as defesas bem postadas.

O Oeste, por sua vez, conseguiu melhorar, colocando a bola no chão, até que aos 22 teve boa sequência de chegada, primeiro com Madson, que bateu na trave, a bola sobrou e foi alçada na área. O ataque do time paulista cabeceou, mas João Carlos fez milagre e evitou o gol. No rebote, a bola novamente ficou com o Rubrão, que tentou finalização, mas mandou por cima do travessão.

Já aos 26, o Rubrão novamente chegou. Em cruzamento, a bola bateu na mão do zagueiro cuiabano e o juiz deu pênalti a favor do time de São Paulo. Na cobrança, Mazinho bateu rasteiro no canto esquerdo, mas João Carlos pulou e fez excelente defesa, evitando o gol do Oeste.

No contra-ataque em velocidade, Felipe Marques arrancou até chegar na área paulista, e conseguiu finalizar, mas Glauco salvou, fez boa defesa, e conseguiu evitar o terceiro gol do Cuiabá. Aos 30, novamente Felipe Marques invadiu a área e bateu cruzado, mas o goleiro defendeu outra vez.

Na marca dos 33, outra importante defesa do goleiro Glauco. Jenison deu passe para o meio, Felipe Marques recebeu, foi para a área e bateu. A bola foi fraca e ficou tranquila. Aos 35, em jogada boa individual, Yago disparou, tocou para o meio e Jean Patrick finalizou, acertando o travessão do gol do Oeste e assustando a defesa.

O Dourado conseguiu retomar o domínio do confronto e aos 41, em vacilo do Oeste, Felipe Marques interceptou a bola cruzada entre as laterais e saiu cara a cara com o goleiro, batendo no canto esquerdo, sem chances para Glauco. Cuiabá 3 X 0 Oeste.

O gol nos minutos finais foi um balde de água fria na tentativa de reação do time paulista. Depois disso, não houve tempo para mais nada e fim de jogo, com vitória maiúscula do time mato-grossense.

O Cuiabá entra em campo novamente na próxima terça-feira, às 19h, diante do Operário Ferroviário Esporte Clube (PR), fora de casa, às 19h. Já o Oeste, que amarga a penúltima colocação do certame com 6 pontos, joga somente no próximo sábado, quando visitará o Vitória (BA), às 15h30, em busca de redenção. Ambos os jogos serão válidos pela 11ª rodada.

Comentários Facebook
publicidade

esportes

Empate mantém CSA longe do G-4 e impede Chape de disparar na Série B

Publicado


Chapecoense e CSA não saíram do zero em partida realizada nesta terça-feira (27) à noite, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de ser o 18º jogo das equipes na competição, o duelo valeu pela segunda rodada. O confronto seria em agosto, mas teve que ser adiado porque o elenco alagoano sofreu um surto de casos do novo coronavírus (covid-19).

O resultado impediu que a Chape, agora com o mesmo número de jogos que os principais adversários, disparasse na ponta da Série B. O Verdão do Oeste continua em primeiro lugar, com 37 pontos, abrindo dois de vantagem para o América-MG, que aparece em segundo. O CSA, com 25 pontos, permanece em oitavo, perdendo a chance de se aproximar do G-4. O Azulão está a três pontos do Juventude, quarto colocado e último time na zona de acesso à Série A.

Depois de um primeiro tempo de pouca intensidade, as equipes fizeram uma etapa final animada, com gols perdidos de ambos os lados. O goleiro Matheus Mendes, do CSA, fez pelo menos duas grandes defesas. Uma com o rosto, em uma cabeçada do atacante Anselmo Ramon, e outra em finalização do meia Paulinho Mocellin. Já pelo time alagoano, o volante Marquinhos acertou o travessão e os atacantes Paulo Sérgio e Pedro Lucas pararam no goleiro João Ricardo.

Os times voltam a campo neste sábado (31). Às 16h30 (horário de Brasília), a Chapecoense visita o Confiança em Aracaju e pode sacramentar o título simbólico de campeã do primeiro turno da Série B. Já o CSA recebe o Náutico em Maceió às 21h. Os duelos serão válidos pela 19ª rodada da competição.

Confira a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro.

Edição: Liliane Farias

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana