esportes

Cruzeiro estreia na Série B neste sábado contra o Botafogo-SP

Publicado


.

O Cruzeiro estreia hoje (8) à noite na Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa faz a primeira partida na “segundona” contra o Botafogo de Ribeirão Preto (SP) às 19h (horário de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Será a primeira partida da equipe mineira, em toda a história do clube, na divisão de acesso e a pressão será enorme.

Bicampeão da Libertadores, quatro títulos do Brasileirão e com 6 canecos da Copa do Brasil, o Cruzeiro começa uma nova realidade. A queda para a “segundona”, as dificuldades financeiras e políticas, a recente eliminação no Campeonato Mineiro, as provocações dos rivais, a mudança de elenco e os 19 adversários focados em tirar pontos a partir deste sábado (8), são os obstáculos que a Raposa terá 30 de janeiro do ano que vem,  na última rodada da Série B.

Ouça na Rádio Nacional

Para piorar a situação, o Cruzeiro já começa o campeonato com seis pontos a menos que os outros clubes da segunda divisão. A Fifa puniu a Raposa devido à dívida de R$ 5 milhões junto ao Al-Whada, clube dos Emirados Árabes Unidos, pelo empréstimo do volante Denílson, em 2016.  Apesar de ser o grande favorito, o time celeste deve enfrentar dificuldades, como o próprio lateral-esquerdo Giovanni reforça.

“A gente tem que ter muito cuidado. Às vezes as pessoas falam da Série B tirando um pouco o mérito das outras equipes. A gente sabe que tem que ter total cuidado com as outras equipes, todo mundo tem condição de nos vencer e a gente tem que entender isso. A gente tem que chegar e dar o nosso melhor ali dentro. A gente não vai ganhar o jogo de qualquer jeito e saber que cada jogo é uma decisão. Temos que pontuar, já estamos com menos seis pontos, mas temos totais condições de dar a volta por cima. Então não podemos trazer esse peso para dentro de campo, estar concentrado os 90 minutos, esse é o exemplo que eu trago do América-MG quando conquistamos a Série B. Esse é o segredo”, disse em entrevista ao canal oficial do Cruzeiro no Youtube.

 

Mesmo ciente das adversidades, Giovanni revela que o Cruzeiro chega confiante para a disputa da Série B e projeta a partida de estreia contra o Botafogo-SP

“Chega muito motivado. A gente sabe que se espera muito da gente e a gente tá se preparando para isso. O Enderson Moreira tem cobrado muito, a gente sabe que tem totais condições de estrear bem e a gente já se cobra para fazer um grande jogo, com a ideia de jogo do Enderson. Ele tem cobrado marcação encurtada, linhas próximas, controle da posse de bola, fazer o time deles sofrer. A gente sabe que não é só a camisa que vai pesar dentro de campo, tem que ser a nossa qualidade, nossa intensidade e é isso que a gente vai tentar impor no jogo de sábado”.

O Botafogo-SP foi o 9º colocado da Série B de 2019 e vai tentar surpreender o Cruzeiro neste sábado (8). O Pantera não fez boa participação no Campeonato Paulista deste ano e escapou do rebaixamento por pouco. A diretoria do Botafogo-SP confia no trabalho do técnico Claudinei Oliveira e busca reforços. Na última quinta-feira (6), o clube anunciou a contratação do experiente volante Elicarlos.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
publicidade

esportes

LNF: duelo entre irmãos marca embate entre Campo Mourão e Assoeva

Publicado


.

O duelo entre Campo Mourão e Assoeva movimenta o Grupo C da Liga Nacional de Futsal (LNF) nesta quarta-feira (23). A bola rola na Arena Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), em Campo Mourão (PR), às 20h15 (horário de Brasília). O duelo é referente à segunda rodada. Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), que encurtou o calendário dos times, as partidas vêm sendo agendadas gradativamente.

O confronto traz uma peculiaridade. O técnico mourãoense, Wesley Szabo, o Alemão, e o pivô Keké, destaque do time gaúcho de futsal, são irmãos e estarão em lados opostos da quadra. Não é uma novidade. A última vez que eles se enfrentaram pela LNF foi no ano passado. Keké defendia a Intelli – que à época tinha São Carlos (SP) como sede -, enquanto Alemão já dirigia o Azulão das Três Fronteiras. Na ocasião, o duelo terminou 0 a 0.

No último domingo (20), o Campo Mourão obteve a primeira vitória nesta edição. Em casa, derrotou o Jaraguá por 4 a 3, em jogo marcado por viradas no placar. O pivô Sinoê (dois gols), o ala Ernandes e o fixo Bruninho balançaram as redes e levaram a equipe ao quarto lugar, com cinco pontos, dois a menos que a Assoeva. Também no domingo passado, a clube de Venâncio Aires (RS) foi superado pelo Umuarama, líder do grupo, por 2 a 1, fora de casa. Os gaúchos ocupam a terceira posição, a três pontos do Pato, segundo colocado.

No Azulão, os desfalques são o goleiro Deivd, que passou por uma cirurgia de apêndice, e o ala Betinho, que se recupera de uma cirurgia no tendão. Por outro lado, o fixo Caio Barros, que cumpriu suspensão no duelo anterior, está outra vez à disposição. Já na Assoeva, o técnico Guilhermo Verfe não terá o ala Marcelo Giba, expulso na derrota para o Umuarama.

Semana de gols

Além dos jogos envolvendo Campo Mourão e Assoeva, a semana da edição 2020 da Liga Nacional de Futsal foi aberta com a vitória por 4 a 3 do Carlos Barbosa sobre o Marreco, em Francisco Beltrão (PR). O duelo – mais um do último domingo – teve transmissão ao vivo da TV Brasil e valeu pelo Grupo B.

Na segunda-feira (21), a Intelli Tempersul recebeu o Brasília em Dracena (SP) e venceu por 3 a 1, assumindo o segundo lugar do Grupo A, com 10 pontos. O fixo Matheus colocou o time da capital federal em vantagem, mas o pivô Vitinho, o ala Felipe Reis e o fixo Gu Cardoso garantiram a vitória dos paulistas. O Brasília, com dois pontos, sofreu a quarta derrota seguida e está em sexto.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Os gols foram de @_gucardozo, @felipinho_93 e @vitinho95_. Matheus descontou. Seguimos! ?⚽️??

Uma publicação compartilhada por Intelli/Tempersul (@intellitempersul) em 22 de Set, 2020 às 5:42 PDT

No mesmo dia, Foz Cataratas e Atlântico empataram por 2 a 2 em Foz do Iguaçu (PR). O pivô Dill e o fixo Silva deixaram o time de Erechim (RS) em vantagem duas vezes, enquanto o pivô Daniel e o fixo Sacon igualaram para os paranaenses. Curiosamente, o placar foi o mesmo do primeiro jogo entre eles, duas semanas antes, no interior gaúcho. Com a igualdade, o Atlântico foi a 12 pontos, ainda na ponta do Grupo B. O Foz, com cinco pontos, é o sexto.

Confira a classificação da Liga Nacional de Futsal.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO

Agronegocio

Política Nacional

CIDADES

Mais Lidas da Semana